Home Sistemas de Armas Sobras da Jordânia: depois do Brasil, pode ser a vez da Argentina

Sobras da Jordânia: depois do Brasil, pode ser a vez da Argentina

759
142

mirage-f1-real-forca-aerea-da-jordania-foto-flickr

Caças Mirage F1 excedentes da Jordânia foram oferecidos à Argentina

No mês de julho foi confirmado o oferecimento à Argentina de 13 caças Mirage F1 ex-jordanianos (a primeira vez que esses aviões haviam sido oferecidos foi em 2008). A empresa que fez o oferecimento deu um preço total de US$100 milhões.

Tratam-se de 12 monopostos e um biposto anteriormente operados pela Real Força Aérea Jordaniana, sem nenhum tipo de modernização. Para a Argentina, a questão da substituição do atual sistema de armas Mirage é fundamental, pois as aeronaves estão previstas para serem retiradas de serviço em 2012.

Como alternativa, a França propôs modernizar os F1 ex-jordanianos e incorporá-los à FAA até a chegada dos Mirage 2000. Entretanto, devido ao pouco tempo disponível, a modernização envolvida dificilmente será do nível dos F-1MF 2000 da Força Aérea do Marrocos, realizada pela ASTRAC.

FONTE: Segurança e Defesa (Juan Carlos Cicalesi e Santiago Rivas)

FOTO: Flickr

NOTA DO BLOG: o título da matéria foi uma escolha do Blog, dado que a FAB também se serviu de  excedentes jordanianos (no caso, aeronaves F-5E e F). É certo, porém, que os momentos pelos quais passam a FAB e a FAA são nitidamente diferentes: a primeira, apesar dos contingenciamentos e percalços, está realizando programas de modernização e aquisição. A segunda, em nítida espiral descendente que precisa ser revertida com urgência. 

Para mais notícias relacionadas à Real Força Aérea da Jordânia e sobre a compra e revisão, pela FAB,  de F-5 excedentes daquela Força, clique nos links abaixo.

Subscribe
Notify of
guest
142 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mauricio R.
Mauricio R.
11 anos atrás

Esse aí, é o unico Mirage que eu respeito!!! O resto é alvo!!!

E os Mirage F-1 do Kuwait??? Não foram oferecidos ainda á argentina???

José
José
11 anos atrás

Senhores, estes Mirage F-1 depois de modernizados serão bem temiveis também.

Patriota
Patriota
11 anos atrás

Os gastos com defesa na Argentina serão reduzidos em 80 % , Cristina Kichner vai destruir as Forças armadas de seu proprio país . “As Forças Armadas argentinas entraram em alerta esta semana devido a uma ameaça que não vem de fora, mas de dentro do próprio país. A Ministra da Defesa, Nilda Garré, ordenou o corte de 50% na verba destinada à manutenção operacional dos militares. Esse corte de metade do orçamento tem execução imediata enquanto que outra redução de 30% está prevista para o próximo trimestre. Com o corte a Argentina vai ficar sem vigilância aérea e nenhum… Read more »

José
José
11 anos atrás

Senhores, esta versão do Mirage(Mirage F-1) foi o melhor avião de combate feito pela Dassault. Este avião depois de modernizado e com novos sistemas vai ficar superior aos Mirage F-2000.
A sua manobrabilidade é muito boa e se trata de um bom interceptador.

Mauricio R.
Mauricio R.
11 anos atrás

É não ajuda mto, pois haverá suporte as turbinas Atar 9K-50, somente até 2020.

Dr Ryan
Dr Ryan
11 anos atrás

Agora era a hora de atacar a Argentina! haha..
Desculpem o comentário sarcastico, mas nao resisti!

RoninSnkShit
RoninSnkShit
11 anos atrás

Tinha um conhecido argentino (do meio militar) que se gabava que Argentina tinha um dos maiores poderios militar da AL.

Até o dia que imprimi a reportagem sobre o avião de transporte que a Argentina deixou aqui no Brasil, por nao ter condicoes financeiras de levar de volta a aeronave. Ele ficou puto e nunca mais tocou no assunto.

É uma pena ver a Argentina assim!
Como diria o Lula: “Nao é vantajoso pra nenhum país, ter vizinhos pobres!”
E agora eu digo: “Nao é vantajoso pra nenhum país, ter vizinhos com as Forças Armadas completamente destroçadas!”

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Pobre Argentina, os semi-bolivarianos Kirchner vão destruir o país…

Robson
Robson
11 anos atrás

O brasil não quer comprar o F-35, mais pelo menos não ta mal como nosso “ermanos”.

