Home Sistemas de Armas Fotos do primeiro voo do PAK FA, o caça de 5ª geração...

Fotos do primeiro voo do PAK FA, o caça de 5ª geração russo

238
70

PAK FA 1

O tão esperado caça de 5ª geração da Rússia fez seu primeiro voo de 45 minutos hoje, depois do adiamento de 24h, devido às péssimas condições de tempo.

O porta-voz da Sukhoi, Olga Kayukova, disse que a performance do avião foi soberba, atingindo todas as expectativas.

A Russia vem desenvolvendo o PAK FA desde 1990. Oficiais da Força Aérea dizem que o caça “stealth” deve entrar em serviço em 2015. O Sukhoi PAK FA / T-50 foi projetado para competir com o F-22 Raptor e tem certa semelhança com este.

A Índia, que tem uma longa história de compra de equipamentos russos, é o único parceiro da Rússia no projeto. A Hindustan Aeronautics Ltd (HAL) vai participar com 25% do projeto e desenvolvimento. Será desenvolvida uma versão biplace especialmente para a Índia.

PAK FA 3

PAK FA 2

SAIBA MAIS:

70 COMMENTS

  1. FOOOOOOOOOORA F-X2ZINHO!!!!!!!!!!!!! FOOOOOORA GRIPADINHO, BICUDINHO E VEINHO QUE COM O PAKFAZINHO DO MEU PAVELZINHO NAO TEM MAIS LUGAR NO CEU PRA AVIAOZINHO!!!!!!!!!!! VIVA O FX3ZAO DO MEU PAVELZAO !!!!!!!!!!!!!

  2. E ele ainda tem um verrugao no alto do narizao quem nem a vovo´ veia aqui!!!!!!! Aviao de bicao pra colocar radarzao e nao aviao bicudinho pra botar radarzinho!!!! E nem gripadinho nem veinho!!!!!

    Foooooooooora FX2zinho de franceizinho suecinho e americaninho pra paizinho!!!!!!!!!!!!!! Viiiiiiiiva o Pakfazao pro Brasilzaaaaooooo!!!!

  3. Um dos momentos mais esperado para nós entusiasta! Incrível… agora acabaram todas as dúvidas!!! Que pena não ter a bandeirinha do Brasil na fuselagem!
    Mas para mim, é marcante alguns aspectos dos desenhos Russos no avião!

  4. Vamos por partes.
    Se o Brasil não quis entrar no SU que já é um avião que está voando alguém acha que o PAK tem alguma chance na FAB? No mais, como foi dito, vai demorar anos para ser operacional (se isto acontecer).
    O Brasil perdeu o bonde para o PAK quado o SU foi desclassificado no FX-2, se algum dia formos discutir com eles uma compra, vai ser uma compra de Prateleira como diz o Jobim, ou seja, fora do discurso atual ou algum governo futuro vai querer ser parceiro estratégico dos russos para receber TT irrestrita..
    []

  5. O Único problema é q as saidas das turbinas quebraram o visual stealth do caça.
    Mas mesmo assim é mto bonito, e deve ter toda a robuste de um genuino caça russo!

    Tá ai senhoes governantes “brasilianos” poderiamos ter entrado nesse programa e nao dependeriamos do FX da vida….enfim, no brasil as coisas sempre sao mais complicadas para o povo, e mais simples para a corrupção dos nossos governantes.

  6. Parabéns aos editores do Blog!

    Mais uma vez voces nos surpreendem e já vou fazer a minha inscrição na trilogia do blog. Estava justamente esperando do T-50 – protótipo – voar.

    Lindo avião. Normal comparar o seu desenho com o F22. Afinal ja compararam o Su27 com o F15…

  7. Pelo menos na corcunda ele puxou a família Su-27/30/35.
    Humberto acho que pelo fato de só existir 5ª geração nos EUA com F-22 e F-35, o PAK-FA agora que todos viram que existe, ou seja, que já saiu da prancheta, tem grande possibilidades de conseguir parceiros de outros países se o problema for dinheiro para desenvolvê-lo.
    Não sei se para 2015 mas até 2017/2018 ele provavelmente estará operacional. E quem se dispor a entrar com dinheiro ainda tem vaga nesse projeto, talvez nos mesmos moldes do F-35, apenas com parcial ou pouca transferências de tecnologia. Dúvido que a Rússia recuse dinheiro para terminar esse projeto que tem cara de sucesso.

