Home Indústria Aeroespacial Boeing promove o F-15 ‘Silent Eagle’ na Coreia do Sul

Boeing promove o F-15 ‘Silent Eagle’ na Coreia do Sul

519
3

Novos sistemas de cockpit do F-15SE serão mostrados publicamente pela primeira vez na Seoul International Aerospace & Defense Exhibition

A Boeing informou que sua divisão de defesa (Boeing Defense, Space & Security) deverá apresentar pela primeira vez, na edição 2011 da “Seoul International Aerospace & Defense Exhibition” o cockpit de nova geração do caça F-15 Silent Eagle.  Uma demonstração interativa em 3D das capacidades multimissão do caça também deverá fazer parte do esforço da empresa em promover essa versão do F-15 que traz características furtivas.

Ainda na área de defesa, estão sendo mostrados o novo programa do helicóptero de ataque leve e reconhecimento AH-6i, o helicóptero de ataque AH-64D Apache, o helicóptero pesado CH-47 Chinook, o sistema de alerta antecipado e controle aerotransportado (Airborne Early Warning & Control) “Peace Eye”, baseado na aeronave Boeing 737, além de outros sistemas baseados em rede.

O destaque da próxima terça-feira, 18 de outubro, será uma coletiva de imprensa (às 14h30 do horário de Seoul) para apresentação do novo AH-64D Apache Block III e do AH-6i. Já as exibições aéreas contarão com voos do novo F-15K Slam Eagle (a mais moderna versão da aeronave atualmente em serviço na Força Aérea da República da Coreia), do AH-64D Apache do Exército dos EUA (US Army) e do avião de transporte  C-17 Globemaster III da Força Aérea dos EUA (USAF).

A divisão de aeronaves comerciais da empresa deverá promover o 787-9 “Dreamliner”, o novo 737 MAX, assim como o jato intercontinental de passageiros 747-8 e a sua versão de carga.

FONTE / FOTOS: Boeing

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
jacubao
jacubao
8 anos atrás

Esse aí tinha que ser oferecido a FAB. 🙂

Mauricio R.
Mauricio R.
8 anos atrás

Ah Jacubão, brincadeira de mau gosto, tem hora!!!

sergiocintra
sergiocintra
8 anos atrás

O conceito americano é à base da concorrência. Não irão fornecer (ofertar) nenhuma tecnologia que cause desequilíbrio. Assim que algum de nossos vizinhos tenham algo melhor que outro, aí eles fornecem para o outro. Sempre pensam no “equilibrio”. Se a Ford, lançar algo, mesmo por aqui, logo a GM entra com algo semelhante. Sempre agiram assim. A Coréia (sul) pode receber esses “brinquedos” porque sua vizinhança (ao norte e oeste) não é mole não. Lembram recentemente que o Chile, recebeu os F-16, mas os amraam só os de treino. Algo que cause equilíbrio aos SU-30 venezuelanos = F-18 (dá pro… Read more »