Home Sistemas de Armas Programa KC-X será retomado em breve

Programa KC-X será retomado em breve

218
9

kc-45-foto_poder_aereo

vinheta-especialO programa KC-X da USAF, que tem como objetivo a escolha de um substituto para a frota de KC-135, será relançado em breve. A expectativa é de que sejam adquiridos 179 aviões por um custo estimado em 35 bilhões de dólares.

Depois de ser cancelado por duas oportunidades, a USAF espera relançar o seu RFP (request for proposals) ainda esta semana para os consórcios concorrentes. De um lado a Boeing e do outro a a Northrop Grumman/EADS.

Conforme informado pelo secretário da Força Aérea, Michael Donley, o plano é anunciar o vencedor no meio do ano que vem adquirir o avião em 2013 e iniciar as entregas dois anos depois.

Em fevereiro de 2008 o consórcio Northrop Grumman/EADS foi declarado o vencedor do KC-X. A Boeing protestou e auditores do governo dos Estados Unidos identificaram elementos de ingerência no processo conduzido pela USAF e cancelaram .

Houve ainda uma proposta dos congressistas norte-americanos para a compra das duas aeronaves. Essa hipótese foi descartada pelo secretário de Defesa Robert Gates em função dos elevados custos.

Inconformados com os subsídios europeus oferecidos aos aviões da Airbus, congressistas norte-americanos que apóiam a Boeing querem a inclusão no RFP de medidas tomadas pela Organização Mundial do Comércio que condenam esta prática.

Por outro lado, alguns advogam que incluir decisões da OMC na concorrência em questão seria um grave erro com conseqüências maléficas, restringindo as decisões do Pentágono na escolha pelo melhor equipamento para as Forças Armadas.

060613-F-4192W-020

FOTOS: Poder Aéreo/USAF

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bruno Rocha
Bruno Rocha
10 anos atrás

Tem mais algumém ai achando que vão comprar os C390 da Embraer? Eu acho que não. Para mim isso foi só um “agrado”.
Quando fizerem um documento garantindo tudo o que eles prometendo, aí eu acredito. Pois converas ao pé do ouvido sobre promessas não é coisa que se fassa numa negociação desse porte.

Um forte abraço

Tomcat
Tomcat
10 anos atrás

O Airbus havia sido o vencedor do programa KC-X, através da associação Northrop Grumman/EADS. Apesar da obrigatoriedade de associação com uma empresa americana, o fato é que o avião não é americano.

A Boeing, ao saber que perdeu, esperneou, acionou seus lobbystas, gritou aos quatro ventos que não era um produto genuinamente americano, e conseguiu o cancelamento do programa.

Depois dessa, alguém tem dúvida que de que a Boeing ganhará o KC-X, com a Northrop Grumman/EADS ficando com absolutamente nada?

Já vi esse filme acontecer, no programa ACS do US Army, com o EMB 145, só mudaram a desculpa.

Lucas Calabrio
Lucas Calabrio
10 anos atrás

Prezado Bruno Rocha

Lucas Calabrio
Lucas Calabrio
10 anos atrás

No cálculo da Embraer, o mercado americano , foi desprezado por motivos óbvios
Abraço

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

Sem o mercado americano, nãp há jeito do KC-390 deixar de ser uma apresentação de Power Point.
Mas afinal de onde saiu esse hoax, lá o papo é sobre como fazer p/ manter a linha de produção do C-17 aberta.

Alfredo Orlando
Alfredo Orlando
10 anos atrás

existe a possibilidade de que a FAB receba através de acordo judicial as aeronaves Boeing 767-200 da Transbrasil que estão hoje parados em brasilia assim como ocorreu com as aeronaves ERJ-145 da Varig que foram para a FAB essa possibilidade tambem existe com os aviões da Vasp

mauro dias
mauro dias
10 anos atrás

Alguém acha que americano, vai dividir ou deixar que estrangeiro vença essa disputa?
O KC-390 não foi concebido , só para o mercado americano , ninguém é burro a esse ponto , mas a nível mundial.
Haja vista a rasteira da Embraer , quando se aventurou , pela primeira e talvez última vez no mercado de defesa norte-americano, através da célula do 145 , para vigilância de campo de batalha

Clésio Luiz
Clésio Luiz
10 anos atrás

De onde é que vocês tiraram a idéia de que a Embraer algum dia pensou na possibilidade de vender o KC-390 nos EUA? Que viagem é essa?

Challenger
Challenger
10 anos atrás

Decisões politicas sobre compras militares, não é só aqui.
A boeing(Americana), perdeu para a Airbus(Europeia), protestou e o Secretario de Defesa R Gates cancelou, é perigoso a Boeing virar a mesa.