domingo, agosto 14, 2022

Gripen para o Brasil

Mais Hawk para a Índia

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A BAE Systems do Reino Unido fornecerá 57 jatos de treinamento Hawk Mk132 AJT (Advanced Jet Trainer) para a Índia, informou o Ministro da Defesa daquele país nesta quarta-feira. Do total encomendado 40 jatos irão para a Força Aérea e o restante para a Marinha.

O contrato deverá ser assinado hoje em Bangalore onde a comitiva do Primeiro-Ministro David Cameron se encontra. O novo contrato para o fornecimento de 57 Hawk complementa o acordo anteriormente feito em 2008, quando foram comprados 24 jatos do mesmo modelo direto do fabricante e adquirido o direito produzir localmente outros 42 exemplares pela HAL.

Segundo a Índia, são necessários perto de 128 jatos de treinamento para os próximos anos.

FONTE: The Economic Times

LEIA TAMBÉM:

- Advertisement -

27 Comments

Subscribe
Notify of
guest

27 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
robert

vou mudar de país daqui a poco
eaioheahioaeio

os cara compram avião que nem agente compra feijão

Giordani RS

Pois é tchê! Só que pra plantar feijão, basta apenas saber ler e olhe lá…pra fazer avião e manter, tem que estudar muito…e pessoas instruídas não são massas de manobra…

Dúvida: O Hawk parece ser mais avião que o AlphaJet. Será?

Pelo folhetim do fabricante, um Hawk é melhor que o nosso A-1…pelo folhetim…

Antonio M

Nã há espaço por lá para aviões como o Super Tucano?

Carlito

O caso da Índia é bem diferente do nosso. Primeiro, eles estão cercado de inimigos. Além do Paquistão, país com qual a Índia possui sérios desentendimentos diplomáticos, há também a China, cada dia mais forte e poderosa, e com pretensões assimidamente expancionistas na região. Com um nível de ameça como este, os indianos realmente precisam se armarem até os dentes. Isso trás outras consequências. Muito destes gastos com armamentos poderiam, por exemplo, serem revertidos em programas de melhorias para sua enorme população, que, diga-se de passagem, possui grande número de indivíduos vivendo abaixo da linha da pobreza. Quanto ao Brasil,… Read more »

Carlito

Giordani,

A diferença é que o Hawk segui seu desenvolvimento e possui versões modernas adaptadas às novas necessidades do século XXI. Já o Alpha Jet, deixou de ser desenvolvido e produzido há anos.

Quanto ao fato do Hawk ser mais avião que o AMX, creio que se tivéssemos desenvolvido nosso produto ao longo dos anos, a história seria diferente…

Groo

Eles desenvolveram recentemente o HAL HJT-36 Sitara e vão comprar mais 128 BAe Hawks!

Caça leve, caça médio, caça pesado, PAK-FA, 2 treinadores avançados, modernização dos caças já existentes, helicóptero de ataque… A comissão de compra deve ser uma festa.

Marcelo Tadeu

OFF-SET

Me desculpem, mas, estou vendo da janela de meu escritório, no RJ, o Nae São Paulo deixando o AMRJ para testes no mar.

Leandro

Isso ai Marcelo Tadeu, foi notíciado hoje pela manhã na BandNews FM (aquela rádio que o principal radialista é o Ricardo Boechat) que o “Opalão” estaria iniciando os seus testes no mar hoje a tarde!
Pena que daqui do meu escritório não consigo ter essa visão, só da Ponte Rio Niterói!

http://www.blogmercante.com/2010/07/apos-5-anos-nae-sao-paulo-a-12-volta-para-o-mar/

Carlito

Bela vista vocês têm…

Do meu escritório só dá pra ver prédios, prédios, prédios e mais prédios…

Luiz Ricardo

E eu que nunca fui pro Rio? moro a 5 hrs de SP em Ribeirão Preto… ou seja… Vocês tão com muita sorte pro meu gosto! AUHAuauha

E sobre a India…bom.. nada.. mas sobre o Brasil… alguem ai não quer ser ameaça pra gente?????
Quem sabe a coisa evolui!

Abraço

Gutex

Líbia vai de Yak-130…
India vai de Hawk…
E nós de Xavantes…

Leandro

Aproveitando o ganho dos Hawk para a Índia, atualmente na área de LIFTs nós temos os Hawk (inglês), Yak-130 (russo), M-346 (italiano), K-8 (chinês) e os AT-63 (argentinos), (me corrijam se eu estiver errado) certo? Esqueci de algum?

