sábado, setembro 25, 2021

Gripen para o Brasil

O filho do ‘Zero’

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Que o Japão sempre esteve de olho no F-22 da Lockheed isto não é nenhum segredo. Mas com a recusa dos Estados Unidos em vender o seu caça de superioridade aérea mais avançado, os japoneses tiveram que partir para uma segunda alternativa.

A ameaça é real e mora do outro lado do Mar da China Oriental. A Força Aérea do Exército de Libertação Popular da China está em constante evolução e os projetos mais modernos assemelham-se, pelo menos externamente, aos caças de 5ª geração existentes no resto do planeta ou em projeto.

Para não ficar atrás na corrida tecnológica, a companhia japonesa Mitsubishi Heavy Industries passou a estudar um caça de aspecto furtivo, típico dos caças de 5ª geração. A Mitsubishi, fabricante dos famosos caças A6M ‘Zero’, apresentou um ‘mock-up’ do que seria o seu projeto em 2007 (ver foto abaixo).

Seria o Japão realmente capaz de projetar e construir um caça furtivo que pudesse rivalizar com os projetos chineses mais modernos?

- Advertisement -

37 Comments

Subscribe
Notify of
guest
37 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Zavva

Bem que o Brasil podia entrar nessa ideia !

Francisco AMX

Se o Japão e Russia não poderem… coitado do resto do mundo! rsrsrs

Sds!

roni

cara nem me lembro que o brasil tem força aerea ja me esqueci faz tempo. pelo visto o jjapao nao vai ficar de braços cruzados concerteza teran seu proprio caça de 5 geraçao

Fabio Roberto

O Brasil podia entrar nesse tipo de projetos

Lusitanium

Só se o Japão for autorizado a exportar armamento…
Senão não tem com que financiar este projecto.

Fabio

O Brasil não poderia entrar nisso não. Temos coisas mais importantes para torrar o dinheiro publico. Temos estádios a DOAR para clubes de futebol e toda a farra da olimpiada depois… Haja pré-sal pra pagar Olimpiadas e Copa do mundo…E dá-lhe BNDS torrando o dinheiro do contribuinte. Os cartolas do Brasil agradecem.

dod tomate

esse e xique

Flavio

se os japoneses tem capacidade?

Na minha opinião, se não fosse a cultura atual japonesa tão contrária a forças armadas no sentido verdadeiro da palavra, e não fosse as leis deles tão restritivas, nem os americanos conseguiriam segurá-los.

tomo por base principalmente tecnologia avançada que eles possuem nos setores computacionais em geral.

A-1

Ficou bonito o bicho . . .
olha ai temos bastante imigrantes la, rsrs

Yakov

Concordo com o Flavio.
Se tem algum país nesse mundo com capacidade de fazer um projeto desses, mesmo que sozinho, é o Japão. Se duvidar, ainda começam uma 6ª geração no embalo.

CmteLucasM

Bela nave, ha se tivessemos a capacidade técnico-científica para fazer o mesmo, ou vontade política real pra entrar num projeto desses

falcon

Claro que sim pois diferente do Brasil o Japão é altamente tecnologico além de investir bastante em defesa.

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin

Olha o F-5 stealth do Francisco AMX! Não se pode postar nada na internet que sempre tem um plagiador 😉

Francisco

1º Capacidade: Sim, eles tem. Impossível duvidar disso
2º Motivos: também tem, afinal, massacraram seus vizinhos durante a segunda guerra e existe um forte sentimento revanchista na região.

3º Crença pessoal minha: Os japoneses nunca deixam nada barato, eles ainda vão dar o troco pela derrota na segunda guerra. São extremamente patriotas, chegando muitas vezes ao ufanismo. Esse domínio americano na vida política e econômica do país um dia vai acabar.

Dokas道卡斯

Lembra bastante um F18, algo parecido com saia 90(o 5g dos hermanos)… eu n entendo pq tem gente q ainda n acredita na 5g dos xingling, como eu ja disse em um post anterior, os japoneses n iam investir tanto nessa area de 5g, se n fosse necessario, eu lembro q ate postei num comentario meu um site q mostrava um suposto prototipo do Jxx voando, mas n sei se aquele é o verdadero(mas deve ser um F22 falso) http://www.defence.pk/forums/weapons-club/5119-j-xx-5th-generation-fighter-china.html esta ai o link, se quiserem fazer um post com ele, eu posso ate traduzir, so q n sei postar.… Read more »

rodrigo ds

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin disse:
9 de novembro de 2010 às 18:37

Ao ver, pensei a mesma coisa, hehehe!!!! Olha aí o F5 Forever do Francisco AMX, Pô já copiaram o projeto do chicão!!!!!

Deivid

O caça é lindo boa sorte ao Japão!!

