quinta-feira, outubro 21, 2021

Gripen para o Brasil

Rafale para os Emirados: conversações estão avançando, segundo Morin

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Rafale - foto via MBDA

Barra de Cinco Pixels

Sobre o F-X2 da Força Aérea Brasileira, o Ministro da Defesa francês disse que continua confiante na vitória do Rafale

Barra de Cinco Pixels

O Ministro da Defesa francês, Herve Morin, disse que as conversações técnicas sobre a venda de caças Rafale para os Emirados Árabes Unidos estão avançando, segundo notícia veiculada pela AFP. Sobre as melhorias que os EAU desejam para o Rafale, Morin disse que “essa é uma discussão em que estamos engajados há meses e que está no caminho de ser finalizada”.

Os custos para essas modernizações seriam de aproximadamente dois bilhões de euros, segundo o Ministro, e não de quatro a cinco bilhões como vem sendo especulado. Morin acrescentou que a França poderia absorver parte desses custos, pois já haveria planos para arcar com os mesmos de qualquer forma.

Sobre a venda para o Brasil, Morin afirmou que continua confiante de que o Rafale, fabricado pela Dassault, vencerá seus concorrentes da Boeing e da Saab, num programa cujos custos variam entre quatro e sete bilhões de dólares, dependendo de detalhes como armamento, manutenção e envolvimento industrial.

“Nós estabelecemos uma relação de confiança com os brasileiros e eles nunca nos decepcionaram”, disse Morin.

FONTE: AFP, via yahoo news FOTO: Dassault, via MBDA

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

20 Comments

Subscribe
Notify of
guest
20 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antonio M

“…França poderia absorver parte desses custos, pois já haveria planos para arcar com os mesmos de qualquer forma…”

Caças subsidiados pelo contribuinte francês para os Emirados?!?!? Essa caça é mesmo para quem tem “bala na agulha” !!!!!

A Dassault agradece.

E não sei não. O GF está esperando o resultado dessa licitação para justificar ser o 2ª comprador ao invés do resultado na Índia……..

Vader

Bem, ambas as notícias são da AFP…

Wilson Giordani de Souza

(…)

“Nós estabelecemos uma relação de confiança com os brasileiros e eles nunca nos decepcionaram”, disse Morin.

(…)

Já os franceses, quanta decepção…

curvo

Antonio M, o presifdente está esperando por qualquer um que compre, para dizer que não fomos os 1ºs, se bem que para mim, depois da notícia da Dilma Má na França, o FX2 subiu no telhado e se suicidou !!!!

Antonio M

Pois é sr. Curvo, e seria mais fácil se entrasse algumas safras de vinhos franceses para LuLLa, aí o Rafale já estava escolhido desde 2002 ……

curvo

Antonio M, pode me chamar apenas de Curvo, odeio ser chamado de Sr., até algum tempo atrá (muuuito , hehehe) eu é que tinha de chamar aos outros de Sr., ainda não me acostumei com isto (hehehehe), e à propósito acho que esse é que foi o problema, explico-me, sê fôsse de água-ardente nosso Poderoso Chefe Mullah LuLLah LLá já tinha se definido (hehehehehe) ha muito tempo !!!

curvo

Ops atrá = atrás

Antonio M

Ok!

2demaio

Esta na hora de algum pais além da França comprar o Rafale, assim não haveria tanta expectativa pela decisão do FX-2 na França.

Relação de confiança ? E o acordo inicial que obtivemos do Iran…depois era uma questão de flexibilizar mais, porem os Srs foram atras das opiniões do Tio Sam.

Marcos

Resumo
Essa historia de venda para os Emirados é pura BALELA
A Modernização terá que ser feita mesmo, por que, principalmente as turbinas são HORRIVEIS (empuxo, consumo, desempenho, etc)

Quanto aos custos certamente seram bem mais de 2 Bilhões (ha não ser que sejam poucas as unidades a serem feitas)
Sobre a venda no Brasil, que antes era tão certa, agora é totalmente incerta ou seja em portugues, DANÇAMOS

ZE

Trata-se de mais um factoide.

Em 2016, vamos ler a mesma manchete.

[ ]s

ZE

“Nós estabelecemos uma relação de confiança com os brasileiros e eles nunca nos decepcionaram”, disse Morin. Realmente, nós nunca os decepcionamos. Mas eles já nos sacanearam 2 vezes em menos de 2 meses. O Acordo de Parceria Estratégico não foi cumprido pelos franceses. Pelo Acordo, eles teriam que acabar com o protecionismo agrícola que tanto fere o nosso agrobusiness (a França é a principal opositora ao plano de acabar com os odiosos subsídios agrícolas). Vejam o texto do Acordo de Parceira Estratégica: “II – Cooperação econômica e comercial O Brasil e a França reiteram seu compromisso no sentido de ampliar… Read more »

Tito

Somente mais uma noticia plantada pela Dassault. Como era que chamaram mesmo?

Lembrei: “contra loby”

🙂

Vader

Hehehe Tito, tinha me esquecido dessa, rsrsrs: quando é a Dassault, é “contra-lobby”, hehehehe…

Gênios, essas rafaletes… 🙂

Wilson Giordani de Souza

Nunão disse:
16 de junho de 2010 às 16:22

Achei, também, que questionar a fonte da informação (e não a informação em si) fosse coisa de “vermelhuxo”…

Vader

Giordani, não me entenda mal, por favor: como amante da liberdade de expressão, defendo até à morte o direito que a AFP tem de publicar o que bem entender, inclusive “contra-lobby” (rs) da Dassaulto, se ela quiser. Liberdade de expressão TOTAL (bem ao contrário da vermelhuxada, que adora um “empastelamento”).

Mas como leitor tenho todo o direito de atribuir à notícia o valor que entender devido.

Sds.

Ivan

Felipão Skyhawker, 😉

Não permita que o lado negro da força o domine!

Lute com firmeza… e deixa de sacanear com tudo que é francês.

Putz!

A AFP é uma Agência de Notícias séria, bem como vários jornais e revistas francesas e de vários países.

Não caia na tentação simplista de jogar tudo na vala comum, caso contrário seus bons argumentos correm o risco de merecer o mesmo tratamento.

Eu, particularmente, gosto muito dos vinhos, queijos e caças franceses, só não tenho grana suficiente para pagar por eles…

Abç,
Ivan. 🙂

Vader

Ivan, quanto à AFP ser séria, não disse o contrário. Mas mesmo os bons podem errar (de boa ou de má-fé), afinal uma redação é feita por pessoas, não por máquinas. E pessoas erram. Mesmo que coletivamente.

Enfim, totalmente irrelevante. Como eu disse, eles podem e devem publicar o que bem entenderem. Cabe ao leitor decidir o valor que empresta à notícia.

Sds.

Tito

Nunão disse:
16 de junho de 2010 às 16:22

Wilson Giordani de Souza disse:
16 de junho de 2010 às 16:31

Wilson e Nunão, não acho que a noticia é plantada não, só estou sendo irônico. Quando sai uma noticia favorável ao Gripem não tem uma turma que diz a mesma coisa?

Abs.

Últimas Notícias

Acompanhe a estreia do 1º episódio da websérie Colaboração Real 4 no YouTube

Em 21 de outubro, às 11h, estreia o primeiro episódio da quarta temporada da websérie Colaboração Real no canal...
- Advertisement -
- Advertisement -