Home Sistemas de Armas Egito vai de F-16 Block 50/52

Egito vai de F-16 Block 50/52

414
73

F-16CD Block 5052

A DSCA (Defense Security Cooperation Agency) notificou o Congresso americano sobre a possível venda de 24 caças F-16C/D Block 50/52 ao Egito, com armas e peças, bem como outros equipamentos não-MDE e serviços de construção.
O valor total, se todas as opções forem exercidas, pode chegar a US$ 3,2 bilhões.

O Governo do Egito solicitou os seguintes sistemas:

  • 24 caças F-16C/D Block 50/52 com motores de maior performance F100-PW-229 ou F110-GE-129 e radares APG-68(V)9;
  • 6 motores F100-PW-229 ou F110-GE-129 IPE de reposição;
  • 6 APG-68(V)9 radares de reposição;
  • 60 lançadores LAU-129/A;
  • 28 sistemas AN/APX-113 Advanced Identification Friend or Foe (AIFF) Systems sem o Mode IV;
  • 28 canhões rotativos M61 20mm Vulcan;

Equipamentos não-MDE:

  • 28 AN/ALQ-211 Advanced Integrated Defensive Electronic Warfare Systems (AIDEWS); ou Advanced Countermeasures Electronic Systems (ACES) que inclui o AN/ALQ-187 Electronic Warfare System e o AN/ALR-93 Radar Warning Receiver;
  • 28 rádios AN/ARC-238 Single Channel Ground e Airborne Radio System (SINCGAR) sem o HAVE QUICK I/II;
  • 4 F-9120 Advanced Airborne Reconnaissance Systems ou DB-110 Reconnaissance Pods;
  • 28 Sistemas de Posicionamento Global (GPS) e GPS Integrado / Sistemas de Navegação Inercial (INS), com código de serviço de posicionamento padrão comercial somente;
  • 12 AN/AAQ-33 SNIPER Advanced Targeting Pods ou AN/AAQ-28 LITENING Targeting Pods;
  • 24 pares de tanques de combustível conformais;
  • 28 sistemas dispensadores de contramedidas AN/ALE-47.

Também estão incluídos: construção de base, equipamentos de apoio, desenvolvimento de software / integração, kits de modificação, peças sobressalentes e peças de reposição, publicações e documentação técnica; pessoal de apoio à formação e equipamento de treinamento.

F-16CD Block 50523v

73
Deixe um comentário

avatar
72 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
30 Comment authors
romualdoFrancoorpJotapecostaAlexandre GalanteDalton Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
General
Visitante
General

sou mais nossos miragem 2000 ,no dogfiht botamos esses F-16 no chão

Esdras
Visitante
Esdras

E o F-16 continua vendendo como SKOL em dia de copa!!!!!!rssss e os franceses mataram o concorrente dele que era o M-2000.
o mundo é dos espertos mesmo.

MD 11
Visitante
MD 11

OS F 16 SAO O CLASSICO EXEMPLO DO F 18 NO FUTURO ABSOLETO E FACIL ADIQUIRIDO POR PAISES POBRES
THANKS FOR STOOD OUT THE FX 2

Getulio - São Paulo
Visitante

Esse é um caça de força aérea, com mais de 4.000 fabricados. Ainda não entendi porque não compramos este vetor, tem grande autonomia, poder de fogo, bom radar, altamente manobrável, ótimo motor, etc. Será o combustível ou entrada de ar na parte inferior?

General
Visitante
General

Getulio,

”Ainda não entendi porque não compramos este vetor, tem grande autonomia, poder de fogo, bom radar, altamente manobrável, ótimo motor, etc. Será o combustível ou entrada de ar na parte inferior?”

Não é a autonomia,o poder de fogo,o radar, a manobrabilidade, o motor,o combustível e nem a entrada de ar, é essa política de Washingnton que restringe a compra e o fornecimento de equipamentos militares para outros países, foi por esse motivo que o Super Hornet perdeu o F-X2

Baschera
Visitante
Baschera

O MD descartou o F-16 do FX-2, e saiu aquela conversa de que a LM deveria ter nos oferecido o F-35…. deu nisto… a LM fora do FX-2, talvez por pressaão da concorrente local, a Boeing.
Tem mais, mas de cabeça, não lembro dos detalhes…..

Pena que esta matéria tenha sido “perdida” na troca de provedor do Blog, mas repercutiu e foi colada em muitos outros fóruns e blogs….. mas ainda vale a discussão.

Sds.

JapaMan
Visitante
JapaMan

Por curiosidade, alguém saberia me dizer qual é o vetor mais vendido no mundo?

FN
Visitante

olha se não me engano foi o Mig-21, números que podem chega até 19.000 (não oficial)

se estiver enganado por favor me corrijam

Baschera
Visitante
Baschera

JapaMan em 18 out, 2009 às 0:01

Os aviões mais fabricados no mundo:

1º : Cessna 172 : 37.000 Und. (ainda produzido)
2º : Ilyushin Il-2 : 36.163 Und.
3º : Messerschmitt Bf 109 : 35.000 Und.
4º : Supermarine Spitfire : 24.000 Und.
———-
22º: Mikoyan-Gurevich Mig-15 : 12.000 Und.
26º: Mikoyan-Gurevich Mig-21 : 11.000 Und.

Sds.

Bruno Rocha
Visitante
Bruno Rocha

Mig21 com 11.000 unidades????
ta explicado porque os russos tiram tantos caças, pois cai um toda semana, deve ta sobrando lá

Eleazar Moura Jr.
Visitante
Eleazar Moura Jr.

General, o que vc. tem de pessoal contra o F-16?. Apesar da idade essa versão 50/52 e quando equipada com um radar AESA ainda dá “muito caldo”(dá trabalho). Os números não mentem. Em todos os conflitos (operações reais de guerra) o F-16 se saiu muito bem: Iraque (nas duas), Kosovo, Afeganistão, guerra de Israel com países árabes, destruição de uma usina nuclear do Iraque, pela Força Aérea de Israel, em 1982, etc, etc, ( a lista é enorme). E outra: que dogfight foi esse que os Mirage 2000 C (a letra c é de capado, pois vieram para o Brasil… Read more »

Francoorp
Visitante

Agora é esperar que o Egito não ataque Israel de novo, pois em 1956 na crise do canal de suez foi Israel que atacou o Egito, e conquistou as terras do Sinai.

Depois a vingança na guerra do Yham Kypur( não sei escrever isso), com ataques simultâneos de três nações vizinhas.

Agora com “armas iguais” o que conta é o treinamento, e aqui os judeus tem por enquanto a vantagem.

FN
Visitante

Egito é bonzinho agora ^^

Jacubão
Visitante

Isso é uma piada mesmo.
Os progamas de aquisição de caças dos outros países anda direitinho e o nosso FS1, FX2, FX2-5, FX……… será divulgado só no final do ano (qual ano?).

ARRÊGO…

Jacubão
Visitante

FS1 não, FX1.
Desculpem pelo erro.

Esdras
Visitante
Esdras

É inegável que o F-16 é um grande caça….quando vendido na versão sem restrições. Além disso é lindo.

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Olá Baschera,

Não sei exatamente a fonte destes dados, mas ela não inclui o An-2.

bandeira
Visitante

Parece que o General têm restrições a tudo que venha do norte, embora use a foto de um oficial aparentemente americano, com bandeira dos USA ao fundo e tudo mais.

Jonas Rafael
Visitante
Jonas Rafael

Eu tinha perguntado antes do tópico sumir, mas alguém sabe se todos os Block 50/52 tem aquelas protuberâncias ridículas nas laterais da fuselagem?

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Jonas Rafael, nem todos, isso dependo do cliente/força, alguns tem apenas uma “quilha” robusta no “lombo” onde carregam vários componentes e sensores e antenas! e as “pretuberâncias” são tanques conformais “na fuselagem” que não podem ser alijados. Isso aumentou consideravelmente o alcance do Falcon! Eleazar, por incrível que possa parecer, o Mirage 2000, em algumas de suas características, superam seu adversário, o F-16, em combate aéreo, eles são bem “parelhos”, existe matéria na net sobre análises feitas sobre os 2, isso, claro, se compararmos versões de mesma “safra”, como um F-16B50 com um M2000-mk5, ou um M2000C com um F-16B25-C,… Read more »

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Eleazar,

procure no youtube, M2000MK-5, “abatendo” F-16B50 turcos, e vice versa! é comum estas “peleias” no mediterrãneo!

abraço

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

M2000mk-5 gregos!

eu
Visitante
eu

Francisco AMX, você sabe qual o “alpha” ( angle of attack ) máximo do Super Hornet? Deixa qualquer russo no chinelo. Junta mira no capacete, AIM-9X, e o tal “pato” vai mostrar o tamanho da ferroada. A razão peso-potência do Super Hornet é absurda, num combate WVR ( within visual range ) ele é extremamente capaz. Essa história que ele não faz nada bem é coversa pra boi dormir. Você viu, recentemente, a demonstração numa feira aeronáutica ( Le Bourget, se não me engano ) a demonstração de manobrabilidade com full-load? Outras aeronaves somente podem sonhar com isso… Em relação… Read more »

General
Visitante
General

Eleazar, O Francisco AMX já respondeu parte desta pergunta, eu não tenho nada contra os F-16 muito pelo contrário ele é um excelente caça que está muito a frente de nossos ”obsoletos” F-5M(um detalhe no prosseguir da RED FLAG nossos F-5M ainda não tinha recebido completa modernização!!), digo que sou mais nossos Mirage porque na RED FLAG nós(FAB) conseguimos competir em pé de igualdade com os F-15 E F-16 FIGHTING FALCON do esquadrão agressor,que não é nada menos que a elite dos pilotos de combates da USAF ou da USNAVY,talvez do mundo,pra cada vitória deles outra vitória era nossa,se a… Read more »

Baschera
Visitante
Baschera

Guilherme Poggio em 18 out, 2009 às 10:55

Olá Poggio….

O ucraniano Antonov An-2, uma espécie de “caravan” deles, pois pode levar até 12 passageiros, empata em 8º lugar com o Mi-8 russo (o heli mais produzido no mundo) com 17.000 und.
A fonte primária é a Wiki.

Abraço.

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Eu hein!

O SH deixa qualquer caça russo no chinelo? tá certo! acredita em papai Noel quem quer! até o mig-39 antigo é mais eficiente! imaginem os caças com TVC!
Quanto aos Mirages 2000 com FBW, eles voam bem em qualquer regime!

A relação peso potência do SH é absurda? deve ser, só que ao contrário! pois é o caça mais lento, que ascende menos! onde está a potência efetiva?

Sobre o F-16, concordo plenamente! era o caça perfeito para o Brasil! bom, bonito e barato!

eu
Visitante
eu

Francisco, procura o vídeo no youtube da apresentação do Super Hornet em Le Bourget. Daí pensa melhor nessa tua opinião sobre a performance dele.

Asimov
Visitante
Asimov

– Já foram produzidos mais de 4.400 F-16. Ainda continua vendendo.
– O F-16 estabeleceu um novo padrão de performance a ser batido (IOC em 1979!!!).
– O diferencial do Mig-29 foi o HMD e o R-73. Com o JHMCS e AIM-9X, Python4/5, Iris-T, Asraam as coisas mudaram.
– Mais de 70 vitórias em combates aéreos do mundo real: Mig-21, Mig-23, Mig-25, Su-22, Mig-29, etc.

Tales
Visitante
Tales

Desculpem a ignorância, mas o que significa “equipamentos não-MDE”?

Tales
Visitante
Tales

Getulio – São Paulo em 17 out, 2009 às 21:51 “Esse é um caça de força aérea, com mais de 4.000 fabricados. Ainda não entendi porque não compramos este vetor, tem grande autonomia, poder de fogo, bom radar, altamente manobrável, ótimo motor, etc. Será o combustível ou entrada de ar na parte inferior?” No final do governo do Presidente Figueiredo, o Brasil mostrou interesse em adquirir o F-16, mas o DoD “cortou” as “asinhas” da FAB, declarando que o vetor não seria disponibilizado para o país. Vale, lembrar, que na época, os EUA eram contra a ditadura militar vigente aqui.… Read more »

Tales
Visitante
Tales

favor trocar
“bas condições” por “boas condições” e
“uma avião” por “um avião”

Tales
Visitante
Tales

General em 18 out, 2009 às 13:07

“imagine com os nossos MIRAGE 2000-C(mas sem os MICA,porque não assinamos contrato para aduiri-lo,que pena!)”

