sábado, janeiro 22, 2022

Gripen para o Brasil

Array

Venda dos Rafales: Emirados fazem novas exigências

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A lista de exigências dos Emirados Árabes Unidos (EAU) para comprar 60 caças Rafale de origem francesa, em um contrato estimado entre 6 e 8 bilhões de euros, não para de crescer. Primeiramente os EAU exigiram a recompra de seus caças Mirage 2000-9. Posteriormente veio a necessidade de motores mais potentes e um radar mais avançado que aquele utilizado pelos F-16 Block 60.

Agora o jornal francês “La Tribune” revelou que, além das exigências acima, os EAU querem mais. As companhias aéreas árabes Etihad e Emirates querem receber mais slots nos principais aeorportos franceses, incluindo o congestionado Charles de Gaulle nas proximidades de Paris. Como não existem slots sobrando, eles viriam da companhia francesa Air France, que perderia espaço “em casa”.

Atualmente as negociações entre os dois países sobre a venda de caças Rafale está congelada depois que o jornal “Le Figaro” publicou uma notícia informando que os EAU estariam encomendando equipamentos de vigilância eletrônica a Israel para se proteger de um eventual ataque aéreo do Irã.

FOTO: Dassault

- Advertisement -

159 Comments

Subscribe
Notify of
guest
159 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
RenanZ

Hmmm……cheiro de pizza no ar ( E NÃO É DO BRASIL< uaaaaauuuuu)

PS:

Pra quem tá mais difícil:
Para o Rafale, ou para o F-35 ?!?!?

Marcato

enquanto isso no Brasil…

Zavva

Os EAU já estão abusando. 🙂

Mario Blaya

Marcato disse: 17 de novembro de 2010 às 22:29

puxa você foi bem original com esse seu … enquanto isso no Brasil…

acho que ninguém pensou que haveria essa mensagem onde junta Rafale e valores!

AndreC

Zavva, os EAU estao jogando pesado ateh mesmo com outros paises. Por exemplo, exigiram rereceber mais slots nos maiores aeroportos canadenses. Como o Canada nao cedeu, hah algumas semanas atras imperiram q avioes militares canadenses pousassem nos EAU como antes faziam pra apoiar as tropas no Afeganistao.

Pancho

É assim que se negocia… um precisa desesperadamente vender, o outro não precisa comprar mas quer… então exige várias coisas…

Se não atenderem as exigências os EAU compram outra aeronave, fácil, tem várias no mercado…

Aqui nós aceitamos tudo o que vem de fora, sem sequer negociar um pouquinho…

Abraço

Gabriel T.

Não vejo isso como algo ruim. É normal que qualquer país que gaste alguns bilhões peçam sempre a mais. Estamos fazendo a mesma coisa com o FX e não seria diferente no EAU. Isso não quer dizer que o RAFALE seja um avião ruim, pelo contrário, é reconhecido como um ótimo caça, caso contrário, nem estariam negociando. O pessoal tem que ficar preocupado quando há um só caça sendo avaliado e se pede mais do que pode. Aí…

RolandTFlackphayser

Os árabes que não querem o aviãozinho Francês nem pintado de ouro (e olha que eles podem) querem ver até onde vai o desespero dos franceses em vender seu Jaca já que o Lulla parece não querer se queimar mais do que já está e vai passar a batata quente pra Dillma nos 48 do segundo tempo.

_Escoí o Rafalí mas fala có a Dirma agora viu?

grifo

Acho que esta desculpa dos slots em CDG é ainda menos crível que a anterior, aquela que dizia que uma notícia no jornal da Dassault teria ofendido os sheiks. É muito mais conveniente que o problema esteja no excesso de sucesso dos aeroportos franceses do que no próprio avião.

Rodrigo

O nome disso é:

Eu não quero, mas se o negócio for muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito bom eu pego.

cerebro1975

eles não querem, tao esperando o tio sam fazer uma proposta hehehe….

jomado

Zavva disse:
17 de novembro de 2010 às 22:30

Os EAU já estão abusando.

Leia mais (Read More): Venda dos Rafales: Emirados fazem novas exigências | Poder Aéreo – Informação e Discussão sobre Aviação Militar e Civil .

Tão não, estão mostrando pro Lulim como é que se faz uma negociação(não é com um copo de canha na mão).Estou gostando desses árabes.

Mario Blaya

quem reclama quer comprar!

se era para descartar e só dizer!

