Home Sistemas de Armas F-16 ganha sonda de reabastecimento para o MMRCA

F-16 ganha sonda de reabastecimento para o MMRCA

320
39

O Lockheed Martin F-16 é conhecido por ser um sucesso de exportação por 35 anos, mas não pode ser reabastecido em voo por várias forças aéreas que não possuem o sistema de boom em seus aviões-tanque.

A divisão Sargent-Fletcher da Cobham demonstrou um tanque de asa de 370 galões, equipado com uma sonda retrátil de reabastecimento, aparentemente para Israel, mas parece que não foi adotada.

O sistema “probe and drogue” é mandatório para o MMRCA da Índia, então a Lockheed Martin, a Cobham e a HAL se juntaram para desenvolver o Conformal Air Refueling Tanker/System (CARTS), que adiciona uma sonda ao tanque conformal direito do F-16.

O CARTS pode ser instalado em qualquer F-16 Advanced Block 50/52.

FONTE: Aviation Week

Subscribe
Notify of
guest
39 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Guilherme Poggio
Editor
10 anos atrás

Demorou 35 anos, mas fizeram

Clésio Luiz
Clésio Luiz
10 anos atrás

Esse esquema de sonda “no ombro” não é uma novidade. F-4 e o Harrier possuem sondas com posição semelhante a essa adotada pela LM no F-16. Outro caça que adotou esquema semelhante foi o Gripen, mas parece que a posição da sonda recebeu críticas por pelo menos um piloto da FAB (ou de outra força, não lembro bem). Isso obviamente não é a posição oficial da FAB, apenas a opinião de um piloto. Quem tem boa memória talvez possa encontrar a notícia onde foi veiculado isso. Rsta saber se o Gripen NG vai possuir uma sonda orgânica a frente do… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Clésio Luiz
10 anos atrás

Clésio,

Creio que as críticas à posição da sonda no Gripen referem-se mais à proximidade da mesma com a tomada de ar. No caso do F-16, que tem a tomada abaixo da fuselagem, isso não seria um problema.

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Se eu entendi bem, este CFT deve ficar permanentemente no avião.

Com certeza as modificações no sistema de combustível do avião não são pequenas para ficar instalando e retirando o CFT.

É uma solução melhor que ter que arrumar um velho KC135…

Giordani RS
Giordani RS
10 anos atrás

Bah…demorou…mas chegou! já o F-18 tem uma sonda retrátil como deve ser, assim como o Tornado…e se não me falha a memória o F-14 também tinha uma retrátil.

Mas esta sonda do F-16 só poderá ser usada quando com o CFT…

Pergunta: A Fach é capaz de REVO para seus Falcons?

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Giordani RS
10 anos atrás

Sim, Giordani. Ela adquiriu aviões tanque usados dos EUA, com sistema compatível. Há matéria no Blog a respeito.

Caipira
Caipira
10 anos atrás

Esse tanques conformais são feios demais …

Vader
Vader
10 anos atrás

Que me desculpem os fãs, mas o F-16 está se tornando a aeronave mais remendada da história… Os tanques conformais acabaram com ele… Está cada vez mais horrível, parecendo uma velha recauchutada. Pode até ser bom, mas que está feio está…

É o peso dos anos… 🙂

No tocante ao Super-Gripen:
1 – A sonda é retrátil como no modelo C/D;
2 – Jamais ouvi qualquer reclamação do sistema de reabastecimento do Gripen, quer seja o C/D ou o NG (E/F). Tipo de crítica sem o menor embasamento.

Sds.

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Vader
10 anos atrás

Vader,

Que pena, na minha opinião, que essa velha remendada não foi escolhida para a FAB há uns 10 anos. Hoje talvez estaríamos discutindo outras questões, muito mais interessantes.

