domingo, abril 11, 2021

Gripen para o Brasil

Esquadrão Carcará receberá Learjet 35 do GTE e jatos receberão equipamento EW

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

O Esquadrão Carcará (1º/6º GAV), localizado na Base Aérea do Recife, está na iminência de receber o equipamento DR-3000 para o cumprimento de missões de guerra eletrônica.

O novo equipamento dotará as novas aeronaves Learjet 35, oriundas do Grupo de Transporte Especial (GTE), que, brevemente, passarão a fazer parte da dotação do Esquadrão Carcará.

Em função da alta perfomance dessas aeronaves, rebatizadas como R-35AM, a Força Aérea Brasileira aumentará a sua capacidade de realizar o reconhecimento eletrônico em todo o território nacional.

FONTE/FOTO: 1°/6°GAV

- Advertisement -

12 Comments

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Igo

Excelente notícia!!!

Glauco

Ficou devendo uma foto desse novo equipamento…
é temos que aproveitar essa fase de compras para nossa FFAAs, porque quando o o molusco sair e entrar o povo dos simpsons vai ser dificil vermos equipamentos novos entrando em operação ( digo que ele vai comprar no mandato dele )
sei que ainda falta um tempo mais qual é o candidato favorito dos nossos tão queridos militares, os militares poderiam ter mais vozes ativas nesse pais

Fábio Mayer

Esses LearJet e se não me engno outros 3, estavam no GTE em Brasília, mas a aquisição de aviões mais novos da Embraer os colocou em disponibilidade e, dado a pouca idade dos aviões, foram destinados ao Esquadrão Carcará recebendo equipamento eletrônico novo para esta função.

Mas é uma boa notícia, na medida em que se nota que aumenta a capacidade da força nessa área.

Leandro_O.

Glauco talves candidato melhor que este aqui não ha http://www.youtube.com/watch?v=XjI2u9m4-84

Quanto ao novo equipamento, è muito bom ver o Brasil investindo fortemente em defesa!!!

Tiago Jeronimo

Bom ver que esses aviões não ficaram servindo os nosso queridos politicos e sim que encontraram uma função bem mais digna para prestar serviço.

Lucas

Nelson Jobim está fazendo um excelentíssimo trabalho no Ministério da Defesa, é claro com alguns tropeços (nada mais comum do que tropeços em uma vida política), o NJ deveria ganhar uma estátua em frente ao MD para que os próximos ministros lembrem do que ele fez para as nossas Forças Armadas!!!!
Abração.

RodrigoBR

Lucas,

Concordo, acho que o Nelson Jobim foi o melhor ministro da defesa até hj. O Lula, apesar dos “contras”, tenho que admitir que é o melhor presidente desde o regime militar para as Forças Armadas!

Sobre os Learjets da Base de Recife, acho que será muito importante. A base possuia apenas learjets antigos com capacidade ultrapassada de fotogrametria preto/branco para mapeamento e reconhecimento. Será muito importante para o patrulhamento da costa nordestina.

Um abraço a todos.

URUTAU

Boa Noite Senhores

concordo plenamente com o amigo Tiago Jeronimo esse sim é um destino digno para estas aeronaves servir a PATRIA e não ser taxi de luxo de politicos excelente noticia assim o nosso querido BRASIL vai avançando sempre

SDS Senhores

gaspar

tem gente com medo de que a galera dos “simpsons” assuma o governo…
imaginem se uma “ex” guerrilheira, que foi perseguida pelas FFAA assumisse o governo…

esses DR-3000 poderiam ser instalados nos AMX, F5BR… caso necessario ?!?!?!

tyrion

Relamente o Jobin acabou vestindo a camisa, principalmente no caso do dr. Dalton Barroso, aguentou a pressao dos b* mole do ministerio das relacoes exteriores, madou a AIEA pastar e ficou do lado do pesquisador. Muito bom.

assim falando nisso nao vi nenhum comentario sobre o caso.recomendo ao pessoal do blog que acompanhe o caso.

Eduardo

Quão difícil seria instalar nessas mesmas aeronaves, ou as do esquadrão Harpia (que opera os R-99), os novos radares de sensoriamento remoto produzidos pela Orbisat?

bruno

Muito bom estarmos entrando de vez nessa era da guerra eletronica.

Combates Aéreos

DARPA promove competição virtual de combate aéreo com inteligência artificial

Participantes vão desenvolver 'pilotos' habilitados para IA para séries de combates aéreos simulados A DARPA selecionou oito equipes para competir...
- Advertisement -
- Advertisement -