  8. To boquiaberto…

    agora cade os suecófilos e americanófilos que viviam dizendo que PAKFA não voaria nem tão cedo????

    Parabéns aos russos e indianos que com todas as limitações orçamentárias conseguiram fazer voar mais um caça de 5ª geração

  9. @Zago… se não me falha a memória, o prototipo utiliza as turbinas do SU-35BM, pois são confiáveis e já estão maduras… a turbina do PAK-FA ainda não foi finalizada.

    me corrijam se falei bobagem.

    []´s

  10. LBacelar e Alexandre Galante,

    Não se preocupem não que a próxima conversa dos que insistem em dúvidar da capacidade russa será a de que nunca serão operacionais.

  11. O modelo ainda é um protótipo, deve evoluir muito até chegar o modelo final! Quem lembra do primeiro Su-27? Um patão feio! Os primeiros protótipos do F-22 também não eram bonitinho não! Assim como os F-35 tem evoluido suas linhas para ficar mais “bonitinhos”.

    Abraços,

  12. É um cruzamento de F-22 com Su-27! com certeza o bocal dos motores não serão estes na versão de produção. Aqueles bocais me lembram o caso da deriva do F-102, ou seja, feito as pressas para concluir o cronograma…essa máquina vai mudar muito antes de entrar em produção e se assemelhará cada vez mais com o YF-23…

  13. Hehehehe, a Véia Vovódka e o Welington devem estar que nem papai novo quando vê a primeira vez o filhinho, ahahahaha… 🙂 Parabéns aos dois pelo “bebê novo”…

    Realmente trata-se de uma aeronave linda. Na verdade, achei que as concepções que rolaram pela net (eu trouxe uma delas pro Aéreo, uma que tinha a tomada de ar em cima das asas) ficaram muito abaixo do seu desenho final. Ficou lindo, em minha opinião muito mais belo que o F-22.

    Com certeza deve estar “tocando o horror” na USAF e no Pentágono numa hora dessas, rsrsrs. Bom, muito bom, competição é sempre bom…

    Mas pergunto aos colegas: o bico, a tomada de ar e a tubeira de saída da turbina não lhes parecem um pouco convencionais demais? Algúem confirma que as turbinas não são as definitivas? Porque a remanescer assim terá decerto uma grande assinatura IR.

    Outra coisa que achei estranha foi a tomada de ar, quadrada como a do F-15. Deve também contribui para um aumento no RCS.

    Ou será que a intenção russa não foi fazer um caça inteiramente stealth, mas sim um apenas com baixa assinatura radar, como o Super-Hornet quando desarmado, ou o F-15 Silent?

    No mais, aguardemos maiores detalhes.

    Sds.

  14. Bom dia a todos

    Nossa um belissimo avião isso me faz lembrar do Su no F-x2
    eh acho ke essa bocada nos perdemos. Pelo menos isso prova ke o urso não eh mais o mesmo mais ainda naum perdeu todas as suas garras

    abs

  15. que pena brasil!!assinaram acordo com russia,nao mas entraram!!poderia ter-lo fabricado no brasil!!seria fantastico!!mi35 nos entregaram no prazo!!nao seria compra de´pratelera!!que falta de visaõ de futuro para fab!!parem de gastar dinheiro do povo no não interessa para povo!!é brincadeira fx2 demorar dez anos para se decidir!!defesa é estrategico para pais!!tenho esperança que nossas autoridades acordem vejam que caça para fab de quinta geraçao pak50numa versao ocidental!!rusia tem equimamentos que brasil poderia adquirir s300 defesa aerea,svhal torpedo!!dinheiro compra que vc quizer dos russos!!isso é negocio!!

  16. Ficou bonito, preferia um desenho mas origianl como o do Su-47 mas fazer o que . . . .
    Gostei especialmente da deriva pequena e do motor (aparentemente) de vetoração tridimencional ao invés daquele “pico-de-pato” do F-22

    Antes que digam que é uma cópia do Raptor:
    “Requerimentos semelhantes podem produzir aviões semelhantes.”

