segunda-feira, julho 4, 2022

Gripen para o Brasil

Cinco bilhões por mais 124 Super Hornet/Growler

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A U.S. Navy anunciou hoje (28/9) que a Boeing recebeu um contrato de 5 bilhões de dólares para produzir mais 124 caças F/A-18EF Super Hornet e sua versão de guerra eletrônica Growler. Os números informados são:

  • 46 F/A-18E;
  • 20 F/A-18F Super Hornet e
  • 58 EA-18G Growler

Com a confirmação desta encomenda a Marinha dos EUA poderá completar o seu program que prevê a aquisição de 515 Super Hornet e 114 Growler até o final do ano fiscal de 2013.

FONTE: Defensenews

COLABOROU: Baschera

VEJA TAMBÉM:

  • Construindo um F-18 Super Hornet
  • Novidades do Super Hornet: contrato para 118 computadores de missão…
  • Do ‘Hornet’ ao ‘Super Hornet’
  • - Advertisement -

    172 Comments

    Subscribe
    Notify of
    guest
    172 Comentários
    oldest
    newest most voted
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Luiz Ricardo

    eu sou contra levar pro lado do FX-2 mas… só quero ter o gostinho de fazer isso dessa vez =D

    E A JACA????? =D

    Luiz Ricardo

    Mas agora voltando ao assunto aUHUHAuhaUHAUHAHU

    Muito bom… Super Hornet e o F-16 ainda vão ter muito o que falar! =)

    M1

    Só isso? Não dá pra encomendar mais não?

    Giordani RS

    Caraca! Tem SH para mais 40 anos!
    Eu não queria entrar(e já saturou!) no tema “efexis”, mas é inevitável…se o problema é cu$to e manutenção…ah…fui…chega…
    E a USN ainda vai receber F-35… 🙁

    PS.: Aviões não tripulados, ainda vai levar uns 50 anos, por baixo, para isso acontecer…enquanto isso, Vida Longa ao Hornet!

    ozi

    se estavam vendendo 18 sucata de f16 por 4.2 bilhoes de onde saiu esta piada de mal gostos da us nevy

    ozi

    grigo na falecilencia dando tiro pra todo lado isso so prq o lulinha vai bate o martelo os falidinho tenta agora corre atras do tempo perdido
    por sem um bado de covades na hoja da entrega de seus armamento
    18 por 4.2 e 124 por 5 bi kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    bando de gringo falido

    roberto bozzo

    124 caçass = 2 anos e um pouquinho de produção da Boeing…
    5 bilhões de dólares; quase o FX2 (sempre ele em terras brasilis), por que gastar-mos 6,2 bi por 36 aviões e a USnavy com 124????? poxa…

    Gumpy

    Em manobrabilidade pra um dogfight, os super bugs hornet são horríveis…
    Os americanos lamentam até hoje, deles terem substituídos os grandes Tomcats.
    A única vantagem do F18 é seu radar AESA, armamento e alcance.
    Pena que eles não participem desta Cruzex, seriam massacrados por Rafales e F16s…

    Leandro

    Os nossos 80 F-18SH estão nessa lista ai????

    Gabriel T.

    ” 515 Super Hornet”. Programa sério é outra coisa.

    Nick

    US$ 5 Bi por 124 caças???? Isso na conta de “padaria” da US$ 40 milhões por cada Super Hornet. Mesmo considerando que seja apenas a célula, sem opcionais e manutenção, é extremamente BARATO. Enquanto isso nós pagaremos US$ 6 bilhões ou mais por 36 Rafales……E segue o enterro….

    Caro Gumpy, você prefere o “Tijolo Voador” com AN/APG 79+AIM-120D+AIM9-X + HMD ou a “Jaca” com RBE2AESA+MICA IR+MICA RF ?

    Isso você podendo comprar mais que o dobro de caças, com o mesmo orçamento? É complicado heim….

    []’s

    Ricardo_MGA

    aff e a gente demorando 15 anos (até agora) pra comprar 36……..

    Ricardo_MGA

    e se já tivessemos fechado com o f18 estariamos fazendo as asas inclusive desses 124….

