Home Espaço Centro de lançamento de Alcântara lança pela primeira vez Foguete de Treinamento...

Centro de lançamento de Alcântara lança pela primeira vez Foguete de Treinamento Intermediário

214
3

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), da Força Aérea Brasileira (FAB), lança, na próxima semana, pela primeira vez, um Foguete de Treinamento Intermediário (FTI). O lançamento do FTI, previsto para o dia 3 de agosto, faz parte do projeto denominado Fogtrein I 2010, desenvolvido pela Avibrás em parceria com o Instituto de Estudos Avançados (IEAV) da Aeronáutica.

O Foguete Intermediário possui mais de 5 metros de comprimento, atinge um apogeu de 60 mil metros e alcance de 90km. Além disso, possui três compartimentos nos quais podem ser levados experimentos científicos. O tempo de vôo do foguete deve ficar em torno de quatro minutos. “Os foguetes da família do Fogtrein poderão ser utilizados no treinamento dos centros de lançamento (CLA e CLBI) e ainda serem exportados para os demais países que realizam lançamentos de veículos espaciais. Poderão ainda portar experimentos científicos para baixa altitude em sua carga útil, com capacidade de até 30 quilos de carga”, explica o Diretor-Interino do CLA e Coordenador-Geral dos testes, Tenente-Coronel Aviador Ricardo Rodrigues Rangel.

Os experimentos para a certificação dos foguetes do Projeto Fogtrein vão até o dia 6 de agosto. Na operação estavam previstos dois lançamentos. No dia 26 de julho foi realizado com sucesso o lançamento do Foguete de Treinamento Básico – FTB.
“O foguete atingiu seu apogeu a 31.942 metros do solo, com 166 segundos de vôo até o impacto a 13,2 quilômetros da costa, em alto-mar”, afirmou o Diretor Interino do CLA e coordenador-geral da operação, Tenente-Coronel Aviador Ricardo Rodrigues Rangel.

Após mais alguns lançamentos agendados neste ano e no início de 2011, o FTI estará disponível para portar experimentos em sua carga útil.

FONTE: CLA

LEIA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
rogerio
9 anos atrás

Espero que esse projeto siga adiante sem cortes de verba para um grande desenvolvimento nessa area espacial

Eduardo
9 anos atrás

É verdade, precisamos de alguns satelites militares para monitorar nossas fronteiras e o nosso litoral!

Caipira
Caipira
9 anos atrás

Elizabeth apareça, rsrsrsrs.
Comente algo interessante pra nós, é triste ver esse post com tão poucos coments…