Home Noticiário Internacional Governo de Israel aprova oficialmente a compra dos F-35

Governo de Israel aprova oficialmente a compra dos F-35

160
53

O governo de Israel aprovou oficialmente os planos para comprar os caças Stealth F-35 dos Estados Unidos. O escritório do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu informou na quinta-feira, 16 de setembro, que a compra fortalecerá significativamente os militares israelenses, mas não deu mais detalhes.

Israel planeja comprar 20 caças F-35 por cerca de US$ 3 bilhões, e o governo israelense começará a receber os aviões de combate em 2015. Os aviões seriam capazes de atingir o Irã sem serem detectados pelos radares. Israel considera o Irã uma ameaça estratégica, citando o pedido de autoridades iranianas pela destruição do Estado judeu, o suspeito programa nucelar de Teerã e sua tecnologia de mísseis.

FONTE: Estadão   FOTO: USAF

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
53 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ricardo_Recife
Ricardo_Recife
9 anos atrás

“comprar 20 caças F-35 por cerca de US$ 3 bilhões, e o governo israelense começará a receber os aviões de combate em 2015”.

E nós de vai de JACA. 36 por 10 bi.

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

Os israelenses não iam comprar o PAKFA ?

Vader
9 anos atrás

Bem, aí está, Israel é oficialmente o primeiro comprador do F-35 (possivelmente a versão A) fora do Consórcio JSF. A reportagem não fala, mas a aquisição será via FMS, ou seja: na prática o governo americano estará apoiando Israel mais uma vez. Como é ruim ser amigo do Tio Sam né? 🙂 Uma senhora resposta aos críticos de tal aeronave, dado que Israel quase não entende nada de guerra ou de aviação de combate… e quase não é ameaçado… Cabe pontuar também que o F-35 já tem mais vendas externas que o Dassault Rafale, preferido de nossos bolivarianos do gf…… Read more »

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

Vader…

Coloquei uns links lá no seu blog agora, para matar as Rafaletes.

Alex
Alex
9 anos atrás

Vader, só para constar, Israel e os Arabes, são irmãos de sangue.

Alex
Alex
9 anos atrás

eu não compraria o F 35, por ser ele o mais moderno, entrando em operação vai o que tio san, desliga ele, e acabe com minha brincadeira.

Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

Geralmente material de defesa americano, novo ou usado, vem acompanhado de uns troços que os demais países não entendem.
As tais das salvaguardas.
No caso israelense é o contrário, é quase uma licença p/ matar, tipo daquela do 007 do cinema.
É entregar o equipamento na mão deles, e começar a contar qnto tempo vão levar p/ aprontarem algo espetacular.

Leo
Leo
9 anos atrás

Compra de prateleira por míseros 260 milhões de reais por aeronave. Baratinho, baratinho…

ZE
ZE
9 anos atrás

Querem apostar que daqui a pouco o Irã vai lançar o seu “caça ultra-super-hiper-mega Stealth” ?

Depois de mais de mil anos de pesquisa, os persas já lançaram a V-2 e o F-5 com nomes modificados. Isso é que é tecnologia iraniana de ponta !!!!!!!!!

[ ]s

Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

OFF TOPIC…

…mas nem tanto!!!

O míssil Meteor que nem em serviço se encontra ainda, já tem assim por dizer uma versão p/ F-35, segue link:

(http://www.flightglobal.com/articles/2010/09/17/347416/picture-mbda-reveals-clipped-fin-meteor-for-f-35.html)

Chora e esperneia, Rafale!!!

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

Vader disse: 19 de setembro de 2010 às 11:02 “””Como é ruim ser amigo do Tio Sam né? “”” Meu amigo Felipe, a questão central não é ser amigo e sim toda uma geopolítica. Se Israel não estivesse naquela área e que grande parte do capital financeiro americano não fosse Judeu, a situação não seria esta. Israel é um ponto de equilíbrio militar amaricano em uma região rica de um produto que abastece o mundo, mas que israel não foi abençoada com nada. Na realidade é um caldeirão explosivo. Quanto aquela história do Jobim com o Sato no epsódio do… Read more »

pp_muscimol
pp_muscimol
9 anos atrás

Arabia saudita de F15 e Israel de F35….. eles sabem negociar!!

Se os F35 invadirem o espaço aereo da Arabia do Sul conseguem os novos F-15 derrubar os F35?

