terça-feira, abril 20, 2021

Gripen para o Brasil

No clima dos 70 anos da Batalha da Inglaterra: Churchill War Rooms

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Aproveitando o aniversário de 70 anos da Batalha da Inglaterra, vamos mostrar as fotos que o leitor “Hkozamek”  nos enviou fotos da visita que fez no mês passado ao museu Churchill War Rooms, em Londres. O texto abaixo, com traduções de textos do site do museu, também foi enviado pelo leitor.

História

O Churchill War Rooms é um dos 5 museus em Londres do Imperial War Museum. O museu compreende a Cabinet War Rooms, um complexo histórico subterrâneo que abrigava o centro de comando do governo britânico durante a Segunda Guerra Mundial, e o Museu de Churchill, um museu biográfico que explora a vida do estadista britânico Winston Churchill.

O Cabinete de Guerra tornou-se operacional em 1939 e foi muito utilizado por Winston Churchill durante a Segunda Guerra Mundial. Projetado como um bunker, a instalação foi reforçada com uma camada de concreto de 3 metros de espessura, denominada The Slab ou “a laje”. Mais de 100 reuniões foram realizadas no Gabinete de Guerra entre 1939 e 1945.

Construção

No ano de 1936, o Ministério da Aeronáutica acreditava que, em caso de guerr,a o bombardeio aéreo poderia causar até 200 mil mortes por semana em Londres. Comissões do governo britânico em 1937 e 1938, sob Warren Fisher e Sir James Rae, consideraram que escritórios-chave do governo deveriam ser afastados do centro de Londres para os subúrbios, e escritórios não-essenciais para as zonas Norte ou Oeste.

Em maio de 1938, Sir Hastings Ismay, então Secretário Adjunto da Comissão de Defesa Imperial, mandou o Gabinete de Obras fazer um levantamento da área de Whitehall, para identificar um local adequado para um centro temporário de emergência do governo. O Instituto concluiu que o local mais adequado era o porão dos novos escritórios públicos, um prédio do governo localizado na esquina da Horse Guards Road e Great George Street, perto de Parliament Square. Trata-se do edifício que agora acomoda o Departamento Real do Tesouro.

Período da Guerra

A seção de salas abertas ao público é apenas uma parte de um complexo muito maior. Inicialmente, abrangia 12.000 m² e abrigava uma equipe de até 528 pessoas. Suas instalações incluíam uma cantina, hospital, campo de tiro e dormitórios. A peça central do museu é a Sala do Gabinete em si, onde a guerra era acompanha de perto por Churchill.

A Sala Mapa está localizada nas proximidades, de onde o curso da guerra foi dirigido. Ela ainda está, em grande parte, na mesma condição de quando foi abandonada em 1945, com os mapas originais ainda nas paredes e no forro, além dos telefones das mesas.

Churchill dormia num pequeno quarto próximo, embora, de acordo com registros do museu, ele só dormiu nas salas de guerra por três noites ao longo do conflito. Uma característica do bunker era um sistema misturador de telefone, que permitiu Churchill para falar de forma segura com o presidente dos EUA  Franklin D. Roosevelt, na Casa Branca.

Churchill War Rooms – http://cwr.iwm.org.uk/

Endereço: Clive Steps – King Charles Street – London SW1A 2AQ

Horário de Funcionamento: 9h30 -18h (última entrada às 17h)

Ingresso: £14.95

TEXTO E FOTOS: Hkozamek

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

1 Comment

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
defourt

Bela matéria!
Curti cada milímetro.
Parabéns aos envolvidos e ao privilegiado que o visitou.

Reportagens especiais

Cavanaugh Flight Museum – parte 3

O CFM mantém vários “warbirds” em condições de voo que fazem apresentações em ocasiões especiais e eventos comemorativos. Nesta terceira parte de nossa visita...
- Advertisement -
- Advertisement -