Fonkerr

Concerteza o Japão é o país que detém a maior tecnologia do mundo, eles tem a agência espacial japonesa, na década de 70 quando todo mundo usava relógios mecãnicos eles inventaram o relogio digital, a eletrônica japonesa é sem dúvida a melhor do mundo. para fazerem caças ainda mias um furtivo é só eles trabalharem para isso, já já eles terão o sucessor do Zero.

Luiz Eduardo

Esse “F-5 do Chico” aí me serve… 😛

wjw

tomara que saia do prototipo o brasil seria melhor ter entrado no pac fa mas o tempo ja passou agora é melhor desenvolver o neuron junto com os franceses

Nick

O Japão tem condições de projetar,desenvolver e produzir um caça de 5ª geração?

Sim, e a resposta está nesse mock up. A questão para eles passaria mais pelo aspecto econômico de um lado, e a possibilidade de produzir localmente uma versão do F-35, como fizeram com o F-4 Phanton, o F-15 Eagle, e uma versão melhorada do F-16.

Caro Flavio,

O Japão pode ser pacifista hoje, mas não duvido um dia eles voltarem a querer serem um império novamente.

[]’s

pap

Os americanos, tão espertos, nao perceberam que a resposta para um
caça de quinta geração poderia ser um copia melhorada do F15, o que
o japão teve a capacidade de ver.

Enquanto isso, aki, continua essa rafalemania. Daki a pouco, vai se fabri
car caças aki e o governo ainda não irá decidir sobre o fx2.

A7X

Certamente o Japão tem condição de desenvolver e produzir em série um caça no estado-da-arte. Dinheiro eles têm, e muito. Tecnologia também. Além disso, há vontade política. Lá o compromisso é com o que é bom para a nação, diferentemente do que acontece aqui, na república das bananas, onde o ministro da defesa e o presidente passam por cima de um relatório técnico, feito de forma mais que profissional, para favorecer uma empresa que concorre no mesmo mercado que a EMBRAER. O Japão é uma nação séria e está entre as mais importantes do mundo, e assim continuará sendo por… Read more »

massa

Sim, é só ver neste link (em japonês):

http://www.mod.go.jp/trdi/org/pdf/23yosan.pdf

O objetivo dos japoneses é desenvolver um caça superior ao F22 atual.

Galileu

Com certeza não duvido nãoooo!!!

Essa história que o japão estaria desenvolvendo um caça de 5º G não é nova, e não é conto da net.

o patriota

com certeza o Japão tem toda capacidade de realizar um projeto desses,só não entendo o porque de não tê-lo realizado ainda,e li alguns comentários dos amigos que perguntam;se o Brasil poderia entrar nesse projeto? acho bem dificil isto acontecer,já li artigos onde o Brasil teria sido ofertado uma participação no desenvolvimento de um caça de 5° geração(fonte http://www.aereo.jor.br/2010/03/25/russia-oferece-ao-brasil-desenvolvimento-conjunto-do-caca-pak-fa/ ),e pelo que sei nada aconteceu perdemos esta grande oportunidade,ou seja nada vai mudar nesse sentido,a desculpa é “temos que fazer uma caça nacional!” e enquanto isso não acontece ficamos de F-5 sonhando com Rafale,F-18 e Gripen NG,assim fica complicado! gastamos absurdos… Read more »

Akivrx78

Os japoneses levaram a sério o Brasil estar no Pak-fa?
O Pdf é referente a pedido de orçamento para o ano de 2011.

http://www.mod.go.jp/j/yosan/genkiwaku/pdf/2011/005.pdf

Daniel Rosa

O Japão tem condições de desenvolver este avião. Em matéria de eletrônica os caras são mestres… pena ainda estarem tão dependentes de aprovação dos EEUU. Já tem gente lá louca para mudar a Constituição, que diga-se de passagem, foi reescrita pelos Norte Americanos após a Segunda Guerra. Eu sempre defendi que o Brasil entrasse em um progeto conjunto com outros paises. Se não me engano, houve pressão dos EEUU quando ficaram sabendo deste progeto japonês! Se os caras ficaram apreensivos, é pq sabem que ele pode decolar! E eles odeiam concorrência, aliaz, todo mundo odeia. Esta seria uma excelente hora.… Read more »

Daniel Rosa

E para quem leu a Revista Asas deste mês, saiu um estudo sobre o PAK-FA, que mostra as chances do F-35 ante o novo caça russo… tá certo que é só um estudo, mas quem o fez (britânicos) não tem interesse algum em por o PAK em um patamar superior ao real! Segundo o estudo, PAK-FA X F-22, as chances seriam de 1:1, do PAK X F-35, 1:5… uma verdadeira lavada! Antes que alguem tenha um piti aqui, SÃO SÓ ESTUDOS… porém feitos, creio eu, com total isenção!

