Home Indústria Aeroespacial Vimos o Neuron de perto

Vimos o Neuron de perto

464
34

No dia 11 de junho de 2010 na Suécia pudemos visitar a área de montagem do primeiro protótipo do UCAV europeu Neuron, nas instalações da Saab.

Os jornalistas presentes só foram autorizados a fotografar o Neuron de poucos ângulos apenas, por causa dos segredos industriais.

As fotos deste post são as que fizemos durante os poucos minutos em que estivemos na área de montagem do Neuron. Alguns detalhes interessantes podem ser vistos nas fotos que tiramos do painel, com informações da futura aeronave não tripulada.

SAIBA MAIS:

Subscribe
Notify of
guest
34 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
bulldog
bulldog
10 anos atrás

Tá ai mais uma coisa pró Saab. Já falei…pra Embraer é melhor se aproximar dos Suecos. Para a FAB..bem, acho que não fará mal algum. rs.

Daniel
Daniel
10 anos atrás

Enquanto eles nos oferecem o “espetacular” NG, olhem o que eles estão deselvolvendo, eu quero ver eles convidarem o Brasil para um projeto desses…

Calheiros
Calheiros
10 anos atrás

O pb Daniel não é so a Saab, mas todos os demais paises, que não vão da mole pro Brasil, a não ser que o nosso querido e estimavel presidente resolva por defenetivo em ficar com o NG.Ai quem sabe a propria Saab de uma forcinha.

pp_muscimol
pp_muscimol
10 anos atrás

opa…parece espionagem industrial …. assim voces vao parecer a China!!

Marcelo
Marcelo
10 anos atrás

agora quero ver o teor dos comentários, já que esse é um programa conjunto da Suécia com a França (além de outros países da Europa), sob a liderança da “Assault” da França, como um monte de foristas gostam de chamar. Mas, agora que a cooperção é com a Saab, então está tudo bem né? Não vão ficar xingando não? Talvez jaca sueco/francesa, que tal?

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
10 anos atrás

Daniel, você pode trocar o “NG” do seu comentário por “Rafale” e a pergunta continuará válida – a Dassault é a líder do projeto Neuron, tendo a Saab como uma das parceiras.

Mais detalhes no primeiro link ao final da matéria.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
10 anos atrás

Em tempo: será que os leitores conseguirão sair do ramerrão da briga de torcidas do F-X2 e comentar alguma coisa sobre o Neuron? Como já escrevi, o primeiro link ao final da matéria pode servir de ponto de partida.

Fica aqui a dica e o pedido para virarem o disco.

Calheiros
Calheiros
10 anos atrás

caro pp_ quem sabe se tivessemos o mesmo pensamento , ou melhor a mesma visão dos chineses, hoje talves não estáriamos com um vergonhoso Fx tão avacalhdo, pois nos mesmos ja tinhamos projetado e desenvolvido o nosso proprio caça pelo menos de 4++g mais fazer o que, esse é o Brasil,esses são nossos politicos.

Bosco
Bosco
10 anos atrás

Nunão,

Esqueça o F-X2. Nosso próximo caça terá motores sublumínicos de fusão nuclear com .2c de velocidade (20% da velocidade da luz) e alcance de 20 UA .
O problema é que o resto da “Federação” já terá motores MVQL de “transdobra” fator 12 e alcance de 250 kpc (250 mil parsecs).
Até lá parece que vamos ficar com o Mirage 2000 como caça tampão até mais ou menos o ano de 2235.
rsrsrsrs

Francisco AMX
Francisco AMX
10 anos atrás

Nunão, não comento sobre estas “porcarias” sem piloto! rsrsrss

onde este mundo vai parar!

Falando sério, pouco sei sobre os UCAVs, só sei de uma coisa: vão deixar os conflitos cada vez mais “impessoais”, já está banal matar a km de distâncias… e ficará pior… acho isso o fim da picada e totalmente injustificável… um paradoxo fenomenal: alta tecnologia nos levando a idade das trevas!

Sds!

