Home Indústria Aeroespacial Alenia promove o T-100 em simpósio da USAF

Alenia promove o T-100 em simpósio da USAF

592
1

 

Aeronave é uma versão do M-346 voltada ao treinamento para o F-35, mirando na substituição dos T-38 da Força Aérea dos EUA

A Alenia North America, subsidiária da Alenia Aeronautica (que por sua vez faz parte da Finmeccanica) informou em 20 de janeiro sobre a apresentação do sistema integrado de treinamento T-100 ao Comando de Educação e Treinamento da Força Aérea dos EUA (AETC – Air Education and Training Command – USAF). A apresentação está sendo realizada  em no simpósio 2011 do Comando, realizado em San Antonio, no Texas, e vai até esta sexta-feira, dia 21.

O CEO da Alenia North America, John Young, afirmou que “o The T-100 é a melhor solução para o programa T-X da Força Aérea dos EUA. Ele foi projetado especificamente para preparar pilotos para aviões de combate de 4ª e 5ª gerações, como é o caso do F-35.”

Segundo o informe, o T-100 é a versão para os Estados Unidos do M-346, uma aeronave que foi concebida e desenvolvida para complementar o F-35. A Força Aérea Italiana será a primeira a receber o sistema de treinamento, o qual designou como  T-346A. A cerimônia de “roll out” dos dois primeiros T-346A da Força Aérea Italiana foi realizada em 21 de dezembro do ano passado (confira mais detalhes no primeiro link da lista ao final da matéria).

O sistema integrado de treinamento M-346 tem muitas similaridades com o sistema de treinamento do F-35, segundo a empresa, com componentes e softwares comuns entre seus sistemas de treinamento em solo (Ground Based Training System -GBTS). Além disso, a maneabilidade e características de desempenho do M-346 são otimizadas para facilitar a transição de aviões de instrução primária para o F-35.

Os pilotos em treinamento desenvolvem uma alta tolerância a cargas G, gerenciamento de informações e de data-link, reabastecimento em voo e operação com NVG (night vision googles – óculos de visão noturna) antes de começarem a voar no F-35.  O informe também acrescenta que o M-346 foi projetado tendo o F-35 em mente – a Alenia também é responsável pela montagem da frota do continente europeu de F-35, da qual os italianos deverão voar duas versões.

FONTE / FOTOS: Alenia North America

VEJA TAMBÉM:

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Ivan Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ivan
Visitante
Member
Ivan

Em recente post no NAVAL, a engenheira Elisabeth Koslova fez um comentário que apenas os EUA, a Rússia (em declínio) e a China (em crescimento) poderiam “dominar o ciclo completo de construção e meios sofisticados de combate”. Os demais países, mesmo potências regionais, procuram se especializar em “nichos de capacitação e nele procuram desenvolver seus projetos”. Concordo inteiramente. Neste contexto, aparentemente a Itália ao longo dos anos se tornou especialista em aeronaves de treinamento avançado, partindo inclusive para desenvolver verdadeiros sistemas integrados para exportação, o que tem feito com bastante sucesso até agora. Foi italiano o sucesso Aermacchi MB-326, nosso… Read more »