  17. A END prevê o desenvolvimento ou a parceria no desenvolvimento de um caça de 5° G, alguém tem idéia de quando e com quais os potenciais parceiros?

  18. É a tal história, necessidades semelhantes levam a soluções semelhantes.
    A 1ª impressão é a de que foram na cola da tecnologia americana, c/ algumas simplificações pelo menos na forma.
    Alinharam tdas as superficies e em relação aos Flankers anteriores aproveitaram o espaço entre as entradas de ar e rebaixaram a fuselagem dianteira p/ entre as asas.
    Ao contrário do F-22 e do F-18E/F chanfraram as tomadas de ar somente em um plano
    Falta ver como ocultaram a face do compressor primário da turbina, se tem porta-bombas, se há serrilhamento nas tampas, etc…
    Pessoalmente ficou assim c/ cara de um JSF grandalhão.

  19. SE o fx-2 for atrapalhar a campanha da Dilma não teremos novos caças.

    daí…

    SE o proximo presedente não for a Dilma.
    SE o brasil resolver que é um “player” global,que agora joga no time dos ricos, defensor do atlantico sul,aspirante ao CS; Acredito que tem espaço para um projeto dessa magnitude.

    até defendo, quem sabe o Fx-2(seja quem for) como low e o T-50 com hi.

    Agora, a minha pegunta é mais complexa.
    alguém tem idéai da saúde da MiG,IL,Tupolev,Yakovlev??

  20. Belíssima aeronave, ou melhor, Belonave…

    Interessante é a parte traseira da fuselagem, notadamente a montagem dos motores.
    Há uma distânica grante entre eles, no estilo do saudoso F-14 Tomcat, mas também dos Su-27 Flankers, que deve deixar muito espaço entre os motores para combustível ou mesmo bomb bay, quem sabe.
    Outro ponto é que a visão por trás do PAK-FA não deve ser muito furtiva, considerando a exposição dos exaustores da turbina naquele formato, bem estilo Flanker.

    Outro ponto que se confirma é que com o F-22 Raptor já operacional e a entrada em operação dos PAK-FA e F-35 Lightning II nesta década que se inicia, todos os caças de geração 4,5 estarão obsoletos para cenários de alta intensidade entre 10 e 15 anos.

    Acho bom acabar com esta cantiga de o F-X2 é um projeto para superioridade aérea para 30 ou 40 anos. A velocidade do conhecimento não permite isto, na verdade nunca permitiu.
    Temos que pensar em vida útil (na primeira linha de combate) de no máximo 20 anos, algo como outros países mais experientes já o fazem.
    Apóes este período aproveitamos o restante da vida operacional em missões secundárias, mas já deverá existir um novo vetor entrando em serviço.
    Bem, esta é minha visão.

    Abç,
    Ivan.

  21. Acho que os russos também estão usando materiais compostos que absorvem radiação nos bucais de exaustão como o F-35, é o único jeito, já que essa exaustão grande e redonda so atapalha o RCS.

    Mas comparar esse ao F-22 ainda não sei. Esse ainda me parece pouco furtivo.

    Está na hora dos russos estudarem uma urbina mais compacta, essa não deu muito certo. Vejam! o avião já é um colosso de grande, tem turbinas monstruosas e seus misseis também seram grandes.

    Vamos esperar mais uns 5 anos para ver se esse prototipo evolui e fica mais com cara de “mau” igual a familia Su-27/30/35/37

  22. O nosso programa FX-2 de aquisição de caças está sendo tão rápido que estamos sendo alcançados pelo PAK-FA. Penso que a esta altura é melhor cancelar o FX-2, o que agradará a gregos e a troianos.

  23. Achei o avião feio. É pouco esguio, e os bocais de entrada do motor têm um desenho muito quadrado.
    Aparentemente têm uma dependência muito grande entre o ângulo de visada e a furtividade.
    Alguém têm notícias sobre os aviônicos do bichinho?

  24. Fora Rafale! Bem vindos PAKFA!

    O design lembra tanto seu predecessor SU-27, como os Sthealths Americanos(F-22 e F23). Já comentários que ele possuiu uma bombbay secundário nas asas para armazenar pequenos misseis que seriam atirados para trás, alias no estilo do FireFox… 🙂
    Mesmo que esses ae viessem só para montar na Embraer, e custassem a mesma coisa que o Rafale, ae SIM eu apoiaria sem restrições essa PARCERIA!!