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Francisco AMX
10 anos atrás

“Francisco AMX em 29/07/2010 às 18:48” Francisco, eu também não sei tanto assim sobre UCAVs. Aprendo cada vez mais pesquisando para matérias aqui, ou lendo as que outros editores fizeram com suas pesquisas, clippings etc. Além, é claro, de outras fontes por aí. Mas, especialmente sobre o Neuron e as tecnologias que estão sendo desenvolvidas para demonstrar nele, vale a pena ler o primeiro link ao final da matéria, com os objetivos do programa, desafios etc, e então refletir sobre eles à luz do que se pode ver nas fotos tiradas lá, com os diversos desenhos mostrando soluções estruturais etc.… Read more »

Alexandre Galante
10 anos atrás

Calma Xyko AMX, ainda falta muito tempo para acabarem os pilotos no cockpit. No início os UCAVs vão voar juntamente com as aeronaves tripuladas e poderão até ser controladas por estas.

Jakson Almeida
Jakson Almeida
10 anos atrás

Ucav=alvo.Avião/nave sem piloto nem nos filmes.

Galileu
Galileu
10 anos atrás

eu to nessa também….. UCAV por enquanto é igual aos vant, são alvos!!

a não ser claro, plataforma de pesquisas e etc….

Nick
Nick
10 anos atrás

Com esses slides no painel , os Chinas já tem algum material para começar o UCAV Chinês 😀

Belo serviço de espionagem, mas faltou alguns detalhes… hehehehe

[]’s

Raptor
Raptor
10 anos atrás

Em minha opinião o grande X da questão não se trata da plataforma ou de estruturas em composite ou outro sistema qualquer. Na matéria do link: “os algoritmos de alto nível necessários para o desenvolvimento dos sistemas automatizados, além do papel do “fator humano” nas missões.” Uma empresa aeronáutica com capacidade de produzir jatos de combate de alto desempenho, motores e sensores, tem as mesmas condições de produzir a plataforma VANT (é mais rápida, fácil e barata de produzir). O grande entrave não é o “corpo” e sim o Cérebro, ao qual depende de avanços de software (algoritmos) e hardware… Read more »

MA
MA
10 anos atrás

Bosco, eu particulamente creio que nossos caças deveriam possuir a configuração de propulsores iônicos duplos com velocidade máxima de 100Mly/h, combinado com dois SIR I-a2b, proporcionando alcance estendido em relação aos propulsores nucleares.

requesito um FX-3!!! 😀

Excelente matéria, mas realmente UCAVs estão longe de substituir aeronaves tripuladas (apesar desse ser o futuro).

Raptor
Raptor
10 anos atrás

“Excelente matéria, mas realmente UCAVs estão longe de substituir aeronaves tripuladas (apesar desse ser o futuro).”

Falaram o mesmo para caças a jato.

Abraços.

ZE
ZE
10 anos atrás

Marcelo disse: 29 de julho de 2010 às 18:13 “agora quero ver o teor dos comentários, já que esse é um programa conjunto da Suécia com a França (além de outros países da Europa), sob a liderança da “Assault” da França, como um monte de foristas gostam de chamar. Mas, agora que a cooperção é com a Saab, então está tudo bem né? Não vão ficar xingando não? Talvez jaca sueco/francesa, que tal?” Caro Marcelo, há a necessidade de você olhar, mas não só. Em verdade, há a necessidade de você enxergar o que está olhando !!! O Presidente do… Read more »

Bosco
Bosco
10 anos atrás

MA,

Infelizmente devo discordar.
Acho que esses propulsores iônicos não são confiáveis e a velocidade propagada de 100Mly/h esbarra na “Barreira de Sandoval & Cobawsk”, que diz claramente que o uso de um feixe iônico não pode acelerar um corpo com massa em conformidade com um caça além de 58,6Mly/h sob pena de se alcançar a zona crítica de saturação corpuscular que poderá fazer a nave e tudo num raio de 1000 km entrar em estado de hiperquantificação neutrônica fase 1. Ou seja, “ir pro brejo”.

Um abraço

Jakson Almeida
Jakson Almeida
10 anos atrás

Raptor:O caça a jato manteve o homem,me apresente um computador que tenha a capacidade de percepção,emoção e dedução humanas.O dia em que isso for possivel( maquinas tento percepção,emoção e dedução humanas)poderemos estar em um cenario parecido com o filme o exterminador do futuro.

Marcelo
Marcelo
10 anos atrás

Ze,
então a França está correta agora, com o Neuron. Beleza. Ainda bem que os Suecos aceitaram a liderança de quem sabe fazer bem feito.

ZE
ZE
10 anos atrás

Marcelo disse:
29 de julho de 2010 às 21:40

“Ze,
então a França está correta agora, com o Neuron. Beleza. Ainda bem que os Suecos aceitaram a liderança de quem sabe fazer bem feito”.

