Home Sistemas de Armas Suécia encomenda mísseis Meteor de produção

Suécia encomenda mísseis Meteor de produção

222
39

Nesta segunda-feira, 20 de setembro, a FMV (a organização que administra os materiais de defesa suecos) informou sobre a assinatura de um contrato de encomenda de produção com o Ministério da Defesa do Reino Unido, referente ao míssil Meteor. O contrato, segundo a FMV, foi assinado em 17 de setembro.

Com o míssil Meteor o sistema JAS39 Gripen aumenta significativamente sua capacidade de operar contra alvos aéreos a longas distâncias e com altíssima performance.

O Meteor é um míssil ar-ar BVR (Beyond Visual Range – além do alcance visual)

A cooperação européia para o sistema de míssil Meteor foi iniciada em 2002, com o Reino Unido como nação líder e Alemanha, França, Itália, Espanha e Suécia como participantes. A Suécia tem sido um participante bastante ativo desde o início, e a maior parte dos testes de disparo, durante o desenvolvimento, foram realizados utilizando o JAS 39 Gripen como plataforma principal de desenvolvimento.

Segundo o Diretor do Projeto na FMV, Michael Ostergren, “o desenvolvimento atingiu agora o ponto em que a Suécia pode assinar um pedido de produção para mísseis operacionais. A Suécia é a terceira (nação) a assinar contratos de produção, após o Reino Unido e a Espanha.”

O acordo foi assinado, por parte da Suécia, pelo Diretor Geral da FMV, o General Gunnar Holmgren. Por parte do Reino Unido, assinou o General General Sir Kevin O’Donoghue, chefe de Materiais de Defesa do Ministério da Defesa do país.

A FMV já havia assinado com a Saab Aerosystems um contrato para integração do míssil Meteor no JAS39 Gripen C/D, versão 20. Espera-se que o sistema de míssil Meteor esteja operacional na Força Aérea Sueca em 2015.

FONTE / FOTOS MENORES: FMV

FOTO DO ALTO: SAAB

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
39 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader
9 anos atrás

Nunão, vc foi mais rápido que eu na tradução, rsrs, mas dá uma olhadinha na edição, porque acho que o ideal seria colocar no título a assinatura do contrato. Senão vai ter sempre aqueles que lerão apenas o título e dirão que o contrato não foi assinado, etc.

Abs.

Vader
9 anos atrás

Beleza Nunão, agora que vi seu comentário lá no post do Gripen.

Abs.

Colt
9 anos atrás

A noticia é interessante.
O vídeo abaixo é melhor ainda!
Um clip do EDA com sanfona! rs
http://www.liveleak.com/view?i=f8f_1244615092&p=1

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

SE fossemos de Gripen, bem que o Meteor poderia vir junto …..

Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

Gripen menino…judiando de le jaca, de novo???
Não faça isso, menino…

rodrigo ds
rodrigo ds
9 anos atrás

Mais uma boa notícia para o currículo da Saab!!

Nick
Nick
9 anos atrás

Enquanto isso na França..só em 2018…. Ou antes se algum país comprar os Micas estocados na AdlA.

[]’s

Vader
9 anos atrás

Ronaldo disse:
22 de setembro de 2010 às 12:30

“So o Gripen vai integrar o Meteor”

Não. Mas certamente será o primeiro.

E muito provavelmente “le jaque” será o último, depois até mesmo do F-35… 🙂

Vader
9 anos atrás

Ah sim, só pra constar, segundo o Editor-Chefe do Defesanet o Gripen, como o Super-Hornet, também está sendo testado com uso de etanol:

“Atualmente estão em testes caça Gripen com etanol produzido a partir de resíduos de florestas.”

http://www.defesanet.com.br/01_lz/fx2/01_sb_poll.htm

Sds.

Edcreek
Edcreek
9 anos atrás

Olá,

Muito bom para a Suecia.

Como o Gripen é carta fora do baralho politico, que são os mesmos pagam as contas….

abraços,

CAL
CAL
9 anos atrás

Se quisermos utilizar esses mísseis, vamos ter que integrar nos F-5 e AMX porque se depender do FX-2 …

Galileu
Galileu
9 anos atrás

Resta saber se caso venha a ser o gripen o escolhido, se o meteor viria no pacote…………se eles venderiam e se a FAB se interessa por ele.

Edu Nicácio
9 anos atrás

Puts… quanta coisa estaremos perdendo se não escolhermos esse caça…

Gripen: mais tecnologia (e soberania) por menos dinheiro…

Dorfus
Dorfus
9 anos atrás

Só boa notícia referente ao Gripen ultimamente. Já sobre um certo concorrente, o destaque é teste de hangar…

CAL
CAL
9 anos atrás

Pois é, os franceses devem estar contando com a venda do rafale para o Brasil, para poderem se livrar dos estoques do mica, assim eles tambem poderão encomendar seus meteor!

Edcreek
Edcreek
9 anos atrás

Olá, Galileu

O pacote Sueco não contempla nenhum armamento, fica ai uma das diferenças na questão de preço.