Alguém ai acredita que os AT-63 Pampa poderiam ser adquiridos e bem empregados pela FAB?

nod_br

@ Leandro… também tem o coreadno T-50 Golden Eagle.

nod_br

corrigindo o erro : coreadno = sul coreano

Galileu

…e nos de xavante, hahah mas por pouco tempo, chega uma hora que aquela carroça não vai conseguir levantar voo. Ai nos vamos de qual?? Será que a Aeronáutica sabe??

Esdras

O AMX tem um porte maior do que o hawk .

Giordani RS

Esdras disse:
28 de julho de 2010 às 14:34
O AMX tem um porte maior do que o hawk

Mas o maior peso/aspecto é prejudicado pelo motor fraco…

Marcelo Tadeu

Alo, Pessoal,

Quem tiver inveja da India, pode se mudar pra lá. O que adianta gastar bilhões em defesa e o povo passar fome. Não tenho a menor inveja, Salve o Brasil e a Força Aérea Brasileira!!!!

Elenilson

Marcelo Tadeu disse: 28 de julho de 2010 às 15:04 Alo, Pessoal, Quem tiver inveja da India, pode se mudar pra lá. O que adianta gastar bilhões em defesa e o povo passar fome. Não tenho a menor inveja, Salve o Brasil e a Força Aérea Brasileira!!!! Meu amigo, Em 1941 existia um movimento dentro da Inglaterra. Este movimento era capitaneado por umas senhoras. Que movimento era esse? Era um movimento de boas vindas à Hitler e seu III Reich, pois, assim como tu, elas davam por “perdida” a guerra e com a consequente invasão germanica da ilha, elas seriam… Read more »

Edu Nicácio

Yak-130 (russo), M-346 (italiano) e T-50 (sul-coreano). Acho que, em breve, teremos um desses na nossa força… E, pelos comentários, serão 36 unidades por US$ 1 bilhão…

Ricardo_Recife

Tem um modelo tcheco, não me lembro o nome agora, mas é L alguma coisa.

Marcelo Tadeu

Meu caro Elenilson,

Com a Europa tomada, até Getúlio era Hitlerista, mas se entrarmos na História da Segunda Guerra não haverá espaço aqui.
Acho a India uma bela porcaria e não gastaria o meu passaporte pra visitar aquela latrina a céu aberto!!

nod_br

@ Ricardo_Recife … é verdade, faltou o Aero L-39 Albatros .

[]´s

nod_br

já me esquecendo… a Bolivia comprou(ou tentou) o também tcheco Aero L-159 Alca .

[]´s

vassili

Ao que tudo indica, o sucessor do nosso Xavante será disputado entre o italiano M-346 e o sulcoreano T-50.

Não importa qual seja escolhido, estaremos muito bem servidos. Mas a escolha deve ser para ontem, pois o Xavante ja passou da hora de ser aposentado.

Sobre o post,

O simples fato de os indianos comprarem todos esses BAE Hawk num atrasaria mais ainda o desenvolvimento do treinador avançado deles, o Tejas?????????

Eu entendo que as necessidades deles neste campo tb sejam para ontem, mas é um contracenso industrial, político e financeiro total.

abraços.

Eduardo

Caramba, nunca acaba o dinheiro da Índia não!? rs

Fernando "Nunão" De Martini

“vassili em 28 de julho de 2010 às 19:13 O simples fato de os indianos comprarem todos esses BAE Hawk num atrasaria mais ainda o desenvolvimento do treinador avançado deles, o Tejas?????????” Vassili, o Tejas não é um treinador avançado, ele foi desenvolvido como um caça leve. O que existe é a versão de treinamento, biplace, cujo protótipo já foi noticiado na trilogia. Basicamente, é a versão para treinamento de pilotos para operarem o Tejas, mas não uma versão de treinamento avançado. Não que essa versão não possa, eventualmente, ser utilizada como um Lift supersônico, no futuro (nos moldes do… Read more »

Últimas Notícias

Grécia enviará uma carta de solicitação para atualizações de 38 caças F-16V em breve

Segundo informações, é apenas uma questão de alguns dias até que o Estado-Maior da Força Aérea Helênica envie a...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -