Para a Eurofighter, F-35 não é caça

    1041
    85

    Numa tentativa de fazer as nações que procuram comprar caças pararem de pensar entre escolher o Typhoon ou o Joint Strike Fighter, funcionários da Eurofighter argumentam que o JSF não é um caça.

    Num briefing apresentado no Farnborough Air Show, funcionários disseram que o JSF é sobretudo uma aeronave de ataque, que pode complementar as capacidades de caça do Eurofighter.

    Na apresentação entitulada “O que é um caça de 5a geração? Realidade ou slogan comercial”, foi feita a definição do que é um caça. O critério apresentado inclui supercruise, operações supersônicas sustentadas, extrema agilidade, alta razão peso/potência, operações em altas altitudes e grande capacidade de mísseis.

    Eles disseram que todas essas capacidades o Typhoon e o F-22 têm, mas o JSF não.

    Foi argumentado também que o JSF é um avião de ataque, herdeiro do A-10 ao invés do F-16. E mais ainda, enquanto um caça ativamente procura e engaja caças inimigos, uma aeronave de ataque procura evitar o engajamento com outros caças.

    A idéia de disparar e fugir não acontece, disse o ex-piloto de testes do Eurofighter, Craig Penrice.

    Se alguém colocar centenas de caças contra você, o JSF não será suficiente”, disse Laurie Hilditch, chefe de requesitos futuros da Eurofighter.
    Como aeronave de ataque, ele disse, o JSF é o parceiro perfeito do F-22 e do Eurofighter.

    FONTE: DefenseNews

    NOTA DO PODER AÉREO: essa é um discussão interessante e a Eurofighter não está totalmente errada. O próprio nome do programa F-35 é JSF (Joint Strike Fighter).

    A Lockheed no seu marketing diz que o tempo do “dogfight” acabou (gostaria de saber o que John Boyd diria sobre essa afirmação) e que manobrabilidade é irrelevante.

    A Eurofighter diz que o F-35 não é stealth em todos os aspectos e que é por isso vulnerável à detecção e pode ser derrotado por outros caças não-furtivos, acompanhados por AWACS.

    Numa simulação interna, a Eurofighter diz que uma esquadrilha de Typhoons apoiados por um AWACS derrotaram 85% dos ataques feitos por oito F-35s armados com duas JDAMS e dois mísseis ar-ar AMRAAM.

    Segundo a Eurofighter, o F-35 pode ser derrotado por CAP de interceptadores e AWACS, posicionados num ângulo de 25º a 30º da trajetória de aproximação do F-35.

    SAIBA MAIS:

    Subscribe
    Notify of
    guest