Os MICA são incompativeis com os nossos M2000C. Não é uma mera questão contratual. Teríamos que trocar o Radar RDI pelo RDY, o sistema de armas, o computador de missão, etc…
Mesmo na Arme d’Air os M2000C restantes não usam os MICA. Até hoje só lembro de ter visto, na força aéra francesa, os MICA nos M2000-5 e Rafale (não tenho certeza em relação aos M2000N…)

BOSS
Visitante
BOSS

Excelente General!!

Eu torço pola dobradinha Gripen NGBR & RAFALE F3 com MICA, METEOR, IRIS-T, PHYTON, A-DARTER…teremos liberdade e disponibilidade estratégica, em um ambiente de DEFESA pura, com apoio de radares em terra e AWACS, seria quase um suicidio se engraçar com o Brasil.

BOSS
Visitante
BOSS

Esqueci de mencionar o fator de desequilibrio preponderante…os nossos pilotos!!!!!

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Tales, pelo que eu saiba o mica necessita do RDY para integrar-se mesmo, e o M2000N não os tem! tenho quase certeza que os M2000N, aqueles que tomaram “pau” dos F-5M na última Cruzex, não possuiam os micas, usaram os Super530, como os nossos M2000…

abraço Bro!

Jonas Rafael
Visitante
Jonas Rafael

“Francisco AMX em 18 out, 2009 às 14:58

A relação peso potência do SH é absurda? deve ser, só que ao contrário! pois é o caça mais lento, que ascende menos! onde está a potência efetiva?”

Não só a sua relação peso x potência não tem nada demais, como (mais importante) sua relação arrasto x potência é uma das piores.

Tales
Visitante
Tales

Francisco AMX em 18 out, 2009 às 17:44 “Tales, pelo que eu saiba o mica necessita do RDY para integrar-se mesmo, e o M2000N não os tem!” Ok, Francisco. Como eu disse acima, não tinha CERTEZA se os M2000N podiam usar o MICA ou não. Uma das minhas dúvidas era, JUSTAMENTE, que eu não me lembrava “de memória”, qual o radar que eles usavam. Mas quando me referi aos nossos Mirage 2000 C (S4 ou S5? Alguém aí sabe exatamente qual o lote?), deixei claro que era necessária a troca do RDI pelo RDY e a modernização dos aviônicos, pois,… Read more »

Tales
Visitante
Tales

Francisco AMX

Desculpe a ignorância, mas, por acaso, tu sabes o que significa “equipamentos não-MDE”, referido na matéria?

Getulio - São Paulo
Visitante

Outro dia lendo uma revista (Força Aerea)vi que o radar que estará equipando o F-18 super hornet é um dos melhores do mundo, senão o melhor disponível para os países aliados. Ele tem a capacidade como os novos computadores “dual”, podendo o piloto concentrar-se no combate aéreo rastreando os inimigos e selecionando as armas e o có-piloto (oficial de armas) estar planejando o mapa do terreno por onde entrariam no território inimigo. Ao que parece nenhum outro radar atual faz isso. De outro lado acho que existem duas correntes de aviadores, aqueles que gostam de voar sozinhos e querem ser… Read more »

Felipe Cps
Visitante
Felipe Cps

Custo muito a crer que a mais poderosa, mais ativa, mais bem treinada e mais profundamente testada em combate marinha de guerra do Planeta Terra iria confiar sua defesa e sua capacidade de combate a um “pato” como alguns amigos tendem a achar. Muito ao contrário amigos, o F/A-18E/F é uma das aeronaves mais modernas e poderosas do globo terrestre, e assim vai permanecer por pelo menos 20 anos, dado que o F-35 irá substituí-lo gradualmente, nesse período. Até lá (2030 + ou -), já devemos ter um projeto nacional de caça; se não tiver, culpa da Boeing é que… Read more »

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Tales, tb não conheço este termo!

Deve ser algo sobre controle, se observarmos na matéria, os equipos que estão na lista dos “MDEs”, são equipamentos menos “importantes” ou estão mais disponíveis politicamente, e não devem ter controle tão sério… sei lá…

Abraço Bro!

