Home Noticiário Internacional Emirados podem financiar Rafale de nova geração

Emirados podem financiar Rafale de nova geração

421
139

rafale_show6

O site Defensenews anunciou que os Emirados Árabes Unidos e a França estão discutindo a proposta de desenvolvimento conjunto de uma versão de nova geração do Dassault Rafale, mais capaz.

A ideia inicial de vender o avião agora mudou para o co-desenvolvimento de uma nova versão, com novos sistemas e motores mais potentes.

O upgrade seria o radar AESA, no sistema optrônico frontal, na suíte Spectra e em novos motores M88, com 9 toneladas de empuxo, ao invés dos atuais de 7,5 toneladas.

Ainda segundo o Defensenews, um executivo disse que Paris concordou em comprar de volta os Mirage 2000-9 dos EAU e colocá-los no Armée de l’Air, enquanto a França coloca os Mirage 2000-5 à venda no mercado internacional e aposenta os Mirage 2000N.

Subscribe
Notify of
guest
139 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos
Marcos
10 anos atrás

Os franceses estão fazendo qualquer coisa para vender a JACA.
Como ainda não conseguiram, estão procurando quem se habilita a entrar nessa “coisa”, ao menos como um codesenvolvedor.
E pensar que esta BOMBA ainda tem grandes chances de vir parar aqui, só mesmo NJ e Lula, para fazer esta grande Cag…..

Marcos
Marcos
10 anos atrás

O pior é que os Miragem a venda, podem aterrisar aqui, Cruz Credo, tomara que não.

Marcelo Brandão
Marcelo Brandão
10 anos atrás

Senhores… 2000-5 é um vetor muito mais capaz do que temos hoje (2000N), e a grosso modo a logistica já esta instalada por aqui.
Pode ser uma solução interessante até chegarem os Rafale… e os “hermanos” podem ficar com os nossos 2000… pois os mirage deles estão na sua maioria no chão.
Aposto que os 2000N vão parar no Perú, Argentina, Equador…

Sirkis
Sirkis
10 anos atrás

Saudações!

Mas como fica a nossa “parceria estratégica”???????????

Boa Noite!

ricjam
ricjam
10 anos atrás

vem ai o Rafale F5EM, para a FAB

Nick
Nick
10 anos atrás

Essa proposta francesa de desenvolver e co-fabricar o Rafale (? F4+??) é sem dúvidas muito melhor que a compra de prateleira oferecida ao Brasil.
A minha dúvida seria se os EAU possuem alguma competência industrial. Ou vão entrar apenas com capital…..E claro, a planta do F-4 ficará nos EAU. Poderiam inclusive fornecer partes para a os caças a serem montados para a AdlA…. Interessante não é? A semelhança dessa proposta é muito grande com o do Gripen NG.

[]’s

rodrigo avelar
rodrigo avelar
10 anos atrás

a gente vai pagar uma fortuna pra daqui a 10 anos estarem ultrapassados, agora se os caças tampao fosse os dos EAU tava limpeza, mais ta na cara que esses MIragens 2000-5 vem pra aqui mesmo

Nick
Nick
10 anos atrás

Sobre os M2000-5…. batam 3 vezes na madeira… tudo menos isso!

[]’s

Luan
Luan
10 anos atrás

Não intendo!Não exportou pra ninguem e ja quer abrir mais duas linhas de produções?uma SÓ para 36 aviões??

A dassault ja esta com o pé na lama mas não vai descansar até enfiar a barriga.

[]’s

Wolfpack
Wolfpack
10 anos atrás

Opa Mirage 2000-5 a venda? O Hornet já tinha postado a nota acima. Agora isso não impede uma parceria Brasil x França para produção local do Rafale BR. Se eles podem transferir uma linha para o deserto de Dubai, para o Brasil será mais fácil ainda. No caso de Dubai, provavelmente tudo será CKD, e a montagem final no paraíso do Oriente Médio. Está o parceiro para diluir o tão falado custo Rafale com o Brasil e França. Se vingar, outros parceiros aparecerão. O FX2 está em standby aguardando algumas decisões: MRCA Indiano, Super Tucanos para o Tio Sam e… Read more »

Luan
Luan
10 anos atrás

Só sei que,como os esquilos,o Rafale NUNCA será Brasileiro.Agora temos a oportunidade de,daqui a alguns anos,dizer que sim,temos um avião de combate brasileiro,mas isso só é possivel de uma forma…e,como diz o Felipe,é:”aprender fazendo!”