Não importa quem está liderando (se é que alguém está liderando).

Você finalmente fez como a França:

Não só está olhando, mas ENXERGANDO !!!!

Parabéns, você não está mais “orgulhosamente só”.

Lembre-se, Tempus Fugit.

[ ]s

Raptor
Raptor
10 anos atrás

“Jakson Almeida disse:
29 de julho de 2010 às 21:21”

A inteligência artificial e “Ser” consciente artificial são coisas bem diferentes.

Por ex. a máquina de busca do google trabalha com princípios de I.A., mas pelo que eu saiba, não é um “Ser”.

Abraços.

Raptor
Raptor
10 anos atrás

“Jakson Almeida disse: 29 de julho de 2010 às 21:21” Jackson, Já jogou vídeos games modernos com os adversários programados com I.A? Sabe aquelas manhas de ficar só em um canto que ele não te acerta ou sempre dar o mesmo golpe para tal situação? Fica muito difícil, pois o programa aprende e analisa seu comportamento (alguns baseados no biológico – redes neurais outros em padrões cognitivos, etc…)? É este tipo de “INTELIGÊNCIA” que pode ou não representar perigo para a civilização com as armas “autônomas”. Abraços. Lembrando, que na história da humanidade, se existe algo que possa ser inventado… Read more »

John top gum
John top gum
10 anos atrás

Gippetes agora aceitam a França liderando o NEURON? E o rafale NÃO????Agora num entendu mais nada!!!!!!

Baschera
Baschera
10 anos atrás

ZE disse:
29 de julho de 2010 às 21:05

“Assim, a GE produziu o motor F-414 (motor do Super Hornet, Gripen NG, e Growler) com essas soluções encontradas pela sua parceira, a SAAB !!!”

Amigo ZE,

Pequena correção: O Gripen NG contará com motorização Volvo RM12, ligeiramente diferente do turbofan GE F-414. O Volvo RM 12 é a versão suéca do GE F-414, porém não é totalmente igual, tendo entre 20% e 25% de diferença entre sí. Isto dito (percentuais) pela Us Navy que é a maior utilizadora do GE F-414.

Sds.

Jakson Almeida
Jakson Almeida
10 anos atrás

Raptor:Jogue xadrez e depois jogue o jogo da velha com o computador.

ZE
ZE
10 anos atrás

Baschera disse: 29 de julho de 2010 às 22:44 Baschera, eu acho que você cometeu um equívoco. O Volvo RM12, é a versão modificada do F-404 (motor do Hornet e do Gripen). Esse motor (o RM12) tem cerca de 40% de suas partes produzidas pela Suécia. Como você pode ver, ele não é exatamente igual ao F-404. Já o motor do Super Hornet, Gripen NG, Growler é o F-414. Nesse caso, a SAAB se preocupou em adquirir um motor off the shelf, modificando- o minimamente. A razão aqui é simples: diminuir o custo. Como os motores F-414 são bem confiáveis… Read more »

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

“Ainda bem que os Suecos aceitaram a liderança de quem sabe fazer bem feito.”

Acontece que Reaper, Global Hawk e Predator não são da Dassault!!!

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

“O Gripen NG contará com motorização Volvo RM12, ligeiramente diferente do turbofan GE F-414.”
“O Volvo RM 12 é a versão suéca do GE F-414, porém não é totalmente igual,…”

RM-12 = GE F-404, a turbina do Hornet e NÃO do SH/Gripen NG.

Raptor
Raptor
10 anos atrás

“Jakson Almeida disse:
29 de julho de 2010 às 22:54”

Prefiro xadrez no Tabuleiro.

O próprio Kasparov ao perder para o Deep Blue, disse que tinha algo de estranho no computador, não se comportava como um programa e sim com a imprevisibilidade humana. Esta foi a deixa para sua queixa de interferência humana na máquina.

Abraços.

robert
robert
10 anos atrás

e eu ainda fui atras de procurar no google a tal “Barreira de Sandoval & Cobawsk”

ioeaheahaeoihaie

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

Olá,

Ahahaha então a SAAB administra o neuron ahuahuahau mais uma das Perolas do FX-2….

A Administração do projeto é da Dassault com 50%, ela projetou o avião repassou a planta para a SAAB.
A Saab é responsavel pela estrutura do avião por isso ele esta lá…
A porcentagem da Saab é a mesma da Alenia ambos parceiros classe 2 sob o comando da Dassault.

Abraços,