Justin Case
Justin Case
10 anos atrás

Nunão, As críticas existem também quanto à posição das sondas. Uma posição lateral, afastada da aeronave e bastante traseira como está nessa opção do F-16, dificulta muito ao piloto a tarefa de plugar a sonda na cesta. O problema é mais crítico ao se encontrar turbulência na área de reabastecimento. Essa dificuldade pode não somente resultar em insucesso (e abortiva na missão) mas, principalmente, causar atrasos no processo de reabastecimento a cada tentativa mal sucedida (há gente na fila para reabastecer). O tempo médio para reabastecimento pode obrigar, já no planejamento, a aumentar o número de reabastecedores necessários, ou forçar… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Justin Case
10 anos atrás

De fato, Justin.

Cabe ao operador experimentar, analisar prós e contras e decidir até que ponto isso é um impeditivo ou não.

Nesse caso do F-16, para mim é inegável que ajuda e muito em operações conjuntas, coalizões, entrada em operação de forças que utilizam reabastecedores com cesta etc. Se isso contrabalança a possibilidade dos problemas que vc citou, o sucesso ou não dessa solução vai ajudar a responder.

Alexandre Galante
10 anos atrás

O F-16, filhote de John Boyd, ainda será por muito tempo o benchmark para todos os outros caças.
Vida longa ao Viper! Pena que não veio pra FAB…

Rpiletti
Rpiletti
10 anos atrás

É retrátil.

Vader
Vader
10 anos atrás

Nunão disse:
30 de julho de 2010 às 11:26

“Que pena, na minha opinião, que essa velha remendada não foi escolhida para a FAB há uns 10 anos. Hoje talvez estaríamos discutindo outras questões, muito mais interessantes.”

Verdade. Mas me refresque a memória: há 10 anos a velhinha estava já tão rebocada assim (CFT, etc)?

Abs.

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Vader
10 anos atrás

Vader,
Pelo que me lembro, CFT já era uma opção na época (Block 50 / 52).

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Alexandre Galante disse:
30 de julho de 2010 às 11:32

Tem muita gente boa, mas muita mesmo, pensando com carinho nele na Força no plano B.

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Rodrigo
10 anos atrás

Rodrigo.

Até onde sei, sempre teve. Pena que alguns não pensaram com carinho tempos atrás como plano A.

Mas, antes que alguém me acuse por lobby para a Lockheed Martin, aviso que estou me referindo ao passado. E sem saudosismo ou “viuvismo”.

Paulo Henrique
Paulo Henrique
10 anos atrás

Uma capacidade extra aos F-16 de Israel?

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Se a short-list do FX2 tivesse sido 100% feita pela FAB o F16 certamente estaria no lugar do Rafale.

Giordani RS
Giordani RS
10 anos atrás

Alexandre Galante disse:
30 de julho de 2010 às 11:32
O F-16, filhote de John Boyd, ainda será por muito tempo o benchmark para todos os outros caças.
Vida longa ao Viper! Pena que não veio pra FAB…

Virá…se Mr. Burns assumir, pena que virão em pior estado do que os F-5´s agressors…

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

O problema é o valor para retrofitar o F16 se vale a pena. Na minha visão pessoal eu não investiria neles, mas eu não vou dar uma de gênio de internet que afirma algo que não conhece em profundidade. Na FAB, muitos acham que valeria a pena e o que chegou para mim, foi algo sobre F16 europeus e não os americanos que realmente estão no bagaço. Talvez role alguma coisa com a turma de Jerusalém, aqueles entendem mais de F16 que a Lockheed 🙂 Para mim se é para pegar algo com os gringos que seja o SH.. O… Read more »

Gabriel T.
Gabriel T.
10 anos atrás

A solução apresentada foi muito boa. É curioso, todos os caças usam sondas retráteis, com exceção do RAFALE. Será que fazer uma sonda retrátil é tão complexo assim ou a célula francesa não permite isso? Mas eu acho que esse probe deveria ser feito no F-16 há muito tempo, se fossem feitas nas versões A/B, a Lockheed teria vendido muito mais desse avião que é bom até demais.

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

Olá,

Mais um ponto para o sucesso de publico o F-16 essa era uma evolução natural no projeto.

Meio atrazado mas em fim saiu….