    []’s

    Campanha Fora Rafale Bemvindo PAKFA agora 😀 que venha o FX-3!

  25. Ivan em 29 jan, 2010 às 10:03,

    Perfeito, o meu raciocínio é esse também, mas só lembrando que no nosso cenário a 4,5ª geração vai durar bem mais que 20 anos.

    Um abç.

  26. germa em 29 jan, 2010 às 10:02

    Estão quase falidas. Há alguns boatos de que a MiG (é assim que se escreve) está pretedendo o mercado civil, como a Sukhoi ja fez com o seu novo jato. Estão migrando para nichos onde a Embraer trabalha.

    É melhor abrirmos o olho, pos para essas empresas se salvarem de uma futura falencia, vão entrar no mercado civil e deixa o militar para o segundo plano.

  27. Também achei estranho os exaustores da turbina, parece ser uma solução provisória para por o primeiro protótipo voando dentro do cronograma …

    Se eu não me engano o que o amigo Tik falou foi noticiado mesmo: ” O protótipo utiliza as turbinas do SU-35BM, pois são confiáveis e já estão maduras… a turbina do PAK-FA ainda não foi finalizada.”

    Alguém sabe de algo?

  28. Gente, porfavor…. Não havia chance te transferência de tecnologia sensivel da russia parao Brasil, por isso a FAB não colocou o Su-30 (bela nave) na ultima lista (no pódium).

    O Brasil não vai ter T.T. de ninguem.

    Os EUA não passam pois tem medo do brasil vaza-las para a China.
    A Rùssia tem medo de vasarmos para os EUA
    Europa então nem se fala.

    Não temos chances nem com o Rafale.

    Isso é culpa do Brasil.

    O Brasil é tão bonsinho que tem vários amigos, mas nenhum é nosso melhor amigo para nos passar a T.T. dos nossos sonhos.

    Vocês acham que sabem de aviação? Ficam ai sonhando com um Su-35 no Brasil. Vocês simplesmente não pensam, só agem, bem o jeitinho brasileiro de ser.

    É meus amiginhos, vamos parar de chorar e aceitar os fatos!

    Somos um país exportador de materia prima, fabricante de comodities.

    Mesmo depois de ricos, ainda seremos escrachados por países minusculos.

    Podemos sim ser “players” no mundo, mas o Brasil só vai no Single Player, ou seuja, sem time, um jogador se time, fora dos grandes.

    Não somos um país fabricantes, somos compradores de armas.

    Aceitem, sonhar é bom, mas não podemos alimentar falsas esperanças.

    Abraços a todos
    FLY

  29. Vamos ver se o LULA compra esse aí “por fora” na troca por carne de frango com os russos. é melhor comprar na prateleira do que esperar estas supostas transferencias de tecnologia. Só se aprende fazendo. como nós compramos os crocodilos MI-35 já um certo pézinho nosso na russia. Quem sabe.

  30. Acho que esse prototipo ainda passará por várias modificações, por conta da turbina como foi comentado pelo felipe e eu duvido que todos os sistemas já estejam testados e definidos.

    Mas algo interessante é que esse modelo não tem cabide externo de armas. Então se continuar assim não será um “meio-stealth” aparentemente.

  31. “jsilva em 29 jan, 2010 às 10:25”

    J Silva,

    Vc tem razão.
    Nosso cenário na América Latina vai de geração 4,5 por vinte anos, talvez mais, considerando apenas os atores locais.

    Contudo há dois fatores que devemos considerar:

    Primeiro – quando atores externos entrarem em algum Teatro de Operarações (TO) da América Latina, como ficamos? Impossível?
    Lembra a Inglaterra nas Malvinas (mesmo considerando a arbitrariedade da Junta Militar Argentina)?

    Segundo – quando o Brasil, que está crescendo com erros e acertos, se apresentar em um TO externo, como Força de Paz ou simplesmente força? Impossível?
    Lembra de Suez, Equador/Peru, Angola e Haiti?