CELIO ANDRADE
CELIO ANDRADE
11 anos atrás

Alguem sabe me dizer se a Argentina pegou o G-222 que estava no Brasil?

Nunão
Nunão
11 anos atrás

Caro Mauro, sei que não é a primeira vez que você não concorda com um título aqui do blog. Mas creio que a questão não é o bom ou mau gosto. É o gosto amargo da realidade. A FAB precisou (e talvez ainda precise, a meu ver) recompletar a frota de F-5 com usados, isso é fato. Os F-5 ex-jordanianos são sobras. Os F-1 também. Isso também é fato. E é fato também que os F-16 comprados pelo Chile e Jordânia são, igualmente, sobras. Mas de outro sabor… Enfim, planos para o futuro têm um gosto bom. Já a realidade,… Read more »

marujo
marujo
11 anos atrás

A nota fala que os F-1 jordanianos ficariam em serviço na FAA até a chegada dos Mirage 2000. Os hermanos compraram esses aviões?

Bruno Rocha
Bruno Rocha
11 anos atrás

Nossa. Quem diria heim. A Argentina que sempre se gabava por ser mais, como vou dizer, mais…
…deixa pra lá.

Me da pena saber disso. Agente sempre brinca de zuar os argentinos mas agora, isso não tem graça nehuma. Pelo contrario. Se aproveitar disso é muito cruel e de muito mau gosto.

Desejo aos hermanos boa sorte com a nova administração, pois essa doida ai vai falir a Argentina.

RenanZ
RenanZ
11 anos atrás

II rapaz…

Se a Argentina não aproveitar a oferta
o Governo brasileiro vai cair matando
em cima dessa proposta

Bruno Rocha
Bruno Rocha
11 anos atrás

Será que vamos ter que cuidar do espaço aereo deles e ajudar, ou melhor, patrulhar completamente as fronteiras argentinas????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

Roberto CR
Roberto CR
11 anos atrás

Srs. No site da revista “ The Economist” de hoje, análise sobre o relacionamento entre América Latina e EUA, que vem sendo minado por conta da ação de China e Índia. O título é uma beleza: “The dragon in the backyard Aug 13th 2009 From The Economist print edition Latin America is tilting towards China, Iran and the ‘global south’—and away from the United States” Tradução meia-boca: O dragão no jardim América Latina inclinasse à China, ao Irão e hemisfério sul – e longe dos Estados Unidos Link http://www.economist.com/displayStory.cfm?story_id=14209932&source=hptextfeature No meio do texto há outro link com o nome “article”,… Read more »

Mauricio R.
Mauricio R.
11 anos atrás

“…em serviço na FAA até a chegada dos Mirage 2000.”

Estão em negociação.

Roberto CR
Roberto CR
11 anos atrás

Fiz um comentário as 16:29 e esqueci de dizer que era fora do tema do post. Me desculpem.

Roberto CR
Roberto CR
11 anos atrás

E esqueci de dizer que tem links e está aguardando moderação…

RADAR
RADAR
11 anos atrás

É TRISTE VER OS “HERMANOS” NESSA DECADÊNCIA, POIS TODOS SABEM QUE ELES SÃO PATRIÓTICOS DEMAIS(MAIS DO QUE NÓS)…E COMO POSTADO ACIMA, NÃO É BOM PARA PAÍS NENHUM TER UM VIZINHO DESGUARNECIDO, ABREM-SE PORTAS PARA O “MUNDO”, E COM CERTEZA, ISSO NOS PREJUDICA…MESMO COM TODA ARROGÂNCIA ARGENTINA, SUA SOBERANIA É DIREITO DO POVO, É UM CRIME O QUE O ATUAL GOVERNO ARGENTINO ESTÁ FAZENDO…EM RELEÇÃO AOS F-1 JORDANIANOS, SERÁ QUE NOSSOS VIZINHOS TEM CONDIÇÕES DE ADQUIRIR ESSES VETORES?

ISSO TEM QUE MUDAR…MESMO SENDO BRAZUCA EU TORÇO PELA SOBERANIA ARGENTINA EM SEU PRÓPRIO TERRITÓRIO.

Bruno Rocha
Bruno Rocha
11 anos atrás

Não sei. Utimamente o Brasil ta se achando muito e não vai sair comprando qualqur coisa assim. Não desmerecendo esse jato.
So pra você ver, a novela do FX é igual a Melhação(globo seriado), ano apos ano, mudam-se os personagens, mudam-se figurino mas a história é sempre a mesma.

abraço a todos

Edmar
Edmar
11 anos atrás

Caros Amigos.:

Esses “Mirage F-1” depois de modernizados darão um folego a “Força Aérea Argentina”, se ela comprar é claro.
Os “Mirage F-1” são aéronaves de destaque, alguns até dizem que foi o melhor avião feito pela empresa Francesa “Dassault”.

