Home Data Comemorativa Surpresa no Aterro do Flamengo

Surpresa no Aterro do Flamengo

559
34

P-47 Dia da Vitória - Aterro do Flamengo - 7

No sábado pela manhã, dia 8 de maio, Galante e Wiltgen, editores da “Trilogia Blog” de Defesa, tiveram uma bela supresa ao passarem pelo Aterro do Flamengo, enquanto se dirigiam para São Pedro de Aldeia, a fim de cobrir os Portões Abertos da BAeNSPA.

Um P-47 Thunderbolt e um Piper L-4H estavam em frente ao Monumento aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, para as comemorações do Dia da Vitória.

Paramos para fazer fotos das duas aeronaves e publicamos aqui, para o desfrute dos leitores do Poder Aéreo.

FOTOS: Poder Aéreo/Alexandre Galante

Subscribe
Notify of
guest
34 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Brandalise
Brandalise
10 anos atrás

Eh bonito, neh? So eh uma pena, por causa da exposicao a intemperies. Logo logo os “bichinhos” vao estar com problemas de conservacao…

Ai ai, como eu queria um Museu de Aeronautica realmente bem respaldado…

Abs!

Alexandre Galante
10 anos atrás

Brandalise, as aeronaves já foram desmontadas e retiradas do local.

Rodrigo Cesarini
Rodrigo Cesarini
10 anos atrás

Brandalise, leia o texto novamente, eles não ficam aí, é uma exposição comemorativa.

Alex
Alex
10 anos atrás

quem pertence essa peça rara.

Leandro
Leandro
10 anos atrás

Passei no centro da cidade nesse dia, teve até ribombar de canhões, o trânsito estava caótico…não consegui me aproximar para ver o comemorativo…os batedores da Marinha não deixavam ninguém se aproximar!!!

Fernando Diniz Cabral
Fernando Diniz Cabral
10 anos atrás

Uma homenagem mais justa seria um voo em formação de elementos de P47; talvez uns dois. Será que isso é possível?

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Eu sou muito fã destes Cub, ainda os considero melhores treinadores primários que os Boeros da ANAC

floresteiro
floresteiro
10 anos atrás

Eh vontade….

airacobra
airacobra
10 anos atrás

rodrigo,

concordo com voce, com os cub realmente se sente o vôo, é a mesma coisa que dirigir um fusca, voce realmente sente o carro, no caso do cub um vento lateral faz qualquer diferença, realmente faz a diferença entre pilotos de verdade

Jacubão
10 anos atrás

Não dá para negar que o P-47 foi uma lenda viva na 2ª Guerra Mundial, e o primeiro avô dos atuais A-10 da USAF, e diga-se de passagem, o A-10 foi o seu único substituto a altura.

“BRAVO ZULU”

cerberosph
cerberosph
10 anos atrás

Aluguem pode identificar o aeroporto abaixo e seus aviões? O maior em destaque é o mais fácil…….

http://maps.google.com/?ie=UTF8&t=k&om=1&ll=50.589054,30.206223&spn=0.00955,0.019956&z=16

Bruno Fernando
10 anos atrás

Que belas fotos. Lindas realmente lindas, pra quem é apaixonado por aviação militar assim como eu, é de encher os olhos, parabéns pela matéria.

Adriano Almeida
Adriano Almeida
10 anos atrás

Quem foi no Red Bull Air Race pode ver as aeronaves expostas! foi do lado do evento praticamente!
Se não me engano elas são do Musal, Campo dos Afonsos.

Roberto
Roberto
10 anos atrás

cerberosph,
A pista fica nos arredores de Kiev,Ucrânia.
Provavelmente é o aérodromo da Antonov.
Repare o maior avião do mundo na área remota.An-225.

Roberto
Roberto
10 anos atrás

Rodrigo e airacobra,
Cub?
Estou vendendo um, motor Continental 65hp.
Qualquer coisa me fala, estou sempre por aqui.

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Roberto, obrigado!

Mas atualmente eu estou gastando muito no final do meu PPH e início do PCH, fora de questão pensar em comprar um avião pra chamar de meu! 🙂

Ando seriamente em dar uma parada e fazer um PPA rapidinho, para começar logo a voar IFR.

Roberto
Roberto
10 anos atrás

É isso aí Rodrigo, vai em frente!
Até hoje eu nunca vi piloto de helicóptero desempregado.

Fabio Mayer
Fabio Mayer
10 anos atrás

Há um P-47 em exposiça permanente na Praça do Expedicionário em Curitiba. Assim como há um Gloster Meteor na frente do CINDACTA de Curitiba também.

Tomcat
Tomcat
10 anos atrás

Galante, posso estar enganado, mas não sei se é só no dia da vitória que eles são montados no monumento. Lembro de tê-los visto no ano passado, mas não sei se foi nesta data.