[]’s

felipe alberto
felipe alberto
10 anos atrás

bonito erro que os arabes fizeram em escolher o rafale, tomara que corrigam parte do erro com essa nova geração.

robert
robert
10 anos atrás

q q adianta atualizar um projeto já defasado?

eles deveriam então projetar um 5g, não remendar mais esse treco que não vende.

a dassault daqui a poco tá pagando pro povo leva essa jaca.

eu nunca tinha concordado, mas agora tá definido:

RAFALE = JACA

JACALE!

Luis
Luis
10 anos atrás

Podem esquecer a FAB não vai comprar mais M2000 seja qual for, so vai gastar com um vetor novo zerado.
Até a desativação dos F5M nossos novos caças já estarão aqui, e não sei não acho que o Rafale vai rodar se os EUA baterem o martelo com relação aos EMB-314 ai vai ser F/A-18 SH.

Adrik
Adrik
10 anos atrás

Ué, o avião acabou de sair do forno e já se fala na nova geração, sendo uma das principais mudanças a suite de eletrônicos e sistemas SPECTRA. Mas não era esse SPECTRA que era o grande “Tcham” dessa aeronave?

Não entendi nada…

Abraços sinceros e fraternais a todos

skywalker
skywalker
10 anos atrás

Se o Rafale é uma jaca, eu não sei, embora respeite a opinião dos colegas. O que eu sei é a raiva que o pessoal dos PAMAER passou com o “suporte técnico” dos franceses, inexistente, arrogante e mal ajambrado. Não fosse o jogo de cintura e a inteligência de nosso pessoal técnico, os Mirage III ficariam parados por muito tempo. Será que isso mudou de lá prá cá? Ou teremos que comer a jaca tendo que engolir os caroços?

ZE
ZE
10 anos atrás

É mais um factóide. Trata-se de mais uma notícia boba. Essa notícia deve ser irmã daquela do desenvolvimento do manto de plasma do Rafale (lembram-se, o Rafale ficaria invisível). Há dias atrás, 60 Rafale iriam ser vendidos a Abu Dhabi. Mas ao que parece, mudaram de idéia como quem muda de roupa. Esta semana, vão fazer um Rafale NG. Mal posso esperar o factóide da próxima semana!!! OBS: Gripen NG não pode, não dá, é um arremedo, não vai funcionar… Mas o Rafale NG pode, é viável… Muitas pessoas têm dois pesos e duas medidas!!!! Obs2: Se o Gripen é… Read more »

Harry
Harry
10 anos atrás

Caro Nick os arabes vão entrar apenas com capital…..dizem o que querem e como querem e bancam, dolares é que não lhes falta.

Agora este nova Jaca não é a Jaca comprada pelo Brasil, ou alguem acha que os arabes financiam o projeto e o Brasil leva de graça.

Engraçado seria ver o NJ anunciando a participação do Brasil nesse projeto
e justificando o dimdim a mais a desembolsar.

………Mas não era esse SPECTRA que era o grande “Tcham” dessa aeronave?
Não entendi nada…
Adrik só sendo um rafaleco pra entender

Abs

ZE
ZE
10 anos atrás

Nick disse: 4 de maio de 2010 às 22:54 Permita-me responder essa questão, amigo Nick. Abu Dhabi importa quase tudo, inclusive mão-de-obra. A carência é tão completa que eles importam mão-de-obra especializada e não especializada. Cerca de 80% de sua população é composta por imigrantes. Ontem aqui no Blog, alguém acertadamente postou que a indústria do turismo lá levou cerca de 15 anos para ser construída. Eles tiveram que importar, desde o Chef até pessoas para limpar os quartos. Portanto, a competência industrial deles é zero, ou próximo de zero. No mais, vamos esperar para ver o que vai acontecer… Read more »

Harry
Harry
10 anos atrás

Ronaldo disse:
4 de maio de 2010 às 23:33
È muito engraçado, ver pessoas chamando o Rafale de jaca.

Engraçado é ver que os arabes estão mandando colocar ar condicionado e retrovisor na Jaca, para dar uma melhorada, enquanto nós……….

ST dentro de sua categoria é o que existe de melhor, da sim para se orgulha da engenharia brasileira.