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

Leo disse:
19 de setembro de 2010 às 11:59

O Rafale custa exatos 142,3 milhões de euros, este valor é mais que o dobro que o veiculado pelos insiders do FX2.

E mais caro que o F35.

——————————————-

Robson Br disse:
19 de setembro de 2010 às 13:21

A proposta da Lockheed oficialmente era a dupla F16 e F35.

Joao Carlos
Joao Carlos
9 anos atrás

Uma pena o que aconteceu com a Persia, foi um imperio conhecido por sua tolerencia com os povos vencidos, hoje esta nas maos de um bando de malucos, Cambises deve se revirar no tumulo

Wilson Figueiredo
Wilson Figueiredo
9 anos atrás

A coisa é muito simples…negócios são negócios! Os EUA, como falou Robson Br, tem seus interesses e Israel vive uma perfeita simbiose com o Tio Sam. Nem vamos entrar em detalhes de que o Congresso Americano está cheio de “judeus”, muitos financistas e grandes indústrias (sem contar as de armas). É uma democracia e, no caso dos políticos, foram eleitos democraticamente. Em Israel também é assim. Nas relações entre nações não existem “bobinhos”, são interesses e o Brasil deveria ficar mais atento nas relações que realmente possa nos trazer benefícios. Talvez, toda essa embromação do “FX 2, 3, 4, ….… Read more »

Leo
Leo
9 anos atrás

Rodrigo, O valor estipulado para a aquisição de 120 Rafales girará em torno de 20 bilhões de reais segundo fontes do MD. Se você fizer a divisão verá que cada aeronave custaria então algo entre 160 e 170 milhões de reais, valor esse no mesmo patamar que os adquiridos pela AdA. Lembre que esses preços são para aeronaves + técnologia. Não podemos analizar esse negócio de forma parcial (36 vetores) e sim globalmente (120 vetores), pois dessa forma o valor da ToT se dissipará entre os 120 caças. Isso evidentemente vale para os três concorrentes. Abraço

Gabriel T.
Gabriel T.
9 anos atrás

Criticaram tanto o F-35, que não valia mais hoje, que a sua tecnologia era cara, que blá blá blá e Israel já o comprou.
Leo, 120 RAFALES por 20 bilhões nem na China. Essa sua fonte do MD está de gozação.

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

Leo disse:
19 de setembro de 2010 às 16:47

Vocês se contradizem diariamente…

O preço atual para Adla é de 143 milhões de euros…

Mais caro que o F35.

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

Gabriel T. disse:
19 de setembro de 2010 às 17:03

É o papo do Pepê e outros emissários do GF, que dão o preço do Rafale, como 60-65 milhões de euros…

Diziam que é o preço da Adla, que agora foi desmascarado pela própria midia francesa e passaou apra 142,3 milhões de euros.

Max
Max
9 anos atrás

pp_muscimol,
No caso de um ataque Israelense ao Iran, os F-15 árabes vão fazer “escolta” e abrir passagem para os F-35.
Exagerei um pouco mas o fato e que não é por medo de Israel que os países árabes estão gastando como nunca em armamento.
Em tempo, Iranianos não são árabes, são persas e Xiitas que tem pendengas mortais com os povos arabes de maioria Sunita.

Baschera
Baschera
9 anos atrás

Rodrigo disse: 19 de setembro de 2010 às 17:26 Rodrigo, segundo nosso amigo Penguin….. bem vou colocar aqui a resposta dele, abaixo. Entre o PP e o nosso amigo, fico com o nosso amigo…. mata a cobra e mostra o páu !! Publié le 09/02/2010 lepoint.fr RAPPORT 2010 COUR DES COMPTES – Le prix du Rafale dévoilé TRIBUNAL DE CONTAS – O preço do Rafale revelado http://www.lepoint.fr/actualites-monde/ … 8/0/422158 ——————————— Relatório do COUR DES COMPTES (TRIBUNAL DE CONTAS): http://www.ccomptes.fr/fr/CC/documents/ … mement.pdf Preço unitário atual (no âmbito do programa): 142,3 milhões de euros (286 unidades a um custo total de 40,7… Read more »

Baschera
Baschera
9 anos atrás

Não importa o valor correto do Rafale…. qualquer jeito é um escárnio !!

PS: Vem aí…… , possivelmente, um novo lote de helis MI-35M2….