    Ricardo_MGA

    Uma duvida galera:
    O FX-2 ta correndo como licitação cou como concorrencia publica?

    latino

    515 Super Hornet e 114 Growler até o final do ano fiscal de 2013.

    Caramba isso sim é escala de produção ……enquanto isso os comedores de escargots ……….

    sds

    ZE

    Peraí, peraí, peraí. Esse tal de Super Hornet não é aquele avião que alguns chamam de velho (é mais novo do que o Rafale), tijolo, fim de carreira ?????? Ué, como é que então a maior, mais importante, bem armada, High tech, marinha do mundo está comprando mais Super Hornet/Growler ??? É avião de caça velho e defasado, mas eles terão em 2013, 653 Super Hornet/Growler voando???? Esse tal de F-414 não é o tal do motor do Super Hornet, Gripen NG, Growler, com até agora, mais de 1080 motores construídos, dando ao mesmo uma ENORME ESCALA ?????? Não é… Read more »

    ZE

    E isso tudo, porque o Super Hornet é velho, tijolo, ultrapassado, caro, inferior, norte-americano, barulhento, feio, grande, sem estilo, com linhas démodé, com nome feio…

    Imagina se não fosse !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    [ ]s

    ZE

    Em 2013, a Boeing terá vendido 653 vetores. Quantos a Dassault terá vendido ????? Esqueci, provavelmente não muitos, pois até se fala em diminuir o número total de Rafale a ser construído, o que não seria novidade alguma, pois eles já fizeram isso 2 vezes. O que era para ser 336 Rafale, virou 294 Rafale, que virou 286 Rafale ! Dizem que o número vai ficar entre 160/180 Rafale, e isso daqui a muitos e muitos anos, visto que a cadência de produção do referido vetor gaulês é ridícula. Isso é a soma de país sem dinheiro com vetor caríssimo… Read more »

    Tito

    E ele também é chato, bobo e come criancinhas. 🙂

    ZE

    Quantos Rafale existirão em 2013 mesmo ???????????

    103 Rafale !!!!!!!!

    14 anos para construírem 103 Rafale !!!!!!!

    Isso dá uma ridícula média de 7,3 Rafale por ano !

    [ ]s

    Ricardo_Recife

    O velhinho novo mostra suas garras. Mais 124 caças F-18 SH. Para um avião defasado, velho, etc… ele vai muito bem. São mais de 600 e ainda podem vir mais para o Japão e a Inglaterra. Enquanto isto em terra brasilis parece que vamos ficar no chão de Jaca.

    Rodrigo

    Não tem muito o que falar. Antes de falar que o programa é sério, o fabricante sério, etc… O que é necessário é um cliente sério e principalmente com grana para gastar. Este é o meu receio com os outros concorrentes do FX2, que aguardam os seus países de origem investirem muito mais nos aparelhos para eles e tornarem viáveis do ponto de vista exigido pela FAB. O programa do SH pra muitos aqui, devido ao FX2, deve ser o primeiro programa dos gringos( civil ou militar) que acompanham mais de perto, mas não se espantem o padrão deles é… Read more »

    Mauricio R.

    É né…
    Mais 124 SH e depois ainda virão uns tantos F-35B/C, sem se esquecer dos F-35A mas estes serão da USAF.
    E se não bastasse tdo isso, ainda haverá um “tar” de X-47.
    Enquanto isso eles ainda discutem sobre um novo bombardeiro.

    Edcreek

    Olá,

    Como o esperado o Super Hornet terá vida longa, devido aos aumentos de custos e atrazos do F-35 e mesmo com a entrada em serviço desse vetor os mesmos voaram lado a lado por muito tempo.

    Apesar de tentarem puxar o Super Hornet para o lado do NG um não tem nada haver com outro, é apenas para desinformar mesmo.

    abraços,

    SCintra

    O preço pode alcançar esse valor total, pois não tem transferência de tecnologia, não tem custos de treinamento/ aprendizagem, não tem custos de armamentos – deve ser outro request – e principalmente escala. Do jeito que está, cade o fim de carreira tanto alardeado por muitos. Do jeito que está, é capaz de vermos a seguinte nota daqui a alguns anos: França encomenda xxx SH, não precisa ser nem o F-35. A crise na Europa está braba,braba e os parceiros do F-35 estão segurando. Não há grana p/ desenvolvimento – nem russo ( recebe pelo petroléo vendido à Europa, que… Read more »

    Aldo Ghisolfi

    Se é bom para eles…

    jakson almeida

    US$ 40 milhões de “dolletas”( US$40.000.000,00 x R$1,71 = R$68.400.000,00)por um caça de verdade e operacional.Por outro lado a jaca que muitos dizem ser um caça ,mas nem designador de alvos tem, R$ 320 milhões,ambos o caça e a promessa de caça estão pelados sem armamento,manutenção,treinamento e outros .