    No meu entendimento devemos completar o F-X2 para termos um vetor atualizado para esta década e começo da próxima (15 anos), isto é essencial. Mas temos que ter consciência que em 20 anos teremos que ter um novo vetor de superioridade aérea entrando em serviço.
    Potência regional não é suficiente para o futuro do Brasil, mas mesmo esta meta não se cumpre se não houver meios de dissuadir outros tantos de atuar nos TOs regionais do nosso interesse.

    Abç,
    Ivan.

  32. Configuração de cauda tradicional, sem canards, bastante parecido com o F-22.
    Como é de praxe nos projetos da Sukhoi parece ter um radar de cauda e um IRST e o afastamento dos motores (com TVN 3D ??) sugere que tem um compartimento interno de armas maior do que o do F-22 (???).

    Sem dúvida pode ser detectado por um IRST a 150 km e por um radar de baixa frequência a 500 km. Irão cair feito moscas. rrsrsrs..

    “Pau que dá em Chico dá em Francisco”. rsrss
    Agora é a minha vez.rsrsrs..

  33. De frente tem um jeitão de concorde não?

    Sobre o “fora FX2”, acho que uma coisa não tem nada a ver com a outra. Se não houver FX2 creio que a próproa existencia fa FA pode começar a ser questionada. Os F5 tem o seu lugar mas não podem responder como vetor principal de nossa defesa aérea.

    Outra coisa que temos que pensar é o seguinte: Suecos e franceses não vão se mexer? Quem sabe um pouco de história sabe que vão… É claro que o F35 é a solução mais facil mas acho que por ali (Suécia e França) também vão aparecer novas oportunidades.

    O FX2 vai ser um fill gap de luxo… se não for o Gripen vai ter espaço para um caça leve e daqui a 15 anos estaremos recebendo os 1os caças de 5a geração.

    abrs

  34. Ontem eu li que o Brasil ultrapassou a Rússia em publicações científicas. KKKKKkkkkk…
    Acredite quem quiser.
    Eu não acredito. Pelo menos não acredito que tenhamos um volume de publicações de qualidade. Sem dúvida, como somos um país “pra inglês ver” entrou até “trabalho de conclusão de curso de graduação” e trabalho de feira científica do ginásio pra fazer volume e enganar trouxas.
    Também em cursos de especialização hoje é obrigatório a apresentação de “monografias”, que antes só eram exigidas em cursos de mestrado. Claro que isso gera uma montanha de trabalhos que irão engordar os índices relativos à publicação científica do país. Uma pena já que provavelmente não tem nem 10% que sirva para algo.
    Não posso acreditar que a Rússia, que tem um consistente programa espacial há mais de 60 anos, que produz armas nucleares, uma pujante indústria aeroespacial e militar produza menos que o Brasil.
    Parabéns a Rússia e ao povo russo.

  35. Belo aparelho, o design que ficou um pouco fora do que imaginavamos, mas o prototipo e ja é um passo enorme pra quem dizia que só iria acontecer em 10 anos o voo do primeiro demonstrador, é a russia vem com tudo de novo, vamos torcer pelo PAK-FA vai que sobra um espacinho para o Brasil entrar de possivel colaborador no projeto ja que eles admitem a Embraer como parceira é hora de começar a negociar o 5 geração e comprar os caça tampão de novo, usalos por uns 20 anos e quem sabe um dia possuir um esquadrão ou varios de PAK-FA T-50.

    Ficarei torcendo,

    Danilo

  36. Será que já existe definição de qual será o custo de fabrição?

    Desculpem-me mas por fora é mais do mesmo, estes aviões Stealth estão ficando muito parecidos.

    Comemoro a existência de uma força capaz de produzir algo tão avançado assim como a China.

    **Agora Primo se esconde para levar uma saraivada de tomates.

    eheeh é desse tamanho todo para competir com o F22 ou com o B2?

  37. Ivan em 29 jan, 2010 às 11:08,

    Concordo. Na verdade estava querendo ressaltar que o F-X2 tem seu valor como plataforma para agora (2014), eles vão ter seu valor nos primeiros 15 a 20 anos e vão ser uma solução no perfil How respeitável nos últimos 10 anos.

    Abç.