Edcreek

OLá,

Boa noticia! para uma coisa que estava sendo considerada parada um novo pedido quer dizer que as negociações continuam em aberto!!!!

É bem simples tira-se o maximo possivel do “desespero” Frances em vender o caça. O Brasil já fez parte disso agora é aumentar a exigencias e fechar a conta!!!!

Rodrigo vc viu o caso do A-380 o problema é nas turbinas(INGLESAS) e não no avião, nem tudo que aconteçe no mundo é culpa dos Franceses.

Abraços,

Chacal2011

18 de novembro de 2010 às 5:43
O nome disso é:

Eu não quero, mas se o negócio for muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito bom eu pego

DISSE TUDO!!

Rodrigo

Edcreek disse:
18 de novembro de 2010 às 7:30

Já saiu o laudo ? Rápido hein ?

ahahahahaha

A R&R vai trocar por precaução, isto é normal em aviões comerciais.

Se fosse um problema exclusivo do Trent, teriam que ser modificados para toda a frota né, espertão ?

Só serão trocados os da Qantas, percebeu este detalhe ?

E ai o que você acha do Rafale tomando pau do F5, em arena WVR, que é a especialidade dele e onde vocês dizem que ele esfrega o Typhoon, F22 e o SH ?

Rodrigo

Mario Blaya disse:
18 de novembro de 2010 às 7:09

Nem sempre, as vezes você pede tanto que o vendedor vai ver que não vale a pena e o negócio acaba da mesma maneira.

Agora eles já saíram exclusivamente do avião e já entraram com exigências políticas.

A hora que concordarem com isto, vão exigir outra coisa e assim irá até os franceses desistirem.

Sérgio Araújo

Aqui só é negociada a COMISSÃO.

Antonio M

Estão fazendo de tudo para não comprar mesmo! As exigências são como formalidades para evitar entraves diplomáticos/comerciais futurros pois não são bobos, são exímios comerciantes e não querem fechar portas.

Se atenderem a tudo que querem, pode ser que compense o custo com sua hora de voô.

E mais alguma notícia sobre o F5M X Rafale na Cuzex?

Nick

Tendo em vista que o Rafale é inevitável aqui, temos de torcer para que os EAU, financiem o desenvolvimento do SNECMA M88X, atualização do SPECTRA, novas capacidades e mais potência no RBE-2 AESA e a integração dos misseis METEOR. Caso contrário, se quisermos essas capacidades, quem terá de pagar a conta será nós.

[]’s

Rodrigo

Antonio M disse:
18 de novembro de 2010 às 7:55

Segundo eu fiquei sabendo a dica para engajar o Rafale, veio de fora do Brasil e não foi dos gringos!

Vader

Rodrigo disse:
18 de novembro de 2010 às 5:43

“O nome disso é: Eu não quero, mas se o negócio for muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito bom eu pego.”

Bem isso.

___________________

Edcreek disse:
18 de novembro de 2010 às 7:30

“Boa noticia! para uma coisa que estava sendo considerada parada um novo pedido quer dizer que as negociações continuam em aberto!!!!”

Edcreek e sua proverbial “leitura seletiva” esqueceram de ler o último parágrafo do texto: “Atualmente as negociações entre os dois países sobre a venda de caças Rafale está congelada”

Força naum Ed…

Vader

Rodrigo disse:
18 de novembro de 2010 às 8:01

“Segundo eu fiquei sabendo a dica para engajar o Rafale, veio de fora do Brasil e não foi dos gringos!”

Dá a fita ae Rodrigão, pow! Vomita mermão, hehehe. 🙂

Sérgio Araújo

Rodrigo, veja:

“Rolls-Royce irá substituir temporariamente os motores que sofreram vazamentos de óleo nos aviões Airbus 380 da empresa australiana Qantas.”

Tem razão, é só por precaução. Troca logo essas porcarias antes que matem mais de 500 pessoas e a maior aeronave do mundo fique mal no mercado (além dos atraso com as entregas, etc etc).

http://economia.estadao.com.br/noticias/not_43417.htm

Antonio M

Rodrigo disse:
18 de novembro de 2010 às 8:01

Entendi ! Algo a ver com uma conta bem simples: F5 – 1 = F4 ! rsrsrsrsrs!!!