Sds.

juggerbr
juggerbr
9 anos atrás

O que leva os persas a acharem que dão conta de Israel?
Que conseguirão destruir antes de ser destruídos pelo império americano?
Que terão sucesso onde o irmão (viviam brigando, mas o sangue é o mesmo…) Iraque falhou?
Claro que essa é a opinião de um brasileiro, sem nenhum sangue arábe, persa ou judeu, mas que me parece insanidade, parece…

Religião é um negócio muito, muito esquisito…

Leo
Leo
9 anos atrás

Rodrigo,

“Rafale: falta de contrato internacional custará 800 milhões de euros à França.”

Matéria recente aqui do blog, dizendo que 11 Rafales custarão 800 milhões de euros a França. Faça a divisão Rodrigo e verá que os valores são muito diferentes dos que você cita.

sds.

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

BOM…o assunto não é FX-2, mas…..no fundo até gosto..tem mais graça..rrsrsrsrsr

Tem gente aqui que em qualquer assunto volta ao Rafale.
Até parece parece torcida do Flamengo…Metade torce à favor e a outra contra. Parece que so tem ele no rio…..rsrsrsrsrsr

Como o outro não existe…..o geito para mutios é pegar a calculadora e tsctsc… e chegar a cada resultado…..rsrsrsr

Bom…..é melhor voltar ao assunto….que o F-35….rsrsrsrsr

Gabriel T.
Gabriel T.
9 anos atrás

Infelizmente alguém vai achar que o preço do F-35 é alto demais quando caças de 4 geração custam muito mais do que ele. Infelizmente as desculpas serão as que já conhecemos, como a parceria estratégica e a end. Infelizmente o Brasil vai pelo sentido contrário. Mas felizmente não dá tempo para nada e quem sabe no futuro o Brasil possa entrar no F-35. A oferta já foi feita para nós mas o Jobim achou melhor não. O F-35 tem tudo para ser o mesmo sucesso que foi o F-16. Bastam ver que até agora temos 11 países que estão no… Read more »

Mario Blaya
Mario Blaya
9 anos atrás

israel e cliente cativo dos eua, porque atua como a cão de guarda no oriente medio, então era mais que obvio que iriam comprar o f-35 em condições modicas.
o que não se informou e qual é o contrato completo, avionics e armas além do suporte pos-entrega.

Gabriel T.
Gabriel T.
9 anos atrás

O que chama a atenção é a data de entrega, em 2015.

pp_muscimol
pp_muscimol
9 anos atrás

…”No caso de um ataque Israelense ao Iran, os F-15 árabes vão fazer “escolta” e abrir passagem para os F-35…..”

Nao sei nao….a Arabia Saudita ja disse que existem dois paises que nao merecem existir …. acho que nao se iam aliar com Israel com medo duma revolta interna….
so gostava de saber se a Arabia com os F15 tem capacidade de interceptar e bloquer tal accao de Israel ou vao ser obrigados a dizer ..”ok passem”…mas apenas por incapacidade de combater od F35 com os F15!!

sds

Drcockroach
Drcockroach
9 anos atrás

Arabia Saudita, EAU, etc irao protestar qualquer ataque de Israel no Iran, dirao que a diplomacia eh o correto, haverah muita elevacao de tom e manchetes nos jornais locais, mas serah tudo de fachada. De verdade mesmo, eh que eles nao querem, em hipotese alguma, um Ira com capacidade nuclear. Apenas p/ lembrar tres fatos: – A rebeliao recentemente ocorrida na Arabia Saudita, inclusive com mortes de soldados, teve apoio do Iran; – O EAU tiveram 3 ilhas estrategicas tomadas pelo Iran (faz tempo eh verdade), e o governo atual instalou base militares lah e nao quer saber de conversa;… Read more »

pp_muscimol
pp_muscimol
9 anos atrás

MAX e Drcockroach,…

mas uma coisa é querer e outra é poder…a minha pergunta é simples….se a Arabia Saudita quiser tem ou nao capacidade aerea de impedir Israel de atravessar o seu espaço aereo?!