  38. Olá amigos, escrevi a alguns dias atras aqui, que a Russia tinha muita coisa guardada olha eu li uma reportagem de um plano de recuperação economica para 10 anos, isso eu li no começo de 2008, Marco Adriano, eles entregam mesmo no prazo, principalmente a sukhoi, mil, a ilyushin esta passando por uma reestruturação, de igual a Antonov que pretende fabricar novamente cargueiros pois ah interesse de algumas empresas, (germa ai em cima), a Yakovlev é muito conhecedora da capacidade de invisibilidade não sei se procede a informação, vou procurar onde eu li e coloco aqui, pois o que falta é recursos financeiro. Abraços a todos.

  39. FLY em 29 jan, 2010 às 10:35,

    O que se está tentando é mudar isso que você relata, mas qualquer tentativa nessa direção sofre um resistência incrível no país, é só ver a polêmica Rafale.
    Os franceses “lenhados” buscando um parceiro urgente para dividir custos, e nós querendo tecnologia de graça a preços de banana com países que não tem como garantir uma transferência de tecnologia por ter várias peças importadas de outros países que não transferem de jeito nenhum.
    Mas se a visão for maior que a resistência, vamos vencer essa barreira e não será como você prevê.

  40. ESPETACULAR;

    Bem, agora ninguém pode mais dizer que o PAK FA T-50 não existe, e o comparar com o avião da Mulher Maravilha rsrsrsrsrsrsrsrsrs.
    Agora falando serio, a aeronave saiu como eu pensei que ela seria, uma mistura de SU-27 com F-22. Só que apesar de ser muito bonito eu fiquei um pouco desapontado, achei que o novo 5ª geração russo por ser uma mistura do Sukhoi com o Raptor seria mais bonito do que o próprio F-22. Nisso o T-50 ficou devendo, o F-22 Raptor continua sendo o segundo mais bonito do mundo, perdendo apenas para o Boeing F-14, já o PAK FA T-50 deve disputar do terceiro lugar pra baixo do caças mais bonitos rsrsrsrs.

    Um grande abraço.

  41. Questionamento :
    O T-50 deve susbstituir a família Flanker e Foxhound, certo ?
    E o Fulcrum ? Alguém sabe ?

    O foi projetado com produção “modular” para ter uma versão “mono” menor ? Se sim, acho válida a idéia de cancelar o F-X2 devido a “madanças no cenário da aviação de caça internacional”.

    Na minha opinião, o conceito Hi-Low só é válido se não tivermos que duplicar a logística, os modelos deveriam ter o maior nº de elementos possíveis/imagináveis.

  42. “Só posso dizer uma coisa àqueles que falavam que o PAK-FA não voaria: CHUPA QUE É DE UVA! :-)”

    Galante,

    concordo com vc plenamente nessa frase…hehehe

    abração

  43. Bosco em 29 jan, 2010 às 11:27

    Bosco, pode acreditar. Eu vi o relatório fornecido pela CAPES, que usa padrão internacional de medida.

    E não é em publicação nacional, não. Passamos a Russia em publicações internacionais. Ou seja, referendadas pela comunidade internacional de ciência e pesquisa.

    E isso também não significa que a Russia caiu, nós é que subimos.

    abração

    ps. Só neste ano eu já contribui com mais uma publicação internacional para esta conta…e estamos em janeiro ainda…hehehe

  44. Felipe Cps boa, rsrsrs….
    Sobre as tubeiras, realmente a estudos sobre uma nova geração de tubeiras, mas nunca foi citado nada sobre uma destas equipar o PAK FA, mas como o mesmo ainda esta em desenvolvimento e não esta equipado com sua motorização final, tudo é possilvel…
    Bosco radar de cauda, IRST, TVC 3D e porão de armas maior que o do F-22 (confere).
    “Só posso dizer uma coisa àqueles que falavam que o PAK-FA não voaria: CHUPA QUE É DE UVA! ”
    Galante,
    Welington, rsrsrsrsrs…
    Um grande abraço a todos…

  45. Welington,
    não consigo comentar no seu blog.

    Hornet,
    contra provas não há argumentos. Se você diz eu concordo e de pronto retiro minhas observações.

    Um abraço aos dois.

  46. jsilva em 29 jan, 2010 às 12:12

    Não é uma previsão, é o que se vê nesse país. Sempre somos enganados com exautações de politicos dizendo que o Brasil é uma maravilha e tal. Sei que não somos tão mizeraveis quanto países africanos, mas me encomodo com essas maravilhas que dizem que o Brasil é exelencia em isso e aquilo.