Abs

Sirkis
Sirkis
10 anos atrás

Saudações ZE!

Sabemos que é um factóide, mas deixe o pessoal acreditar, até já surgiu o Rafale BR. risos

Boa Noite!

Kojak
Kojak
10 anos atrás

O turminha que enche o saco…sempre o mesmo clubinho…
o clube da banana sueca inconformada…
já se é esperado um novo motor de 9 toneladas futuramente…
o Rafale sempre irá evoluir…
já a mosca sueca NewGambiarra será enterrada de vez…

X-nobe
X-nobe
10 anos atrás

Pó meu, não lave os fãs do Gripen tentar repetir a zuação que a gente faz com vocês, se vocês querem zuar com os rafalecos, pelo menos sejam originais hehehehe

Marco Nunes
Marco Nunes
10 anos atrás

O pessoal pode até chamar de jaca, mas sem entrar no mérito da questão, é uma jaca bonita pra caramba!! 😉

Abração a todos, sejam defensores de Suecos, Franceses, Russos ou Americanos.

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

E vem ai mais um possível cliente externo do Rafale, que os rafalistas vão chamar de vendas externas confirmadas.

Daqui a pouco isto cairá no esquecimento, como todas as outras possíveis vendas deste avião meia-boca.

Se os franceses fossem homens, resolvessem os problemas elétricos sem enrolar e fizessem uma proposta descente valeria a pena.

Do jeito que está é melhor irmos ano que vem ao velho mundo ver o que tem por lá.

sr.ricardo
sr.ricardo
10 anos atrás

É. . . . . . de repente . . . . . vai que dá ?
Aí ele empata com SuperHornet que tem 2 usuários.
De tabela, se ele vencer o FX-2, a FAB pode aproveitar a versão Rafale “NG”.

Será que eles vão fazer um capeta, digo, DEMO tbm ? hehehehe.

Off Topic :
Agradço aos senhores editores pela atenção dispensada em outro post com a requerida resposta. Particularmente não vejo problemas em os editores ou o blog declararem suas preferências.

Lywis
Lywis
10 anos atrás

Jaca… Rafaleco… e dá-lhe os defensores do aviãozinho (Gripen NG) rsrsr… O fato de se pensar em uma nova versão não significa que a atual está desatualizada, este é o processo mais normal existente entre os grandes produtores de tecnologia, assim que uma é lançada, já se começa a configurar a que irá substituí-la, simples assim. E se eu fosse da realeza em um país patriarcal, onde os líderes nadam em dinheiro, iria querer mesmo estar a frente de todos. É bom lembrar que os Emirados Arabes adquiriram os F-16 E/F, quando nem sequer os EUA os tinha, sendo naquele… Read more »

Drcockroach
Drcockroach
10 anos atrás

Estas negociacoes jah estao acontecendo faz algum tempo. Especificamente quanto ao motor, eh uma exigencia dos EAU a modificacao. Aparentemente, carregado, o Rafale apresenta problemas:

“The French version is not optimal for take-offs in hot and dry countries, or if the plane is heavily loaded with fuel and ammunition, according to Alain Ruello, an editor with Les Echos, a French business newspaper” http://www.thenational.ae/apps/pbcs.dll/article?AID=/20090929/BUSINESS/709299930/1005

Qual eh a versao do Rafale oferecida ao Brasil? Teria um motor + potente?

[]s!

Almeida
Almeida
10 anos atrás

Boa negociação dos EAU. Como eu sempre disse, gosto do Rafale, o que não desce é a proposta feita ao Brasil e o número pequeno de unidades vendidas/fabricadas. Com 120+ F3 na França e 36 no Brasil, mais esses 60 F4 dos EAU com essas modernizações, sim, o Rafale finalmente ganharia alguma escala e teria garantia de atualização até 2030. Resta saber se vamos comprar os Rafale do jeito que foram oferecidos à nós ou se vamos forçar a França a rever sua proposta e nos colocar como parceiros deste projeto conjunto com os EAU. E será que a França… Read more »

Nelson Lima
Nelson Lima
10 anos atrás

Eu não opino mais. Só espero que nossas autoridades leiam esse blog.

