Home Aviação de Transporte Frota de C295 da FAB completa 25.000 horas de vôo

Frota de C295 da FAB completa 25.000 horas de vôo

300
3

Comemoração ocorrerá durante o Domingo Aéreo no PAMA-SP

A frota brasileira de aviões C295, formada por doze aeronaves Airbus Military, completou 25.000 horas de vôo, após seis anos de operações bem sucedidas na Amazônia e no Mato Grosso, duas áreas nas quais as aeronaves são vitais para a população local. Esse acontecimento será comemorado com uma cerimônia dedicada durante o evento da Força Aérea Brasileira “Domingo Aéreo”, no próximo domingo, 16 de outubro, no centro de manutenção PAMA em São Paulo.

Essas aeronaves trabalham sob condições particularmente difíceis, realizando operações como transporte de artigos de necessidade básica, evacuação médica e missões militares, a partir das bases de Manaus, na Amazônia e Campo Grande, no Mato Grosso, com o apoio do centro de manutenção PAMA São Paulo.

“Estamos muito orgulhosos de ver os C295 operando de maneira tão bem sucedida com a Força Aérea Brasileira. Ultrapassar essas 25.000 horas de vôo é um sinal claro da confiabilidade e versatilidade oferecida à Força Aérea pelos C295 na operação em áreas complicadas”, afirma Philippe Galland, chefe de serviço de clientes de Airbus Military.

“Desde a entrada em serviço, no ano de 2007, das aeronaves C295, denominadas C-105 AMAZONAS pela Força Aérea Brasileira (FAB), desenvolveu-se mais que uma relação comercial entre o Comando da Aeronáutica e a empresa Airbus Military, responsável pelo suporte logístico da frota. Nasceu uma parceria que tem permitido ao longo dos anos o cumprimento das mais diversas missões em todo o território brasileiro e no exterior, desde busca e salvamento, até missões de caráter humanitário. Hoje, quando completamos mais de 25.000 horas voadas pela frota brasileira de aeronaves C295, temos a satisfação de atingir 100% de disponibilidade, que é o resultado desta parceria, trabalho sério e a dedicação de todos os profissionais envolvidos, sejam eles da empresa Airbus Military ou da FAB”, destaca o Brigadeiro do Ar Jorge Luiz Alves de Barros Santos.

O contrato entre a Força Aérea Brasileira e a Airbus Military foi assinado em 2005. O contrato também incluía a manutenção por cinco anos, o que foi estendido por mais cinco anos em 2010.

Além dessa operação de sucesso, em setembro, a Airbus Military recebeu a aceitação por parte da Força Aérea Brasileira com relação ao Simulador de Vôo Completo para os C295 na Base Aérea de Manaus (unidade BAMN), restando agora apenas um procedimento administrativo antes da entrega total. O Simulador de Vôo Completo é componente integrante do contrato para aquisição das 12 aeronaves C295 e irá conferir à Força Aérea Brasileira autonomia total e completa no treinamento de sua equipe.

FONTE: EADS

3
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
PAMA-SP 2011: os ‘Buffalos d’água’ | Poder Aéreo - Informação e Discussão sobre Aviação Militar e CivilClésio LuizMauricio R. Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Atenção não leve nada mais pesado do que uma caixa de fósfosros, um C-295 pode carregar a caixa vazia, enquanto outro C-295 carrega os fósforos própriamente ditos.
Um isqueiro Bic pode ser embaraçoso demais, p/ somente um C-295 carregar…
Aquele seu carrinho Hot Whells, nem pensar, não cabe!!!

Clésio Luiz
Visitante
Member
Clésio Luiz

É uma pena que ainda não compramos mais bixinhos desses. Eles são muito úteis por aquelas bandas. Uma excelente escolha da FAB, pena que o F-X não tenha tido um processo de escolha tão rápido como o deste.

trackback

[…] anda” e o seu sucessor, o C-105 Amazonas, já escreve sua própria história na FAB, tendo recentemente acumulado 25.000 horas de voo. Assim, a triste visão não é nada mais que a realidade da “vida após a morte” de […]