    Damos a maior sorte por nossos país sair de uma crise por ele ser exportador de alimentos (o mundo pode parar de comprar esovas de dentes, mas nunca parar de comer) já acham que país é uma maravilha da economia.

    A politica que sempre emperra o setor privado. E por falar em privado, é ele que sempre salva esse país.

  47. Bosco amigão você precisa antes de mais nada possuir uma conta no Google ou similar, se já tiver a mesma e não conseguir postar, tente utilizar o internet Explorer, o mesmo funciona melhor no BLOGGER…
    Um grande abraço amigão…

  48. LINDO, FANTÁSTICO, e quando colocarem a cobertura RAM, ficará a altura dos F22/F35…
    E nós perdendo tempo com Gripen NG, e aeronaves de 4a geração e meia.
    Uma piada…
    []s

  49. E tem entendidos de aerodinâmica e furtividade já achando defeitos… tem cada um! até em rebites os caras falam…

    leiam isso:

    “Alinharam tdas as superficies e em relação aos Flankers anteriores aproveitaram o espaço entre as entradas de ar e rebaixaram a fuselagem dianteira p/ entre as asas.
    Ao contrário do F-22 e do F-18E/F chanfraram as tomadas de ar somente em um plano
    Falta ver como ocultaram a face do compressor primário da turbina, se tem porta-bombas, se há serrilhamento nas tampas, etc…”

    “quem” escreveu isso, com esta profundidade, ele foi capaz de observar tudo isso!? fiquei pasmo!, deve ser um renomado engenheiro aeroespacial com pós graduação em furtividade, depois conclui com chave de ouro! deve até já ter os dados e números reais da aeronave… rsrsrss

    Este é um que dizia que o PAK-FA era uma piada! tem cada um…

    Tem gente que ficaria melhor “calado” depois de dar pitacos e de quase afirmar a inexistência do SU-50… agora acha meios de comentar? é brabo!

  50. A foto no link abaixo mostra que as entradas de ar do Pak-FA, estas tem a configuração similar as do SH, chanfradas em 2 planos.
    Uma outra foto no mesmo site, aquela c/ o piloto de teste, mostra o uso de serrilhamento em uma tampa, aliás como nos ac stealth americanos.

    (http://www.kommersant.ru/dark-gallery.aspx?PicsID=415335&stpid=65)

    Infelizmente tb mostra o alinhamento dessas mesmas entradas de ar c/ as turbinas, o que não ajuda a esconder a face do compressor e compromete a furtividade.
    Na AFM existe uma discussão de que o trunking das turbinas seria em S no sentido vertical, argumento reforçado pela forma e a maneira como o trem de pouso recolhe, mas alguns observam que não há espaço p/ tanto.

  51. Vamos colocar uma bandeira do BRASIL no PAK FA. Vamos construí-los aqui mesmo como ofereceram os Russos. Esta estória de não repassarem tecnologia é balela como aquele grampo no stf. Com o primeiro vôo do PAK FA todos os concorrentes do FX2 se tornaram imediatamente OBSOLETOS, porque são todos de 4ª geração e o novo caça Russo se mostrou superior ao F22 Americano de 5ª geração custando menos da metade do preço ! Não existem desculpas…FORA RAFALE e BEM-VINDO SUKKOI-T50 ! Festa também no Brasil ! Aqueles que lutam dentro das forças armadas para implantar a dominação do Imperialismo americano estão de joelhos…O PAK FA é um extraordinário SUCESSO ! o Brasil deve fazer parte e se afirmar como País SOBERANO…entenderam ? É uma questão de SOBERANIA…
    A estratégia da guerra não é só força bruta. Os Russos demonstraram superioridade intelectual porque desenvolveram um caça-multifunção tão ou mais eficiente e poderoso que o F-22 por 1/3 do preço…e nesses dias tão estranhos já sabemos que o primeiro ataque a um país sempre será no seu sistema econômico. Dito isto pode-se fazer mais com menos dinheiro e aumentar substancialmente o poder militar de um País como o Brasil.

    ACORDA BRASIL !

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here