Tanto EUA como França tem armamentos inclusos no pacote.

Abraços,

Vader
9 anos atrás

Edcreek disse:
22 de setembro de 2010 às 16:01

Caro Ed, gostaria que o amigo nos mostrasse aqui qual é o armamento contido na proposta francesa (a americana eu conheço e é muito boa apesar da quantidade pequena).

Espero que não se trate do “poderoso” (!) Mica, aquele que a MBDA já afirmou que não transfere tecnologia…

Sds.

Edcreek
Edcreek
9 anos atrás

Olá, Vader O pacote oferecido pela França não foi divulgado oficialmente, mas extra-oficialmente quem teve acesso as informações o pacote seria: 1. Missil AR-AR MICA EM-IR 2. Apache missil anti-pista/instalações de longo alcance 3. AASM Arma modular(uma bomba inteligente a grosso modo) multifuncional de guiagem IR ou GPS/INS 4. Exocet MM.39 Missil Anti-navio 5. Pods Damocles Designador de alvos Mas é como eu disse a França não anunciou oficialmente o pacote de armas, o Rodrigo tem umas informações diferentes. Se for isso mesmo o pacote Frances é tão abrangente quanto o Americano porém não se fala em quantidades. Abraços,

Vader
9 anos atrás

Edcreek disse:
22 de setembro de 2010 às 16:33

“Mas é como eu disse a França não anunciou oficialmente o pacote de armas”

Ah tá, então você está ESPECULANDO que a “França tem armamentos inclusos no pacote”, correto?

Sds.

PS: desse glorioso pacote a única coisa que talvez tivesse serventia seria o Exocet. E ainda assim, não para a FAB (talvez para a MB).

Vader
9 anos atrás

Ah sim, a propósito, lembrando a proposta da Boeing para o FX2: •Fornecimento de 28 F/A-18E Super Hornet e 8 F/A-18F Super Hornet, 72 F414-GE-400 motores instalados, peças de reposição e armas por US$ 7 bilhões. •4 motores F414-GE-400 para reposição •36 radares AN/APG-79 •36 canhões M61A2 20mm •36 RWR AN/ALR-67(V) •144 lançadores LAU-127 •44 Joint Helmet Mounted Cueing Systems (JHMCS) •28 mísseis AIM-120C-7 AMRAAM •28 AIM-9M SIDEWINDER •60 GBU-31/32 Joint Direct Attack Munitions (JDAM) •36 AGM-154 Joint Standoff Weapons (JSOW) •10 AGM-88B HARM Missiles •36 Pods AN/ASQ-228 (V2) Advanced Targeting Forward-Looking Infrared (ATFLIR) •36 AN/ALQ-214 Radio Frequency Countermeasures. •40… Read more »

Edcreek
Edcreek
9 anos atrás

Olá, Vader

Não estou especulando, o pacote existe só não esta claro o que está incluso no pacote que é declarado sigiloso. Releeia o post.

É uma Afirmação, a proposta Francesa tem pacote de Armas.

Sobre o suposto pacote:

AASM->O Brasil não tem bomba inteligente totalmente operacional;
Apache->O Brasil não tem um missil de alcançe tão grande para alvos em terra;
Mica-> O missil mica é superior ao Derby;

Bom essas são minhas considerações,

Abraços,

caipira
caipira
9 anos atrás

Até suspirei relendo a proposta da Boeing, rsrsrs.

Edcreek
Edcreek
9 anos atrás

Olá,

Como eu disse a proposta Americana é muito abragente, mas peca principalmente nas quantidades, especialmente nos:

28 mísseis AIM-120C-7 AMRAAM

Vamos ter que dividir cada missil por dois.

Pelo menos tem arma inclusa a contrario da proposta do projeto Sueco.

Abraços,

Gabriel T.
Gabriel T.
9 anos atrás

Edcreek, essa lista de armas que você colocou da dassault é apenas uma opinião emitida por você. Já se sabe que a proposta do RAFALE contempla a compra de armas em um pacote feito por fora, até agora temos como contrato o avião e o valor a ser pago sem nenhuma arma. Aí vai caber a FAB decidir o que comprar. Tenho que lembrar que temos como exigência a integração de armas nacionais. Nesse requisito saan, Dassault e Boeing garanteM sem nenhum celeuma. Em todos os casos o custo de integração dessas armas será por nossa conta, aliás nada mais… Read more »

Vader
9 anos atrás

Edcreek disse: 22 de setembro de 2010 às 16:57 “Não estou especulando, o pacote existe só não esta claro o que está incluso no pacote que é declarado sigiloso” Ora, ora, ora, se é sigiloso como é que você sabe o que contém? Estaria você ESPECULANDO, ou é informação de “insider”? Talvez de um famoso “insider” cujo nome começa com P? Ou de algum de sua “rafanática” legião de seguidores? Digo isso porque não quero crer que o amigo seja um “insider”… “AASM->O Brasil não tem bomba inteligente totalmente operacional” Mas terá em breve. Bomba guiada é relativamente fácil de… Read more »