    Vader

    Eu pessoalmente acho que, quanto à qualidade, apenas um completo teleguiado do antiamericanismo duvidaria das capacidades do Super-Hornet. Precisa ser um idiota em tempo integral para afirmar que a aeronave que equipa a maior e mais poderosa força aeronaval que jamais cruzou os mares do planeta seja um “tijolo”. A US Navy está tão “saudosa” e “arrependida” de ter aposentado o F-14, que embora o F-35C esteja na bica pra ficar pronto em 5 anos (2015), ela está adquirindo mais 124 SH/Growler pra equipar seus Porta-Aviões… Eita saudade doida… 🙂 De maneira que não vou entrar nessa discussão. Gente sonsa… Read more »

    Giordani RS

    Neste caso, tem que levar em conta que não há “transferência de tecnologia”, pacote de armas e sensores, treinamento, o escambau…é só pegar e sair usando, por isso o valor não é “exorbitante”… *** Gumpy disse: 29 de setembro de 2010 às 0:02 Em manobrabilidade pra um dogfight, os super bugs hornet são horríveis… Os americanos lamentam até hoje, deles terem substituídos os grandes Tomcats. Brother, O F-14 era uma caça inacabado. Foi posto em operação e as verbas sumiram…faltarou grana para o F-14C, a versão que sería definitiva, com melhores motores e aviônica. Foi um alívio para a marinha… Read more »

    Giordani RS

    Vader disse:
    29 de setembro de 2010 às 8:56

    Brilhante a tua explanação, mas é chover no molhado. As pessoas que estão à frente de tais decisões são “po-lí-ti-cas” e não “téc-ni-cos”…então tu já sabe o final…

    Essa é a diferença porque esses “americanus-bobus-e-chatus” são donos do trem e nós passageiros…

    🙁

    jakson almeida

    “…os super bugs hornet são horríveis…”

    E quem é que faz o “abre alas” para os bombardeiros da USAF,Os bichos são tão ineficientes que os gringos estão comprando mais 124 deles,vai ver a USnavy não entende nada de caças navais so os franceses.hahahahah!!!

    Rodrigo

    É sempre bom lembrar que o SH, foi feito para ter escalabilidade. Acho que esta é a grande sacada dos projetos americanos, sobre a concorrência. Os gringos com excessão das versões SEAD e EW utilizam os mesmos aviões.. É um tremendo multiplicador de forças e redutor de custos! Franceses, russos e ingleses precisam de versões especializadas, para as mais diversas tarefas, na grande maioria dos casos. O M2000 precisou do M2000D, se formos para os Mirage anteriores a coisa fica mais delineada ainda; O Tornado precisou do IDS e ADV; O Russos com a família Flanker tem para todos os… Read more »

    Paulo Silva

    Galera, boa dia!

    Realmente é um caca de respeito para nossa FAB. Teriamos um caca mais barato de operar e comprar. O número de 36 SH cairia como uma luva em nossa FAB, como também alguns FH18 G. Pergunta aos especialistas.:

    Os mísseis groudeados que os EUA estao autorizando a venda, sao comparáveis aos Micas e futuramente aos Meteor?

    Abracos

    Paulo

    Ricardo_Mga

    Caro Dani/RS

    Pelos calculos mostrados pelo amigo Vader, daria para comprar 36 SH sem Transferencia de tecnologia e ainda fazer um progeto de desenvovimento com a SAAB (ai sim conseguindo tecnologia) pelo mesmo valor dos 36 rafaeles.
    Ao meu ver é melhor ter uma dupla SH+NG voando no brasil do que os Rafaeles+Mirages que a DESSAUT vai tentar empurrar para o brasil, pois eles precisam se livrar de alguns mirages pra poder vender rafaeles por ai.

    GSV

    Aos saudocistas e defensores do dogfight um banho de água gelada… olha a diferença de Growler em relação SH que a USNavy optou e lendo a um post antigo aqui do PA onde mostra todo arsenal dos EUA esta teoria se comprova.
    Os Eurocanards já nasceram atrasados, onde se presava a manobrabilidade e estabilidade em baixa velocidade acho que os Russos tb já enchergaram isto (vide PAK-FA).
    Minha opnião: Furtividade e Guerra eletrônica (futuro).

    Nick

    Caro Vader,

    Belo comentário, concordo 100%.

    Mas como o Giordani disse, racionalidade passa longe do MD. Imaginem esses US$ 5 Billhões que se economizaria simplesmente trocando de Rafale por SuperHornets, e aplicando essa economia em pesquisas do DCTA, aumentando a capacidade do ITA, e financiando empresas como a Mectron, Avibrás, Aeroeletrônica, Britanite e outras.

    []’s

    marcelo l.

    A conta não bate dentre os números do F-X-2 não devemos comparar com o Rafale, mas com a proposta da boing que é de 5.9 bi na mesa por 36 caças, as off-setts para quem quer esquecer é fazer partes e peças do super hornet, a célula pelada sem nada armas etc ficaria para o brasil por 55 milhões. Não é apenas as ToTs que encarecem, mas treinamento, manutenção, armas etc, se tirar as ToTs não apostem que vai cair o valor de forma significativa até por que os americanos sabem o que interessa para o Brasil é material composto.… Read more »

    marcelo l.

