Home Divulgação Aluno de Bangalore voa no Gripen durante Aero Índia

Aluno de Bangalore voa no Gripen durante Aero Índia

205
5

Um aluno da faculdade de engenharia de Bangalore foi o vencedor do concurso Gripen Top Gun, no website gripentopgun, que fez parte da programação da Aero Índia 2011. No domingo, 13 de fevereiro, ele voou por 50 minutos abordo do Gripen e pôde ter a sensação do que é voar em um caça.

Foto: Shashank HR de Bangalore foi o felizardo vencedor do concurso Gripen Top Gun e ganhou um passeio abordo da aeronave de combate Gripen.

Shashank HR de Bangalore, 22 anos foi o vencedor do concurso Gripen Índia Top Gun. O concurso durou um mês e foi organizado pela empresa de segurança e defesa Saab para os admiradores de aeronave de combate no país, e para aqueles que sonham em voar em um caça. Os 5 primeiros finalistas, provenientes de todas as partes do país, testaram suas habilidades no simulador Gripen, no sábado, quando foram julgados por quatro pilotos suecos e indianos de primeira linha quanto à sua capacidade de manejar a aeronave e travar combate.

Shashank HR é aluno do último ano do curso de Engenharia Mecânica, na Faculdade de Engenharia BMS. Primeiro, Shashank recebeu seu traje de piloto, na manhã de domingo, e a seguir foi instruído extensivamente pela equipe Gripen. O Gripen, conduzindo abordo Shashank, decolou, após a exibição matinal, e teve no comando o Piloto de Teste Principal, Robin Norlander. Shashank HR adora jogar vídeos games e foi qualificado no nível ACE do concurso.

“Foi difícil escolher entre os cinco finalistas, que deram muito trabalho ao júri formado por suecos e indianos. No final, Shashank foi selecionado entre os 5 finalistas por seu desempenho no simulador. “Ficamos felizes com a excelente resposta recebida e o interesse despertado pelo concurso. Mas o que foi incrível mesmo é que recebemos visitantes de mais 75 países. A parte mais eletrizante do concurso, porém, foi a enorme participação de indianos que vieram de 82 cidades do país. Estamos muito satisfeitos com os resultados e parabenizamos todos os vencedores” disse Joanna Sjolander, diretora da Gripen India.

Foto: Os cinco finalistas que testaram suas habilidades no simulador foram: Kasmera Dilip Shah (Bangalore), Chiranth Ashok (Bangalore), Selween Philip Mascarenhas (Chennai), Shaival Rajiv Sheth (Mumbai) e Shashank HR (Bangalore).

O concurso Gripen Top Gun

O website recebeu mais de 150.000 visitantes na página. Cerca de 3000 jogaram o nível Amador do jogo, enquanto que perto de 2.400 concorrentes jogaram os níveis Profissional e Ás, a partir de 12 de janeiro, para ganhar um grande número de prêmios e itens de colecionador. Mais de cem aspirantes a modelo também participaram no concurso do Calendário Indiano do Gripen Top Gun.

O desafio do concurso dividiu-se em nível Amador e Profissional, testando o conhecimento sobre aeronaves e ainda deu a oportunidade ao participante de demonstrar sua habilidade com vídeo games e, a seguir, seu melhor esforço no simulador, para ver se conseguia voar no verdadeiro Gripen. Estas participações nos jogos do Gripen foram julgadas por pilotos suecos e indianos de primeira linha, que selecionaram alguns para que mostrassem suas capacidades no simulador da Aeronave Gripen. Deste grupo de cinco “pilotos” de simulador, um foi escolhido para voar na própria aeronave Gripen. Finalizando, para aqueles que não são muito interessados na parte técnica, mas gostariam de ver e sentir o que é a aeronave, o concurso Gripen Top Gun apresentou um Modelo Hunt, com 12 participantes entrando para o primeiro Calendário Gripen Índia.

Além do primeiro prêmio, uma viagem abordo do Gripen, o concurso Gripen Top Gun ofereceu vários outros àqueles que fizeram tudo certo e ganharam o sorteio, inclusive trajes de pilotos de caça Gripen, Classes de Aviador Gripen, Calendários Exclusivos do Gripen assinados por pilotos de teste suecos, bem como itens de colecionador como chaveiros com medalhas Gripen, distintivos, stickers e canetas.

5 COMMENTS

  1. Não é inveja não (rsrs)!

    Só acho estranho eles fazerem o concurso lá e não aqui.

    Talvez eles achem que lá na Índia este tipo de ação ajude a vender o caça.

    Vai saber…

  2. Por que a SAAB não faz isto aqui no Brasil também?

    Caro Observador, acho que apenas faltou a oportunidade. Quem sabe em uma próxima feira aeronáutica?

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here