Nick

Caro Daniel Rosa,

Como você disse são só estudos e com muita especulação. Temos de aguardar o desenvolvimento do PAKFA para saber em que nível ele chegará de fato em termos de furtividade e sistemas embarcados. Se ele chegar em termos de furtividade ao nível do F-35, um 1:1 contra o F-22 parece plausível, mas 1:5 contra o F-35 me parece exagero.

[]’s

luiz otavio

há tempos esta foto circula na net e antes do Pak Fa ser revelado cogitavam que era ele. no fim é japonês e os chineses estão fazendo o deles sim, partiram daquele Mig 1.44 (acho que a Mig vendeu o projeto). quem sabe não teremos no futuro o FX3 para aeronave stealth ou parceria em algum projeto, lembremos que a Coreia do Sul também está desenvolvendo um 5G.

Humberto

Vamos ver senhores..vamos ver. Existe um caso interessantissimo que podemos usar como exemplo sobre a tal de transferencia de tecnologia. Nunca custa lembrar do Mitsubishi F-2 que é em tese é um F-16 modificado (alguns diriam aprimoradissimo) no qual o Japão comprou muita tecnologia do caça americano e a Mitsubishi com o auxilio da Lockheed Martin desenvolveu o carissimo F-2, ou seja, vc tem um caça um pouco melhor que o original mas BEEEEMMM mais caro. A ideia original era o Japão comprar 300 que depois caiu para 150 e o ultimo número ficou em torno de 90. Creio que… Read more »

Vader

Se o Japão resolvesse fazer um caça de 5a geração podem ter certeza que ele será infinitamente superior ao chinês, e pelo menos igual aos americanos. A grande pergunta é: compensa? Com o F-35 sendo vendido para todo mundo que é aliado americano e se dispõe a pagar, e sendo disparado a melhor aeronave de combate da Terra pelo menos pelos próximos 15 anos, vale a pena investir uma fortuna num projeto nacional, sempre lembrando que o Japão é impossibilitado (pela sua Constituição) de exportar armas, e assim não pode amortizar custos com exportações ou parceiros (o que exclui uma… Read more »

Edu Nicácio

“Seria o Japão realmente capaz de projetar e construir um caça furtivo que pudesse rivalizar com os projetos chineses mais modernos?” Respondendo à pergunta do Blog: não só o Japão, como a Alemanha, a França, a Suécia, a Rússia, os EUA e o Reino Unido têm capacidade de projetar e construir um caça de 5ª geração para rivalizar com o futuro 5ª geração chinês, porém, só agora começam a aparecer projetos de outras nações que, futuramente, rivalizarão com os 5ª geração dos EUA… Enquanto isso, no Atlântico Sul, um “gigante pela própria natureza” demora DOZE anos para se decidir pela… Read more »

Akivrx78

Noticia saindo do forno.

http://www.tosei.org/?q=node/2
http://d.hatena.ne.jp/dragoner/20101109/1289308885
http://www.youtube.com/watch?v=P6hkZZYf140

Tem o novo DDH de 19.500t
Nova classe de Destroyer DDR
Novo torpedo G-RX5
Módulos da antena do radar do Atd-x

Parece uma coisa qualquer mais o RF-21 promete ser revolucionário por unir o IRST,ESM,ECM,MEC,RADAR,IFF,Comunicação, tudo pelos módulos da antena do radar trabalhando simultaneamente.
Ou seja diminui um monte de espaço, $$$, peso, sensores externos RCS em um vetor.

Se aparecer mais fotos posto os links.

Daniel Rosa

Nick disse: 10 de novembro de 2010 às 8:21 Boa tarde Nick, tudo bem cara? Veja, eu não me referia a furtividade, e sim provabilidade de vitórias…. contra o F-22 a chances seriam de 1:1, sairia vencedor quem disparace primeiro! Obviamente após ver primeiro, pq os aviões se equivaleriam… Contra do F-35, as chances de vitória subiriam a um patamar de 1:5… Desculpe se não fui muito claro no exposto. São estudos, claro, mas não creio que os ingleses façam “comercial” contra um vetor que por eles está para ser adquirido. No mais, vamos esperar, pq a única forma de… Read more »

Rodrigo

“Seria o Japão realmente capaz de projetar e construir um caça furtivo que pudesse rivalizar com os projetos chineses mais modernos?”

Que projetos chineses mais modernos? Aqueles roubados da Rússia e que não se comparam com o original? Ou aquele projetado em parceria com o Paquistão usando inclusive tecnologia israelense e que todo mundo diz que é um “caça chinês” de baixo custo?

Últimas Notícias

USAF seleciona o turbofan F130 da Rolls-Royce para o programa de remotorização do bombardeiro B-52

A Força Aérea dos EUA anunciou em 24 de setembro que deu à Rolls-Royce um contrato de US$ 500...
- Advertisement -
- Advertisement -