Rodrigo

Vader disse: 18 de novembro de 2010 às 8:04 Tem coisa que eu não posso dizer, porque entrega a fonte. Faz tempo que eu falei que tinha gente “estudando” o Rafale e que ele não ia sair virgem da CRUZEX. É mentira minha ? O resultado taí… O grande destruidor de F22, Typhoon e SH… Que toma pau do F4 e do F5 e o pior que dentro do que as Rafaletes dizem ser a grande especialidade dele. Typhoon, F22 e SH são tijolos…segundo a francesada. Vou repetir o que eu disse ontem. Estes resultados para mim não mudam em… Read more »

Rodrigo

Sérgio Araújo disse:
18 de novembro de 2010 às 8:08

Se o problema fosse somente o motor, tinha que trocar os da Singapore também.

grifo

Se o problema fosse somente o motor, tinha que trocar os da Singapore também.

Caro Rodrigo, a Singapore também está trocando os motores.

http://www.bbc.co.uk/news/world-asia-pacific-11723778

Quem não vai ser afetada é a Emirates, que não usa os motores Trent.

Adhelfi_zerouno

Esse povo é engraçado, vai ao delírio porque o F-5 deu pau no Rafale, então ele dá pau também em F-22, Typhoon, Su-35, X-wing e o escambau. Não foi o que o Rafale fez deceu o cacete em F-22 e Typhoon, e agora tá tomando pau do F-5M, então eles também tomam pau do F-5M. E agora vai ser F-5M ad eternum, forever.

Edu Nicácio

Por que os EAU não fecham logo um lote de 60 Typhoons e já se planejam para trocar seus F-16 Block 60 por F-35A a partir de 2015? Com esses 40 F-35 que em breve Israel terá, a geopolítica da região sofrerá reviravoltas, e veremos mais uma corrida às armas. Árabes chatos esses, apesar de estarem corretos em suas exigências… “Você quer me vender? Então terá que seguir minhas regras” Agora, queria saber o que pensa o Irã com essas compras vultosas dos seus vizinhos: F-15 para a Arábia Saudita, Rafale para os EAU, F-35 para Israel… Os aiatolás devem… Read more »

Andre de POA

No nervoso aguardo pelas matérias quentes da cruzex! please, please…

Andre de POA

Edu Nicásio “Agora, queria saber o que pensa o Irã com essas compras vultosas dos seus vizinhos: F-15 para a Arábia Saudita, Rafale para os EAU, F-35 para Israel… Os aiatolás devem estar com alguns nós na cabeça…”
Cada F- 35 para Israel é um quilo a mais de U-235 nos estoques iranianos, A matemática é simples, perversa e altamente eficaz.

Mario no japao

gostei dessa F5 para sempre pois esses ai sao os melhores hahahahahahahahahahaha

Andre de POA

E entre o U-235 e o F-35 eu fico com o primeiro.

Mario no japao

nossos pilostos sao bons se fazem isso com F5 imaginam se eles estivessem com os Rafales nas maos

Rodrigo

grifo disse:
18 de novembro de 2010 às 8:58

Também por precaução, sem terem apresentado um simples problema.

Diga-se de passaem será em 3 aviões, dos 11 que eles tem.

Não sou defensor da R&R, mas o Trent, mesmo o 900, não é um projeto de hoje para dar problema de vazamento de óleo e ninguém ter percebido isto.

Entre a R&R que quando tem problemas admite sem constrangimento e a Airbus que normalmente culpa terceiros, eu boto mais fé na primeira.

Francisco

Como o assunto descambou para a cruzex… Eu sou um dos muitos que me juntei ao coro de que o F-5EM nos traria gratas surpresas. Aí está nossos bicudos imprimiram um recado bem grande nos céus do Brasil. O Rafale não pode ser o nosso próximo vetor.

