sexta-feira, junho 18, 2021

Gripen para o Brasil

Espetado, mas ainda não acabado II

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Mais um AT-26 Xavante juntou-se, neste ano, à lista dos “espetados” como monumentos. O exemplar das fotos está exposto em frente à entrada do CELOG (Centro Logístico da Aeronáutica), na Av. Olavo Fontoura, zona Norte da cidade de São Paulo.

Para saber mais sobre o exemplar e sobre a atuação do CELOG, clique na foto da placa abaixo para ampliá-la, ou acesse o site dessa organização da Aeronáutica, clicando aqui.

Para ver outras matérias sobre esse que é o primeiro jato fabricado no Brasil, e que atingiu um expressivo índice de nacionalização de componentes ao longo de sua operação na FAB, clique também nos links ao final desta matéria.

FOTOS: Poder Aéreo (Nunão)

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

3 Comments

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Diego Tarses Cardoso

Eu vi ele pessoalmente,muito legal…

Elizabeth

Mais um avião da FAB espetado em concreto, exposto ao tempo. Porque a gente não consegue colocar um avião desativado em uma sala coberta, apoiado em seu trem de pouso, com a sua pintura e acessórios preservados em locais de visitação publica como é nos EUA e Europa?

Porque apesar de sermos um dois países com maior cultura aeronáutica no mundo, temos pouquíssimos museus aeronáuticos?

Triste

Raptor

“Elizabeth disse:
6 de agosto de 2010 às 1:53”

Bem lembrado,

Cairia muito bem para os Mirages um hangarete em exposição pública. Vale o gasto com a cobertura.

Abraços.

Reportagens especiais

A estrela da semana foi o Gripen E, mas a Saab não se esqueceu do Gripen C

Empresa sueca ainda espera conquistar novos clientes para a versão atual do Gripen, nos próximos 5 a 8 anos - Fernando...
- Advertisement -
- Advertisement -