Felipe Cps
Visitante
Felipe Cps

Ah, ainda a propósito do Super Hornet: estive lendo comentários em blogs de defesa e fóruns em inglês, e consta que os militares australianos estão ABSOLUTAMENTE APAIXONADOS pelo seu mais novo caça F/A-18E e, boa parte deles critica o governo por gastar horrores no projeto JSF, quando em sua visão deveria comprar mais Super Hornets.

Dizem eles, ainda, que em simulações feitas na Austrália o Super-Hornet abateu o F-35 à taxa de 3 para 1.

Vou tentar achar os links e depois colo aqui.

Sds.

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Felipe Cps, o “negócio” do pato, é uma caricatura, só isso. Porém a mais poderosa arma naval tem mais de 1000 caças a sua disposição, e uma retaguarda sem precedentes, eles não precisam ser os melhores em desempenho aeronáutico, até pq o SH para eles se encaixa muito bem! e tem, hoje uma suíte maravilhosa. Lembra da segunda guerra do golfo? quem limpou os céus antes dos SH atuarem? pois é… F-15E e F-16B50/52 e os B2 atacavam as bases e centros de controle! não que o SH não possa enfrentar o inimigo, até um marginal com um 38 as… Read more »

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

He he, Felipe! o F-35 semi-stealth, com radar mais potente, em combate BVR perder para o SH? como se explicaria isso??
no mínimo estranho esse papo!

Abraço

emerson
Visitante
emerson

Olha, eu cansei… muita especulação, muito diz-que-diz… concreto mesmo apenas a afirmação de Saito dos 88 vetores novos e a gradual substituição dos atuais aparelhos, primeiro dos Mirage2000, depos dos F5M e AMZ-M.

Fala-se por ai de uma novidade bombástica.. me parece a historia da montanha que vai parir um rato. Se parir o SH ou o Rafale será ótimo.

Vou esperar….

O que não encontro em lugar nenhum é informação sobre a substituição dos KC135.

Ronaldo
Visitante
Ronaldo

ai ai em simulações ate a minha bicicleta com um missel BVR instalado derruba um F-35 em 3:1
se simulação servisse pra alguma coisa era so os engenheiros dizerem, na fase de projeto: opa! esse avião não vai dar certo, mas fazer outro!

Asimov
Visitante
Asimov

F-18E/F Super Hornet with 6500 pounds loadout demonstration!
http://www.youtube.com/watch?gl=GB&hl=en-GB&v=r-_OWMDN64M

Ivan
Visitante
Ivan

Amigos, Pelo que tenho lido o Super Hornet é um caça criado para cumprir em primeiro lugar a missão de defesa da frota, em substituição ao excelente F-14 Tomcat, em face o alto custo operacional deste último. Entretanto ele também é multimissão, por exigência da US Navy e do mercado. Suas missões: – Defesa de Frota; – Escolta aérea; – Interdição; – Supressão de defesa aérea; – Guerra eletrônica (F-18G); – Reabastecimento aéreo; etc. Não devemos confundir com as versões do Hornet, cuja primeira missão era de caça-bombardeiro e depois o resto. Mesmo assim, comentasse que em dogfighter era melhor… Read more »

Ivan
Visitante
Ivan

Com o post é do F-16 segue uma observação. Em muitas tabelas comparativas de combate aéreo o F-18 A/B e C/D Hornet tem tido pontuações superiores ao F-16 FighterFalcon de geração semelhante. Ao menos antes das novas gerações de mísseis apontados pelo capacete. O grande problema do “velhos” Hornets é que eram relativamente mais caros por ter necessariamente uma estrutura reforçada para operar em PortaAviões. Mesmo assim, quando a Finlândia teve que escolher uma aeronave para substituir os realmente antigos Mig-21, voltando-se mais fortemente para o ocidente e tendo que olhar nos olhos do Urso Russo novamente, optou pelos F-18… Read more »

Jonas Rafael
Visitante
Jonas Rafael

O que acontece é que o nível das ameaças diminuiu muito nos últimos tempos. A USN acha que com os avanços na tecnologia de radar e armamentos, alem do melhoramento dos AEGIS e Hawkeye ela não precisa de um verdadeiro interceptador. O mesmo ocorreu com a Royal Navy, que desativou seus Sea Harrier. Eles entendem que não há ameaças urgentes num futuro próximo, e se/quando elas aparecerem, ambas já estarão contando com o F-35 em seu arsenal.