O Ministério dos Transportes da Rússia propôs um corte de dois anos no tempo de treinamento dos pilotos civis russos. O tempo de formação dos pilotos cairia de cinco para três anos, informou uma fonte do ministério na última quarta-feira ao periódico russo RIA Novosti.

O setor aéreo na Rússia enfrenta falta de pessoal qualificado, incluindo pilotos. O CEO da Aeroflot, Vitaly Savelyev, disse em setembro que a companhia aérea atualmente requer outros dois anos de treinamento após o completar os cinco anos obrigatórios.

FONTE: Ria Novosti

Tags: ,

Quem é Guilherme Poggio

Veja os posts de Guilherme Poggio
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Sem comentários ainda.

Deixe um Comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Venezuela derruba aeronave brasileira. Dois mortos

EMB-820C Navajo com dois amazonenses a bordo e mais de 600 tabletes de cocaína foi abatido na Venezuela  Um avião com […]

Jane’s: Egito comprará 46 MiG-29

O informativo britânico Jane’s, citando matéria do jornal russo Vedomosti do dia 25 de maio, anunciou que o Egito concordou […]

Guerra entre China e EUA pode ser inevitável, segundo jornal chinês

Uma semana depois de a Marinha chinesa ameaçar um avião americano que operava voos de reconhecimento em águas internacionais, o […]

Rafale na Índia: MD nega que irá comprar e também que não irá comprar mais caças…

Quanto a informações claras, apenas a que o ministro da Defesa da Índia deu sobre começarem, na semana que vem, as negociações […]

Baixe 7 edições da revista Forças de Defesa e pague quanto quiser

Agora você poderá baixar para o seu computador, tablet ou smartphone as melhores reportagens da nossa revista impressa Forças de […]

Saem os primeiros programas a serem preservados de cortes na Defesa

Roberto Lopes Editor de Opinião da Revista Forças de Defesa O Ministério da Defesa ainda está examinando com os comandos […]