Vader
9 anos atrás

Leo disse: 19 de setembro de 2010 às 21:42 “Matéria recente aqui do blog, dizendo que 11 Rafales custarão 800 milhões de euros a França.” Caro Leo, esse são custos de PRODUÇÃO da aeronave, que serão suportados pelo contribuinte francês devido à falta de exportação do Rafale. Uma coisa é o custo de produção. Outra o custo do AdlA. E outro o do comprador externo. A Dassault não estará tirando lucro algum com esses valores, e nem sequer minimizando prejuízos (já realizados). Tais valores, inicialmente não previstos no orçamento francês, são apenas para evitar que a linha de montagem do… Read more »

Vader
9 anos atrás

pp_muscimol disse: 20 de setembro de 2010 às 8:17 “mas uma coisa é querer e outra é poder…a minha pergunta é simples….se a Arabia Saudita quiser tem ou nao capacidade aerea de impedir Israel de atravessar o seu espaço aereo?!” Digamos que seria trabalhoso pra Israel atravessar pela AS com Typhoons e F-15. Valeria mais a pena ir pela Jordânia e Iraque. Mas sim, caso fosse uma necessidade incontornável Israel teria sim como atravessar o espaço aéreo saudita, não sem perdas e sem uma guerra generalizada na região (pois a AS além de tudo é território sagrado para os muiçulmanos).… Read more »

pp_muscimol
pp_muscimol
9 anos atrás

…”Perceba que o “invendável” é tão encalhado que o contribuinte tem de subsidiar sua produção antecipadamente, sob pena de a Dassault quebrar. Que beleza esse avião hein?” ….os Franceses estao dispostos a pagar esse preço….aliais tem orgulho em pagar esse preço….é o preço a pagar para ter algum orgulho nas forças armadas que nao gozam de muita fama no que toca a guerras de “verdade”. Os meus colegas de esquerda claro que acham que esse dinheiro deveria ser gasto em ajudas sociais….etc ..mas esses normalmente so conhecem os problemas a muito curto espaço de tempo. Enfim!! …..

Vader
9 anos atrás

pp_muscimol disse:
20 de setembro de 2010 às 8:57

“os Franceses estao dispostos a pagar esse preço….aliais tem orgulho em pagar esse preço…”

Talvez. Que eles continuem com seu orgulho, pagando o prejuízo, e não tentem dividí-lo conosco…

Sds.

Marcelo
Marcelo
9 anos atrás

acho muito engraçada essa discussão, por alguns acharem que o F-35 é fantástico porque Israel o comprou. Era evidente e questão de tempo Israel comprar essa aeronave, o que ninguém fala aqui é que eles queriam 100 unidades e tiveram que comprar 20 devido ao alto preço. Também ninguém comenta que eles queriam colocar a eletrônica deles e os EUA vetaram (assim como vetaram radar AESA no F50 coreano), o máximo que foi permitido no F-35I é integração de alguns armamentos israelenses e nem se sabe se serão os israelenses é que irão fazer a integração. Também é bom lembrar… Read more »

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

Leo disse:
19 de setembro de 2010 às 21:42

Quem deu este valor foi o Governo francês não eu.

101 milhões de Euros de custo de produção
143 milhões de Euros para venda…

Infelizmente a matemática é sempre contrária aos cegos apoiadores do GF.

Vader
9 anos atrás

Marcelo disse: 20 de setembro de 2010 às 10:22 “acho muito engraçada essa discussão, por alguns acharem que o F-35 é fantástico porque Israel o comprou.” Não, não é fantástico porque Israel comprou. É fantástico porque desde o projeto demonstra que o vetor terá enorme ESCALA, coisa que o “invendável” não tem ou terá. “Era evidente e questão de tempo Israel comprar essa aeronave” Ora, ora, então agora é “evidente”? E quando falavam que Israel iria comprar PAK-FA? Ali não era tão “evidente”? 🙂 “o que ninguém fala aqui é que eles queriam 100 unidades e tiveram que comprar 20… Read more »

Edu Nicácio
9 anos atrás

Pois é… US$ 3 bilhões por 20 aeronaves = US$ 150 milhões por aeronave. Se ‘tivéssemos’ US$ 9 bilhões para investir em caças de 5ª geração (e temos essa grana), poderíamos montar 5 esquadrões (60 aeronaves) de F-35 em cinco bases aéreas dispersas pelo território nacional. Somam-se a eles os 120/150 FX-2 que o Governo pretende adquirir (em substituição aos F-5M e A-1M), e teríamos 180/210 aeronaves de 1ª linha protegendo nosso espaço aéreo. Pode ser pouco (pelas dimensões do país e pela necessidade de defesa dos nossos recursos), mas já é muito mais do que temos hoje. Investimentos necessários… Read more »

Juarezj
Juarezj
9 anos atrás

É o papel e o teclado permitem viagens como a acima descrita….
Sempre cabe elembrar aos amigos que COMPRAR NÃO SIGUINIFICA OPERAR….

gRANDE ABRAÇO

ps Israel conhece e pratica este dito a muito tempo…..