    Errata: É Boeing Company e não boing

    Alex

    Vader, sou d tempo, que ia comprar Pão, Bisnaga, no armazém, e trazia o pão, enrolado num papei, e nesse papel o potugues fazia conta, de troco, e total caso fosse pão, leite, manteiga, 200 gr de mortadela.

    Bons tempos, que não tinha uma certa facilidade de calculadora, creio que precisamos de papel, e caneta na orelha para explicar o custo da JACA.

    Vader

    Pp é aquele que anunciou dez vezes que o FX2 seria anunciado na “semana que vem”?

    Ah tá… 🙂

    Edu Nicácio

    Bem, voltando às “continhas de padaria”, com esses US$ 6,2 bilhões (especulação) da proposta francesa, poderia-se adquirir: – 36 F/A-18 E/F via FMS (lembrem-se do acordo com os EUA assinado recentemente) por US$ 1,5 bilhão – 36 Gripen E/F + ToT + co-propriedade no projeto + exclusividade de vendas na AL + exclusividade de fabricação de várias partes + linha de montagem no Brasil + independência + soberania por US$ 4,5 bilhões (via projeto FX-2) E ainda sobrariam US$ 200 milhões para qualquer outra coisa que a FAB precise fazer… Esses 36 “vespões” poderiam chegar entre 2012 e 2014, estando… Read more »

    Ricardo_Mga

    Perfeito Edu

    Wilhelm

    “manobrabilidade pra um dogfight” era fundamental até 50 anos atrás.

    Humberto

    Senhores, Se o Brasil decidisse comprar o F-18, JAMAIS pagariamos este preço que a US Navy está pagando, o preço seria BEM mais alto, pois existe toda a linha de suprimentos, documentação, bancada, sobressalentes, treinamento (tanto do pessoal da graxa como dos pilotos) etc etc etc.. Se isto é verdade para o F-18 o é para o Rafale tb, agora, não estou falando que o custo inicial da aquisição dos mesmos são iguais, creio que mesmo neste caso, o F-18 seja BEM mais em conta ainda. A partir de uma hipotetico segundo ou terceiro lote, o preço vai caindo, pois… Read more »

    ZE

    Outra coisa importante:

    Tanto a Boeing, quanto a SAAB, já disseram que podem MELHORAR a oferta ao Brasil (TRADUÇÃO: BAIXAR OS PREÇOS).

    Elas não fizeram uma melhor oferta, porque o Governo Federal NÃO DEIXOU !!!!

    Esses 2 fabricantes, tiveram um BAFO a menos do que a Dassault teve !

    Enfim, vamos comprar um caça defasado e caríssimo, porque o Governo Federal tem as suas fobias idiotas e injustificáveis.

    É uma pena não termos o Super Hornet ou o Gripen NG aqui.

    Mas como eu disse: quem não tem Super Hornet…vai de Rafale !!!!

    [ ]s

    luiz otavio

    para quem critica os yankees em parcerias, lembremo-nos da disponibilidade dos nossos F5 comparados com os F2000, pelo que leio, o americano tá melhor e é mais antigo.

    ZE

    Dogfight ?????

    O que é isso ???

    Deve ser algo que eles faziam na idade média !

    [ ]s

    Ditmar

    Eu acho interressante que todos sabem exatamente o valor da proposta do Rafale para o Brasil.
    Quanto ao SH não se sabe o que foi apresentado com certeza………..como pode-se afirmar os preços de um ou outro se a proposta é fechada e não aberta ao publico????
    Independente de quem ganhe acho que se perde muito com essa demora e discusões que não terminam nunca.
    Certo mesmo é a marinha que faz, compra o que precisa dentro de um planejamento que tem para o futuro sem fazer todo esse alarde.

    Paulo

    Pecisamos analisar o FX2 pelo ponto de vista do comprador. O que é melhor? 10% sobre 1,5 bi ou sobre 6 bi?

    Edu Nicácio

    “Se o Brasil decidisse comprar o F-18, JAMAIS pagariamos este preço que a US Navy está pagando” Humberto, concordo! Mas, se os EUA “dão” bilhões em armas todos os anos a Israel, poderia muito bem, como forma de aproximação e melhoria de imagem junto ao Brasil (querendo ou não, somos a 2ª maior economia das Américas), nos vender armamentos a preços mais palatáveis. Mas parece que a Onda Vermelha que varre Brasília os impede de enxergar que uma parceria REAL com os EUA é muito mais vantajosa do que com a China, por exemplo. O próprio Jobim já apontou o… Read more »

    Últimas Notícias

    FAB intercepta aeronave carregada com 500 kg de drogas

    Atuação da Força Aérea tem como objetivo defender o espaço aéreo e proteger as fronteiras do país A Força Aérea...
    - Advertisement -
    - Advertisement -