Abraços.

André Castro
André Castro
11 anos atrás

Se eu não me engano a Espanha também esta substituindo os seus Mirage F-1 ,alguen tem alguma imformação para onde vai os Mirage F-1 espanhões? Vi dizer que eles estavam em situação precaria.

LBacelar
LBacelar
11 anos atrás

Não sei se eles podem investir 100 mi mais o valor dos pacotes de modernização…

Seria mais interessantes para eles adquirir alguns F16 MLU como fez o Chile

Edmar
Edmar
11 anos atrás

Caros Amigos.:

Os “Mirage F-1” se modernizados iria dar trabalho para muitos caças de “4 e meia” geração.

Saiu a tempos atrás em um blog que não me lembro agora de um assunto que falava que possivelmente quando o Brasil começar a trocar seus “F-5M” por aéronaves do FX2, Paraguai, Bolívia e Uruguai teriam alguns interesse nestes “F-5M”.

Creio que o termo “Sobras da Jordânia” ficou um pouco forte.

Abraços.

Ducca
Ducca
11 anos atrás

Não entendo os comentários de alguns bloguistas neste fórum. Toda matéria nova, sobre uma aeronave ou sobre alguma aquisição que pode ser feita por um outro país, parece sempre melhor do que as que foram feitas pela FAB ou as que estão prestes a se concretizar. Alguns exemplos antagônicos postados aqui: Su35: é melhor do que o Rafalle, melhor do que o F-18, melhor do que o Gripen; F15: deveria estar no lugar do F-18; Mig35: melhor do que tudo o que já apareceu; F-16: que foram adquiridos pelo Chile melhor do que o MIRAGE 2000; MI-35: agora é feio… Read more »

Edmar
Edmar
11 anos atrás

Caros Amigos.:

Quando o Brasil adquirir os 36 aviões do FX2 os primeiros aviões a serem substituidos serão os “Mirage F-2000”, e supostamente a Argentina estaria de olho nestes aviões.

Imaginem:

Argentina com “Mirage F-1” e “Mirage F-2000”.
Brasil com algum dos 3 aviões do “FX2” e “F-5M”.

Bom, pelo menos a nossa “Força Aérea” iria ser melhor que a dos “Argentinos”!!!

Abraços.

Bronco1
Bronco1
11 anos atrás

“Esse aí, é o unico Mirage que eu respeito!!! O resto é alvo!!!”

Pode até ser, mas no Iraque não deram nem pro cheiro…

COMANDANTE MELK
COMANDANTE MELK
11 anos atrás

Senhor Nunão em 14 ago, 2009 às 16:24,

aproveitando oque o amigo disse sobre a necessidade da FAB recompletar os seus F-5, talvez, eu disse “talvez´´ isso acontença com a mesma vindo à adquirir os F-5 chilenos até o fim de ano…

Grato.

Paulo Renato
Paulo Renato
11 anos atrás

Dizer que os Mirage F1 são melhores do que o Mirage 2000 é demais. no caso da Argentina vao melhorar a qualidade da Força Aerea dels mas não é isso tudo que estão falando. ——————————————————————- Caro Ducca, Realmente é complicado né. Quando foi colocado a proposta dos yankes sobre o SH, virou a maravilha aos olhos de todos, sendo que todos achavam que ele era inferior aos Rafale e por aí a diante, assim acontecendo com o Gripen NG. Na minha opinião eu acha melhor ter adquirido alsguns Su30 e participar do PAKFAT50, aí sim teríamos um vetor de 5… Read more »

Leigo
Leigo
11 anos atrás

Ducca

Exatamente …

Paulo
Paulo
11 anos atrás

Os argentinos estão sem créditos para compra o caça f-1 da Jordânia, só se o Brasil dar aval.

abs

Tales
Tales
11 anos atrás

Ducca: concordo contigo! E, como bem salientado pelo Musashi, nos comentários do post sobre a certificação do jato Phenom 300, chega a ser engraçado como um assunto importante como este, que trata de uma bela vitória da industria nacional, é deixado de lado, em prol de qualquer assunto sensacionalista relativo ao FX-2 ou aos SUB… É DOSE!!! Espero que essa novela do FX-2 ACABE DENTRO DE UM MÊS, pois, caso contrário vai ser mais uma enxurrada de asneiras e desinformação. Embora eu ache que, independentemente de qual seja o vetor escolhido, haverá uma enorme choradeira dos derrotados. Mas, pelo menos… Read more »

fullcrum
fullcrum
11 anos atrás

Os f-1 do marrocos sofreram contra a frente polisário, acho que ele não é superior ao mirage 2000, a não ser que seja modernizado e comparado ao 2000 c sem modernização,afinal pq então os franceses o substituíram? Quanto as sobras, acho que estamos a tanto tempo sem reequipamento sério que não haveria recursos para modernizar tudo, então vamos ter de conviver com isso.Que no futuro possamos ter planejamento levado ao pé da letra com recursos. Brasil acima de tudo!!!