Eleazar Moura Jr.
Eleazar Moura Jr.
10 anos atrás

Grande Marcelo Brandão, apenas para retificar o que vc. disse:é que na verdade os Mirages 2000 que adquirimos da França, de segunda-mão, são Mirages 2000 C e não N. Os “N” são Mirages 2000 produzidos/configurados exclusivamente para o ataque à baixa altitude e Nuclear e só a França os possui.O 2000-5 ainda causaria um certo respeito no teatro sul-americano com seu bom radar RDY e seus mísseis MICA, no entanto, prefiro um caça novo, já chaga de paliativos e compras de prateleiras.

Giordani RS
Giordani RS
10 anos atrás

Legítima notícia para deixar as “gripetes” arrepiadinhas!
Na boa, que palhaçada…já não bastava um “avião da Mulher Maravilha”? Agora dois?!?!
Rafaele NG é ruim hein? Daqui à pouco vai surgir o F-5EM NG!!!

“temô lascado”…

PS.: Mirage 2000-5 na FAB daría uma boa equilibrada na Balança do Terror Sulamericana…e afundaria a FAA ainda mais…hehehehe…

Vader
Vader
10 anos atrás

Notícia velha. E falsa.

LBacelar
LBacelar
10 anos atrás

A Tchurminha do Aviaumzinhuu fica ouriçada quando ver uma notícia do Rafale hehhe

É O Rafale já está indo para o padrão F4 enquanto o aviaumzinhu de auto cad vai se afundando na M…. rsrsrs

Agora a pergunta que não quer calar… Pq a força aérea sueca não quer essa bomba???

Allez Rafale!!!

E segue o enterro

Milan
Milan
10 anos atrás

O Luis ali em cima disse tudo:

“se os EUA baterem o martelo com relação aos EMB-314 ai vai ser F/A-18 SH”

Marcos
Marcos
10 anos atrás

Interessante mais o SH é a aeronave de ponta dos EUA e, testada e retestada em varias guerras, o rafaleco já foi a alguma? Ou só tera aquele video do Afeganistão que o mostra lançando uma bomba, e que as imagens não mostra nem se acertou ou não o alvo. Na boa querer falar mal do vespão, que seja ao menos com alguma aeronave de COMBATE e não um projeto falido (Já nasceu Morto) que não vende e pior, só oferecendo mundos e fundos para ver se engana alguem, e até agora nem os mais bobos, estão querendo, já estão… Read more »

Curvo
Curvo
10 anos atrás

Caro Ronaldo

Só haveria a possibilidade de haver este enfrentamento se brigássemos com a França, pois do contrário esta hipótese será beeeemmm remota e, se por acaso houver (acredito que os franceses virão para a nossa CRUZEX, não é isso ? ao que me parece os vespões também) veremos a real disponibilidade e eficiência destes, mas que continuam sendo caríssimos e de manutenção complicada (cara e complicada mesmo!) muito dificilmente me tiraram isto da cabeça ! Primeiro convençam a FAB , aos pilotos e aos mecânicos, depois a gente conversa !

grifo
grifo
10 anos atrás

Para os rafaletes, algumas perguntas:

Se o Rafale era o grande destruidor de Typhoons e o esfregador de F-22, porque é que ele precisa de um motor mais potente?

Se o radar AESA já estava pronto, como é que agora os EAU vão participar do desenvolvimento dele?

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Mas não esqueçam que o velho Phantom II é o grande esfregador de Rafales, com os seus motores fumacentos, que devem obstruir os poderosos OSF e Spectra kkkkkkkkk

Antonio M
Antonio M
10 anos atrás

Por que a França não ofereceu logo de cara o desenvolvimento do “Rafale NG” ?!?!?!?!?!

Novamente querem empurrar o refugo para gente !!!!

Se os defensores do Rafale gostaram da idéia então já estavam certos os defensores do Grippen NG, participar do desenvolvimento de um projeto e adquirir know-how e parceria para um projeto de 5ª geração. Alías o Grippen NG já voa sim, podem até chamar de DEMO, mas que já voa, voa!!

E se o Rafale é caro e tem o custo de hora de voô altíssimo, o novo modelo será diferente ?!?!?!?!?! duvido.

Hugo
Hugo
10 anos atrás

Agora o Rafale também é avião de papel. Mas, ao contrário da Suécia, duvido que a França deixe o Brasil participar do desenvolvimento dele.