Vader
9 anos atrás

Edcreek disse: 22 de setembro de 2010 às 17:02 Prezado Ed, a ÚNICA proposta que contempla algum armamento é a americana. Porque? Porque o FX2 é uma compra de VETOR, não de vetorado. Por outro lado, a proposta da Boeing só contempla algum armamento para mostrar aos bolivariano-internacionalistas que governam Pindorama que o Congresso Americano JÁ AUTORIZOU a venda de armamentos ao Brasil, eliminando assim o eterno argumento antiamericano de “elis num nus vendi as arma du bichu”. A porteira está aberta: basta ao Brasil querer adquirir mais armas. Quanto à quantidade, já lhe disse que míssil, como qualquer munição,… Read more »

Dalton
Dalton
9 anos atrás

Só lembrando que nem os EUA tem armamento para todas as suas aeronaves/navios. Toda vez que um porta-avioes vai para manutenção, por exemplo, toda a munição é descarregada e passada para outro porta-avioes…em fase de preparação para missão. O USS Dwight Eisenhower recentemente passou a sua para o USS George H Bush que deverá, finalmente, estrear ano que vem.

Justin Case
Justin Case
9 anos atrás

Amigos,

A única proposta de armamento que foi apresentada publicamente (por exigência processual americana) foi a da Boeing.

Isso não quer dizer que Gripen e Rafale não as têm inclusas na oferta.

Aliás, DEVEM TER, pois a lógica indica que os americanos somente teriam apresentado e tornado pública se fosse um requisito do pedido de oferta do F-X2.

Abraços,

Justin

“Justin Case supports Rafale”

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

Edcreek disse: 22 de setembro de 2010 às 16:33 Eita Ed… Me explica uma coisa. Como você afirma uma coisa que você não sabe ? SCALP amigo, só com autorização dos outros parceiros E ELA NÃO EXISTE, portanto não podem oferecer. Exocet eles não permitiram para o EC725. Por que vão para o Rafale ? Né ? 😉 É só o Mico e o AASM. De boa véio… Se liga, deixa de picaretagem é feio… ——————————- Justin Case disse: 22 de setembro de 2010 às 17:38 Tem tanta coisa que não é pública no FX2 e vocês cansam de afirmar…… Read more »

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

De qualquer maneira…

Parabéns a Suécia por adquirir um míssil de verdade para o seu avião.

Enquanto isto os perfeitos franceses seguem se enrolando para integrar o Damocles.

Gabriel T.
Gabriel T.
9 anos atrás

Oi Rodrigo, vc esqueceu dos porcos capitalistas. lol Infelizmente as pessoas ainda julgam as coisas com o preconceito. De tanto os professores falarem, as pessoas ainda pensam que os EUA são o grande satã como dizia o Komeini. O problema aconteceu quando os EUA fizeram o seguinte no fx: – Ofereceram as últimas versões de seus caças F-16 e F-18. – Ofereceram a entrada do Brasil no F-35. – Ofereceram um pacote de armas já autorizado pelo DoD. Isso tudo vai contra o que essas pessoas afirmam e aí elas não aguentam. É por isso que lemos infelizmente coisas como… Read more »

Sagran Carvalho
Sagran Carvalho
9 anos atrás

Pessoal,
Estou cansado desta novela….toda noticia de um ou outro concorrente vira uma batalha épica….e o pior…nada se define!!!!
Quero um caça decente na FAB e não aguento mais esta novela FX e principalmente as torcidas de arquibancada….pô…parece Minerão em dia de Atletico x Cruzeiro.
Que essa eleição passe logo, e que se defina o que é melhor para a FAB e para o Brasil.
Brasil Sempre!!!!!

Giordani RS
Giordani RS
9 anos atrás

Pergunta: É possível adicionar o Meteor aos atuais e futuros F-5MR(Modernizado e Remodernizado)?

Vader
9 anos atrás

Gabriel T. disse:
22 de setembro de 2010 às 20:33

Excelente comentário. Parabéns.

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

Mais uma pedrada oficial no Rafale e vinda dos franceses..

Agora até eles reconhecem que o motor é um lixo.

Commission de la défense nationale et des forces armées
Mardi 6 octobre 2009
http://www.assemblee-nationale.fr/13/cr … 910001.asp

Créditos ao colega Jacques Santiago.

Nick
Nick
9 anos atrás

Realmente o pacote de armas/sistemas oferecidos junto com o F-18 E SH é impressionante. JDAM+JSOW = Real poder de destruição.

Dos franceses, seria interessante, o SCALP/StormShadow e o ASMP. Infelizmente nenhum dos dois foi incluido na oferta.

No caso dos Suecos eles tem praticamente tudo integrado, de armas Americanas à Israelenses.

Mas o foco da FAB é ter autonomia/liberdade de integrar o que ela quiser, especialmente sistemas nacionais. Em um primeiro momento o Gripen NG é o que me parece mais adequado à isso.

[]’s