terça-feira, outubro 19, 2021

Gripen para o Brasil

Array

Brasil finalmente entrega Tucanos doados ao Paraguai

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

O Brasil doou na última quarta-feira três aviões de combate e instrução ao Paraguai e em troca receberá o avião presidencial em desuso do país e outras aeronaves militares.

A entrega foi realizada na base militar do aeroporto Silvio Pettirossi, onde o chefe de Estado paraguaio, Fernando Lugo, inspecionou as aeronaves junto com o ministro da Defesa, Cecilio Pérez Bordón, e o comandante da Força Aérea, Miguel Christ Jacobs.

“Esta cerimônia (…) aponta para metas e propósitos a favor da defesa nacional”, afirmou o chefe militar.

Jacobs destacou que as aeronaves, fabricadas pela Embraer, serão empregadas exclusivamente para treino de pilotos.

A doação faz parte a um acordo pelo qual o Governo paraguaio se compromete a entregar ao Brasil um Boeing 707, que na época de Juan Carlos Wasmosy, quem governou o Paraguai entre 1993 e 1998, foi condicionado para ser usado como avião presidencial.

O acordo de doação mútua prevê ainda a devolução às autoridades brasileiras de quatro aviões de instrução e combate Xavante, também em desuso.

FONTE: terra.com

LEIA TAMBÉM:

- Advertisement -

4 Comments

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Joker

Uma boa forma de se fazer politica exterior…

Cesar

O plano inicial não era auxílio no combate ao narcotráfico? Agora falam que será exclusivamente empregados no treinamentos de pilotos? Treinar e depois voar em quê, este país miserável tem 5 xavantes (se 4 serão devolvidos, ficará 1) e 3 AT-33, ao que parece, todos inoperantes. Os militares deste país ordinário deveriam utilizar estes parelhos no patrulhamento de fronteira, auxiliando o Brasil no combate ao narcotráfico e tráfico de armas que saem de lá aos montes, esta seria a justificativa para esta doação, com resultado prático. Outra questão: o que o Brasil vai fazer com os 4 xavantes, sendo que… Read more »

Antonio M

Concordo com as duas colocações acima, o Brasil já se beneficiou com coisa parecida; o problema é a forma como é feita, como disse o Cesar.

Para treinar e voar depois em quê ?!!?!?!? Aviões novinhos em folha para o “GTE” deles?!?! E a ajuda na fronteira, nada?

E o 707 por ser “militarizado” creio que com poucas modificações será convertido para transporte/reabastecedor aéreo pois deve ser uma aeronave que não tem muitas horas de voõ e devido à necessidade atual será muito útil para a FAB.

Mauricio R.

Falta de política externa coerente, é isso aí.

Últimas Notícias

FAB realiza enlaces de dados entre aeronaves usando o LINK-BR2 pela primeira vez

Os voos foram realizados durante a execução da Operação Íris, como foi denominada a segunda fase de ensaios de...
- Advertisement -
- Advertisement -