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

Olá, O Rafale esta terminando a atualização para o Padrão F-3 e uma das maiores petro-economias do mundo quer financiar o padrão F-4, se concretizar isso é uma prova clara que os Franceses são bons no que fazem, se não bastaria comprar algo pronto de prateleira, para que financiar algo se pode comprar pronto? : 1) Configurar conforme a sua necessidade; 2) País de origem com bom retrospecto no que faz; Enquanto isso a concorrente implora para alguem financiar o primeiro caça, já que nem o governo local se interessa por ele. Não adianta os adoradores do caça-mulher maravilha tentar… Read more »

Fabio Mayer
Fabio Mayer
10 anos atrás

Vem aí um lote de Mrages 2000-5 para fechar o FX-2 com chave de ouro!

Ricardo
Ricardo
10 anos atrás

MEU TIO É OFICIAL DA FAB ELE ME DISSE QUE A TECNOLOGIA DA FANÇA ESTÁ PELO MESMO UNS 10 ANOS ATRÁS DOS AVIÕES AMERIANOS E RUSSOS.
NA OPINÃO DELA A MELHOR OPÇÃO PARA O BRASIL ERA OS AVIÕES RUSSOS POR CAUSA DA AUTONOMIA E PORQUE COBRE TODO TERRITORIO NACIONAL SEM PRECISA REABASTECER.

Antonio M
Antonio M
10 anos atrás

“…Enquanto isso a concorrente implora para alguem financiar o primeiro caça, já que nem o governo local se interessa por ele….”

Há até matéria aqui no blog, com o governo sueco confirmando encomenda do NG.

Mas, do que adiantam compras do governo, como no caso do Rafale, e só o goveno local comprar, mais ninguém ?!?!!?

Paulo Rick
Paulo Rick
10 anos atrás

Srs. Como todos os caças, o Rafale está sendo continuamente desenvolvido, já tivemos a versão F-1, F-2, agora, estamos na versão F-3, para o Brasil foi oferecida a versão F-3+, que já conta com o radar AESA e vários outros melhoramentos, quanto a turbina, ela já foi modificada, e hoje, está com uma nova versão, a M-88-2 TCO, a versão de 9 toneladas, é a M-88-2 ECO, essa sigla é um programa de desenvolvimento da mesma turbina, com ela o Rafale terá um peso máximo de 27,5 toneladas. A versão oferecida ao Brasil é a F-3+, com radar AESA, FSO… Read more »

Paulo Rick
Paulo Rick
10 anos atrás

Antonio,

Nenhum Gripen NG será encomendado pela Suecia, que acabou de aprovar os upgrades do Gripen C até o fim de sua vida útil. A Suecia não investirá no lançamento do Gripen NG, sem algum parceiro externo, trata-se de um caça feito para a exportação, sem isso nada feito, o programa será encerrado.

[ ]´s

Nick
Nick
10 anos atrás

Caro Ricardo,

Seu tio Oficial da FAB está certo. A França está atrasada eu não diria 20, mas 15 anos atrás dos EUA e Russia, em matéria de caças. E concordo que para o Brasil, os caças Russos(especificamente o SU-35 BM e o projeto PAKFA) se encaixaria bem no TO Brasileiro.

[]’s

Paulo Rick
Paulo Rick
10 anos atrás

Eu gosto muito quando oficiais da FAB falam besteiras, ou dizem que eles falaram, nenhum dos caças cobre inteiramente o território brasileiro, isso é fantasia. A tecnologia francesa é o estado da arte, é certo que em algumas coisas os EUA estão melhores, porém, o caça oferecido ao Brasil, o F-18E é bem inferior tecnologicamente ao Rafale, trata-se, de um reprojeto de um caça de 1974, e nada feliz. A tecnologia para nós é a que está sendo oferecida. Quanto aos russos, eles estão mais avançados em algumas áreas, e mais atrasados em outras, por sinal, nunca tiveram superioridade na… Read more »

Antonio M
Antonio M
10 anos atrás

Pode ser Paulo mas, governo sueco não havia deixado o Grippen Demo/NG voar pois havia feito requisições de melhorias no modelo, e o orgão gestor sueco não permitira que usasse o espaço aéreo do país até que estivesse tudo certificado. Se os modelos Grippen C/D serão modernizados para o padrão NG, ótimo. Prova que o NG existe. E o governo sueco não comprar um modelo de “uso exclusivo” está correto pois não cometerá o mesmo erro da França em relação ao Rafale. E se a Dassault quisesse já teríam oferecido a parceria do F4 desde o início. Se o Brasil… Read more »