Giordani RS

“Edu Nicácio disse:
18 de novembro de 2010 às 9:08
…Agora, queria saber o que pensa o Irã com essas compras vultosas dos seus vizinhos: F-15 para a Arábia Saudita, Rafale para os EAU, F-35 para Israel… Os aiatolás devem estar com alguns nós na cabeça…”

Não dá nada não meu camarada, o irão deve ter mais das suas ultra-mega-master-armas-destruidoras-de-judaicoamericanubobo…

Edcreek

OLá, Rodrigo Se informe melhor, a empresa Inglesa já admitiu o erro no motor e trocará o motor de varios A-380 de varias empresas: Simgapore, Lufthansa e QANTAS http://www1.folha.uol.com.br/mundo/828371-singapore-airlines-e-lufthansa-anunciam-trocas-de-motores-de-seus-airbus-a380.shtml O que é real é real, não fique fantasiando coisas irreais, o empresa(Inglesa) já admitiu o erro, sua posição não nada mais que implicancia pela Air-bus ser Francesa…. Vader, minha opinião é que as negociações continuam e isso é marketing para melhorar os beneficios, como achei desde o principio. Sobre o F-5 dar pau no Rafale, ainda não vi nada a respeito, se for real parabens a FAB, e continuo com… Read more »

luiz otavio

tem de ser lembrada a qualificação do piloto, mas não sei qual país trouxe seus melhores ou não.

rodrigo ds

Se formos de Rafale tomara que os Árabes entrem junto nessa barca furada para não afundarmos sozinho, pelo menos os custos serão diluídos (pelo menos um pouco) e aumenta um pouco a escala.

Quer dizer que o veinho (F5) pode abater o imbatível, hummm!!!!! Mesmo de mentirinha é vergonhoso, pelos supertrunfos que possui (ou não possui hehe!!), o recado da FAB foi dado e os Árabes estão de olho, como diz aquele humorista do SBT ” Tô di oio no sinhô!!!! “

Antonio M

“…nossos pilostos sao bons se fazem isso com F5 imaginam se eles estivessem com os Rafales nas maos…”

Não seriam tão bons pois, com os F5 ainda voam/treinam alguma coisa e com o Rafale, vão ficar a maior parte do tempo olhando para eles estacionados em seus hangares……

Rodrigo

Edcreek disse:
18 de novembro de 2010 às 9:37

Agora ninguém vai full!

Por que vocês falam então que o Rafale é o grande destruidor de Typhoon e F22 ?

Dois pesos e duas medidas…

Mesmo sem o Rafale ir full, existe a obrigação de vencer o F5, em qualquer regime de vôo o Rafale tem que ser centenas de vezes superior ao F5 e ainda mais no WVR que vocês falam que o Rafale é imbatível.

Mas a verdade é diferente…

Quem tem aliados tem informações ahahahahahaha

hms tireless

Gostaria de saber se realmente os nossos F-5 derrotaram o “todo poderoso da galáxia” Rafale na CRUZEX? Alguém confirma? qual teria sido o resultado? e as fontes?

Antonio M

A verdade que se pode obter com esse acontecimento F5M X Rafale, é que ter uma doutrina é muito importante. E esse papo de que os Rafalha (Rafail em português ! rs!) não vieram full é conversa para boi dormir. Em plena definição/debate sobre as compras do FX2, os franceses seriam estúpidos de não aproveitar essa chance de mostrar o melhor que o Rafale pode fazer? Vieram de longe para dar vexame? E isso não somente para o MD/FAB e sim, para os países onde participa de concorrência e que com toda certeza estão observando. Seriam os franceses estúpidos a… Read more »

tyrion

por favor confirmar a noticia do engajamento do rafale…link…de preferencia o video…

Edcreek

Olá, Rodrigo

Não coloque palavras que eu não disse:

1) Eu sempre disse que ninguem vai full em exercicio eu concordo com vc nesse ponto, não existe dois pesos duas medidas….

2) É sempre bom tripudiar sobre o “inimigo” seja um Rafale ou um F-18 Super Hornet, mesmo que em exercicio, sem efeito pratico nenhum, por isso aproveitem Anti-Franceses eu faria o mesmo 😉 ….

3) Ainda não vi nada a respeito disso de vitoria do F-5 por hora ainda considero isso especulatorio…..

Abraços,

Antonio M

E se confirmada essa vitória do F5M, é capaz do Brasil/Embraer terem muitos lucros reformando F5 de outros países do que a França/Dassault vendendo Rafales !!! rsrsrsrsrsrs!!!!

E seria mais um prego no caixão do Rafale ! rsrs!

tyrion

A arrogancia francessa e historica…

Rodrigo

Tem esta foto aqui 😀 😀 😀 😀 😀

comment image

Últimas Notícias

Argentina também negocia a compra de caças F-16 da Dinamarca

Segundo o site argentino Pucara.org, as Forças Aéreas da Argentina e da Colômbia estão analisando ofertas para aeronaves Lockheed...
- Advertisement -
- Advertisement -