Abraços,

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Acho que no caso do Rafale é mais por questão de espaço..

Os antecessores franceses dele também tinham a sonda fixa.

João Gabriel
João Gabriel
10 anos atrás

Bom como a esperança é igual sogra,a ultima que morre kkkk, quem sabe futuramente eles não venham em substituição aos AMX….não custa nada sonhar…

Abçs!

Nick
Nick
10 anos atrás

Caro Gabriel T. e Rodrigo,

Talvez porque seja uma filosofia mesmo nos projetos da Dassault. Mirage F1 e M2000 também usam probes fixos. Esteticamente não é grande coisa, mas se funciona…

Sobre o probe do F-16, é muito semelhante ao do Gripen, e para a FAB facilitaria muito as coisas.

[]’s

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

Olá, Nick

Não entendi o porque o probe do F-16 falicitaria as coisas para FAB?

Vale lembrar que a FAB já opera os Mirage-2000 que tem probe praticamente identicos ao do Rafale.

Abraços,

Gabriel T.
Gabriel T.
10 anos atrás

Nick, é verdade e tem razão, funciona. Mas se apelam dizendo que o RAFALE tem característica furtiva, aquela sonda fixa denunciaria ele na hora.

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Edcreek disse:
30 de julho de 2010 às 14:23

Seria por que a FAB não tem o sistema da USAF ?

Nick
Nick
10 anos atrás

Caro Edcreek,

O Rodrigo respondeu ae 🙂

[]’s

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

Olá,

Ah tá blz….

Mas isso ficou feio demais, ehehehe.

Abraços,

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

É feio mesmo…

E queria muito ver todas as alterações feitas no sistema de combustível do F16 para pendurar este CFT…

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

Olá,

Melhor nem ver heehee, se fosse facil teria sido feito a 15 anos atraz!!!

Abrços

Carlito
Carlito
10 anos atrás

Tudo bem que um caça deve ser eficiente e não bonito, mas na boa, isso ficou “NASCOXA”!!!

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Já existem CFTs para o F16 é que neste caso com a sonda retrátil o CFT praticamente se torna praticamente uma carenagem, queria saber também o quanto ele carrega de combustível e o quanto que ele carrega do outro lado senão vai desbalancear o avião.

Francisco AMX
Francisco AMX
10 anos atrás

“Se a short-list do FX2 tivesse sido 100% feita pela FAB o F16 certamente estaria no lugar do Rafale.” Galante, me explica isso meu velho! pode ser? Este post não fala da sonda de reabastecimento do F-16? Pq o assunto virou FX-2? Pq vc não chamou de xato este comentário aí de cima? pq você concorda com ele? é por isso? eu tb concordo! acho que que deveria estar já voando no Brasil era o Falcon, ficou satisfeito? Pq hora vc permite coisas e hora não? Precisava me “puxar” lá no post do F-35 realmente, pq eu fiz um link,… Read more »

Alexandre Galante
Reply to  Francisco AMX
10 anos atrás

Calma, Xyko AMX, é que eu sou apenas um e junto com os outros editores, entre nossos afazeres pessoais, ainda temos que ler os comentários, deletar spams, correr atrás de notícias, escrever matérias especiais, isso para 3 blogs!
Tem coisas que às vezes passa, por isso pedimos aos leitores mais antigos colaborarem conosco. Não precisa ficar nervoso.

Guilherme D.
10 anos atrás

Percebi que o F-16 já tá virando um verdadeiro tanque de guerra, mas com asas, falando nisso, ele tá bem ‘parrudo’ com essas ultimas atualização, então, eu queria saber, se essas coisas que parecem tanques são tanques, em cima das asas, vem colado aonde elas começam.
Aí tipo, isso nãopoderia atrapalhar se alguém por um acaso soltasse uma rajada, com o canhão, e pegasse alí?
Então é isso.
Como sempre, Fiquem todos com Deus e Amém
Ótimo blog, continuem assim.
Que todos fiquem com a Paz de Deus irmãos!
Que o mundo fique =D=D=D=D=D=D