Home UAS Primeiro voo do X-47B

Primeiro voo do X-47B

412
9

Voou na última sexta-feira (4 de fevereiro) o protótipo do X-47B, o primeiro demonstrador de aeronave de combate não-tripulada (UCAS-D) da Northrop Grumman para a US Navy. O X-47B fez um voo de 29 minutos a partir da Base Aérea de Edwards.

Se a aeronave cumprir tudo o que promete, irá revolucionar a forma como se darão as missões de ataque do futuro.

SAIBA MAIS:

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader
9 anos atrás

J-What? 🙂

Como eu disse no Blog do Vader, sorte que (como insistem os cretinos antiamericanos), os EUA estão em “decadência”.

Imaginem se não estivessem… 🙂

Nick
Nick
9 anos atrás

Os EUA já estão na segunda geração de UCAS. X-45, X-47 já são demonstradores de 2ª geração desses sistemas. Agora quero ver esse X-47 pousar sozinho em um PA, não é simples não.

[]’s

asbueno
asbueno
9 anos atrás

Vader, enquanto a decadência é representada por uma curva suave, a de outro pode ser uma curva bem íngreme. Tudo isso pelas condições que criaram no país desde o seu surgimento.

Pois é, estão iniciando uma segunda geração e nós nem estamos no pré-projeto. A pergunta é: não estamos “encaminhados” neste e em outros projetos porque?

Observador
Observador
9 anos atrás

Pousar em um PA não é o que me dá medo.

Me dá medo os outros usos que eles podem fazer desta tecnologia.

Imaginem se eles empregarem a tecnologia na construção de uma classe de SUB-NUCs sem tripulação. Um “navio-fantasma”, plenamente armado, completamente autônomo, sempre de prontidão.

Sem tripulação, só precisaria vir a um porto para manutenção, podendo passar anos submerso e oculto.

É delírio? Não sei. Há algumas décadas se diria isto do X-47.

O que acham?

Baschera
Baschera
9 anos atrás

Duas coisas me impresionam neste projeto.

A primeira é que o X-47 é impulsionado por duas turbinas ao contrário dos Predador ou dos Reaper, que são turbo hélices.

A segunda, é que parece um mini-B2, inclusive na principal característica deste, ou seja, é stealth.

Se realmente for aprovado e liberado para uso em NAe, aí…. a coisa vai ficar interessante !!

Sds.

Baschera
Baschera
9 anos atrás

Mais um detalhe, os EUA não estão em decadência, apenas puxaram o freio aerodinâmico…… em decadência estão a economia clássica ocidental e a civilização ocidental como um todo.

Sds.

joseboscojr
joseboscojr
9 anos atrás

Baschera, Sem querer ser chato, mas o X-47B possui só um motor, e o Predator possui um motor convencional turbocomprimido e não turbo hélice. O Reaper sim, é turbo hélice. Nick, Na verdade até podemos chamar o UAV que surgir desse programa UCAS-D de um UCAV de 3ªG, tendo em vista que a diferença entre o Predator e o Reaper é tão grande que praticamente os colocam em gerações distintas. Claramente o Predator era um UAV de reconhecimento que recebeu dois pilones sob as asas e foi capacitado para lançar mísseis. Já o Reaper não, é um legítimo avião de… Read more »

Baschera
Baschera
9 anos atrás

Bosco,

Tens toda a razão…. jurava que eram dois propulsores no X-47…..mas é somente um…. uma turbina F100-PW-220, derivada do modelo que equipa o F-16 e o F15.

Sds.

Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

O problema c/ essa aeronave, é que o próprio complexo militar-industrial americano, pode torna-lo quase tão inviável qnto o “P-35B”.
Afinal o interesse desses caras, não é a capacidade que esta aeronave representará p/ as ffaa americana, mas é a meta atingida e consequantemente o bonus garantido no fim do ano.