[ ]’ s

airacobra
airacobra
10 anos atrás

roberto,

tambem fora de questão para mim por enquanto, mas se no caso voce resolver nao se desfazer agora e esperar um pouco, num futuro proximo podemos conversar melhor sobre, mas por via das duvidas ta ai meu e-mail, angelokinho_sx@hotmail.com

Fsinzato
Fsinzato
10 anos atrás

Justa homenagem aos guerreiros do passado e principalmente aqueles que tombaram na luta pela liberdade.

Está de parabéns o responsável pela iniciativa.

Abs.

Luiz Filipe Bastos
Luiz Filipe Bastos
10 anos atrás

Alexandre eu fui na 4ª feira nas comemorações do Dia da Vitória, se quiser te passo mais algumas fotos.
Abraços

ps: finalmente fiz o gravatar..

cerberosph
cerberosph
10 anos atrás

Roberto eu já sabia do Antonov, obrigado pelas outras informações

Antonio M
Antonio M
10 anos atrás

Esse P47 se não me angano foi capa da primerira Revista ASAS e na reportagem falam do restauro mas, não restauraram o motor e não pode voar.

Parece que legislação brasileira também coloca impecilhos para o voô de aeronaves mais antigas.

Ouvi dizer que o Spitfire do Museu Asas de Um Sonho (TAM) ainda que devidamente restaurado e em condições de voô não podia voar. Não fiquei sabendo se foi liberado/cerificado ou não.

Aldo Ghisolfi
Aldo Ghisolfi
10 anos atrás

PARA AIRACOBRA: um dia, voando um querido e saudos CUB com um amigo, fui mosrar-lho o haras de PSI de um outro amigo e, como não podia deixar de ser, com o J3 bem baixinho, botei os cavalos a correr; qual não foi a minha surpres quando, ao enfrentar o vento, os cavalos , lá em baixo, começaram a passar por mim. Pode? Grande abraço.

Andre
Andre
10 anos atrás

Os 2 modelos pertencem ao acervo do MUSAL, que alias estah de parabens.

Alias o MUSAL estah de parabens pelo excelente acervo e pela manutencao do mesmo. Quem tiver oportunidade deve visita-lo, a entrada eh franca (eh isso ai, de graca mesmo). Fiquei surpreso ao ver um Starfighter da forca aerea italiana, desativado em 2004. Alem de exemplares dos Mirage III, Xavante, F-5 e o 1os prototipos do AMX e Bandeirantes. Pra matar a saudades, tem tambem um Electra nas antigas cores da Varig, simuladores, etc. Recomendo !

Rodrigo - Df
Rodrigo - Df
10 anos atrás

Belas fotos valeu….!

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Aldo, eu soube de uma destas parecida…

Que o cidadão foi dar um rasante na boiada, com um R22

O boi premiado do fazendeiro teve um enfarte, morreu..

E o cmte teve que indenizar o dono da boiada.

Não sei até onde é AFA e até onde é real, mas que a história é boa é kkkkkkkkkkk

airacobra
airacobra
10 anos atrás

caro Aldo Ghisolfi,

certas coisas não tem preço, pra outras coisas existe mastercard, rsrsrs

nesse aspecto o J3 só era sobrepujado pelo fieseler storch que dependendo do vento e aproado a ele , praticamente conseguia pairar no ar

abs

Brrr q medo...
Brrr q medo...
10 anos atrás

Quando veremos um “jug” com as cores da FAB na 2ª WW voando? Ainda é possivel? Não sendo, poderia tomar emprestado um daqueles que voam na américa? Essa coisa da legislação procede?

Brandalise
Brandalise
10 anos atrás

Galante e Cesarini, obrigado pelo toque! Verdade… my bad! Li o texto, mas rapido demais…
Mesmo assim, sinto falta de museus bem suportados no Brasil, em especial nas capitais.

Abs!

Aldo Ghisolfi
Aldo Ghisolfi
10 anos atrás

AIRACOBRA: + o PA18 e o velho e saudoso NIESS.

ALDO GHISOLFI
ALDO GHISOLFI
10 anos atrás

AIRACOBRA, em tempo: nas condições de vento que destes para o Fiesseler, qualquer um dos que citei também conseguiam ficar parados. Certa ocasião vi um colega ser empurrado pelo vento… para trás. Num Neiva, no Aeroclube de Bagé.

aldoghisolfi
aldoghisolfi
8 anos atrás

AIRACOBRA: demorei mas cheguei. Esse fato que relatei foi lá em Bagé. Sou piloto pelo aeroclube e, salvo o Storch, tivemos e todas as garças que relacionastes. Eu mesmo gostava de parar o Neiva no ar. Saudades dos tempos bons e das máquinas que usávamos…
Grande abraço.

PS: será que te conheço?