O Ministério dos Transportes da Rússia propôs um corte de dois anos no tempo de treinamento dos pilotos civis russos. O tempo de formação dos pilotos cairia de cinco para três anos, informou uma fonte do ministério na última quarta-feira ao periódico russo RIA Novosti.

O setor aéreo na Rússia enfrenta falta de pessoal qualificado, incluindo pilotos. O CEO da Aeroflot, Vitaly Savelyev, disse em setembro que a companhia aérea atualmente requer outros dois anos de treinamento após o completar os cinco anos obrigatórios.

FONTE: Ria Novosti

Tags: ,

Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

No comments yet.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Ataques de Rafale e Mirage 2000D a alvos do EI, no Iraque

Nos últimos dias, ocorreram novos ataques de jatos franceses em apoio a tropas iraquianas que lutam contra o Estado Islâmico, e […]

Compre sua revista Forças de Defesa 12ª edição

Saiu a Revista Forças de Defesa 12ª edição, com 120 páginas! A versão impressa está disponível para compra pela Internet e […]

Sergio Gonçalves Horta é o novo Presidente da AEL Sistemas

A AEL Sistemas S.A. (“AEL”), uma das subsidiárias da Elbit Systems Ltd. e da Embraer, anuncia que Sergio Gonçalves Horta […]

Boeing e Avianca comemoram a entrega do primeiro 787 Dreamliner da companhia aérea

Empresa colombiana usará a aeronave em rotas para a Europa, América do Norte e na América do Sul – Em […]

Gripen NG: FAB assina contrato de manutenção

A Saab deverá prestar os serviços entre 2021 e 2026, com o apoio direto de empresas brasileiras – A Força […]

Embraer adia para 2015 o primeiro voo do seu supercargueiro KC-390

  Decisão foi tomada para ‘priorizar a segurança de voo’ da maior aposta comercial da empresa, segundo fontes – A […]