Mario Blaya
Mario Blaya
9 anos atrás

será mesmo que os paises arabes tem medo de um Irã nuclear? o Irã jamais atacaria a arabia saudita, uma vez que lá e a terra santa do mundo islamico, nem que os iranianos são persas e os sauditas arabes, o que uniria todo o mundo arabe contra o Irã, nem que o paquistão e aliado dos sauditas e certamente muito bem armados para conter o Irã. O Irã nuclear serve para sossegar Israel, torna-lo mais aberto a negociações, serve para enquadrar os americanos que não terão no golfo persico um lago como antes, serve também para que os americanos… Read more »

Vader
9 anos atrás

Mario Blaya disse:
20 de setembro de 2010 às 17:12

“será mesmo que os paises arabes tem medo de um Irã nuclear?”

Não, eles estão comprando Typhoon, F-15 e F/A-18E com medo da invasão dos Klingon… 🙂

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

Sei nao Mario,

Acho que um Ira nuclear só será possível se EUA ou Israel, resolverem “nuclearizá-los”… 🙂

Mario Blaya
Mario Blaya
9 anos atrás

Vader,

se prefere assim, que seja! mas o inimigo dos sauditas e Israel e não o Irã!

Mario Blaya
Mario Blaya
9 anos atrás

rodrigo, se Israel tivesso como atacar o Irã já teria feito, não o fez porque não pode ou tem medo do preço ser alto demais para isso. Além do mais, eu duvido muito que tenha um unico alvo para ser atingido que resolvesse o problema de Israel. Os iranianos devem ter aprendido com o ataque a central iraquiana e devem ter espalhado os equipamentos que eram possiveis serem dispersados. Irã esta sinucando eles, e para piorar as coisas, a opinião publica mundial já não é mais simpatica aos israelenses. Nos ultimos 10 anos, os paises arabes investiram pesadamente para mudar… Read more »

Vader
9 anos atrás

Mario Blaya disse:
20 de setembro de 2010 às 17:34

Prezado Mario, a Arábia Saudita não faz fronteira com Israel e jamais teve qualquer contencioso fático com este Estado. E ambos vivem sob o guarda-chuva americano, vale dizer: usam armas americanas e, se o Tio Sam não quiser, eles não entram em briga alguma entre eles.

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

Mario, Acho que Israel acompanha de perto os avanços nucleares do Ira ( talvez mais perto do que possamos supor, visto a competencia de seus serviços de inteligencia) E que os Iranianos espalharam seu programa por diversos pontos do país também é sabido, inclusive uma nova planta foi instalada na cidade de Qom ( descoberta tratada como surpresa pelo Ocidente). Será ingenuidade achar que eles colocarao a sua sobrevivencia nas maos de terceiros ( aí incluídos os EUA). Planos de ataque com certeza já devem existir e nao consistem necessariamente na destruiçao do programa, mas garantir um consideravel atraso. Nao… Read more »

Rodrigo
Rodrigo
9 anos atrás

Nao tinha lido tudo deste post e li uma sensacional tirada do Vader:

“” esse Israel não entende nada de guerra e de indústria de defesa mesmo… Que falta que lhes fazem alguns bolivarianos judeus… 🙂 “”

Parabéns cara!

Baschera
Baschera
9 anos atrás

Pra quem não sabe, os Sauditas cooperam com Israel (uma base no deserto saudita, não muito longe da fronterira)… já dispoe de equipamento militar (mísseis, bombas de penetração, equipamentos de reposição, tanques sobreçalentes, munição diversa etc.) de propriedade israelense e americana… visando um possível ataque de repressália ao Irã. Os sauditas, em acordo secreto, também permitirão em caso de necessidade, o sobrevôo de aeronaves israelitas com alvo ao Irã.

Sds.

Mario Blaya
Mario Blaya
9 anos atrás

Baschera disse:
20 de setembro de 2010 às 21:28

essa eu não sabia, onde vc obteve essa informação? alias se o acordo e secreto como todo mundo sabe? eu sempre pensei que sauditas e principalmente israelenses eram muito discretos!