mcv
mcv
11 anos atrás

Roberto CR em 14 ago, 2009 às 16:29
traducao correta
backyard = quintal do fundo (ex.da casa)

garden, landscaping, lown…= jardim, jardinagem frente e lados (ex. da casa)

Isso mesmo! a AL inclusive o Brasil naum passa de “Fundo de Quintal pros USA!!!E eles nem tentam esconder isso!!rsrs!encracado e desconfortante ao mesmo tempo!
sds
sds

mcv
mcv
11 anos atrás

desculpem mas meu keyboard so escreve em configuracao de ingles!

Harry
Harry
11 anos atrás

Caros, fiquem triste não os Hermanos logo, logo acham um jeito de
dar um novo calote no mundo e de meter a mão no nosso bolso enquanto o nosso governo faz que nem ver, afinal a mão leva um pouco de cada vez.
Abs.

MOsilva
MOsilva
11 anos atrás

Caros colegas de blog. Sinceramente, não vejo exagero ou mesmo excesso no título da matéria. Se alguém achou “forte demais” o termo “sobras” para as negociações com os F-5 da Jordânia, gostaria de lembrar que o Brasil foi e ainda é um grande consumidor de “sobras” de outras FFAA. Somente para citar alguns exemplos, além dos F-5: Mirage 2000, P-3A Orion, A-4 KU, S-70 Blackhawk, A-12 São Paulo, fragatas F-22, A1-6 Leopard I (tanque de combate principal). E isso é demérito? Não acho. Afinal, de nada adianta ter um armamento “no estado da arte” se este não estiver plenamente operacional… Read more »

RL
RL
11 anos atrás

A Argentina teria em primeiro lugar, que trocar sua presidente e sua ministra da defesa.

Lamentável que isso esteja acontecendo.
Cortar as verbas é pior do que a nossa situação, onde recebemos as minguas os recursos da FAB.

Lamentável.

BRAVURA
BRAVURA
11 anos atrás

O sonho/pesadelo Argentino de reconquistar as Malvinas esta cada vez mais distante.

Robson Br
Robson Br
11 anos atrás

MOsilva

“”É péssimo ter um país vizinho e “amigo” (que não represente uma ameaça imediata) com as FFAA no estado em que estão as da Argentina, pois…””

Não é bem assim. Quando tiveram tudo de bom eles chegaram a invadir o Chile, ameaçaram o Brasil, fizeram guerra contra os ingleses e massacraram seu próprio povo.
NÃO PODEM FALR QUE ALGUEM MANDOU, POIS ELES ESTAVAM NO PODER.
ARMAS É UMA COISA PERIGOSA. QUEM NÃO SABE USAR, NÃO PODE TER.!!!!

jose carlos
11 anos atrás

Argentina com os Mirage F1 até a chegada do Mirage 2000?, eu li em algum lugar que esses 2000 seriam os da FAB que seria transferidos a Argentina logo após o recebimento dos Caças do programa FX2

Getulio - São Paulo
11 anos atrás

Pelos comentários especializados, taí uma boa compra de prateleira para o Brasil. Mandem mercador de carne oferecendo uma proposta de 50% do valor ofertado. Eles precisam comer e nós temos a comida!

RdoCosta
RdoCosta
11 anos atrás

Qual a diferença do F-1 para o 2000? Qual se mostraria, num confronto, superioridade?
O Brasil com os F5M e Mirage 2000, faria frente aos MIG29 do Peru, F16 da Chile ou SU30 da Venezuela num hipotético confronto?

Mauricio R.
Mauricio R.
11 anos atrás

O Mirage F-1 põe o F-5E no chinelo, tem manobridade mto superior aliás cabalmente demonstrada na Guerra Irã-Iraque.

Mauricio R.
Mauricio R.
11 anos atrás

Entre os “Mirages”, sou mto mais o “F-1”, é ac de piloto de caça, manobrável e tem bom nivel de desempenho, é bem armado.
Esse “M-2000” é mto cheio de compromissos, tem uma turbina que não é nem turbo-jato e nem turbo-fan puros, vc já nota que a industria não tem como atender as demandas da força aérea em termos de desempenhgo e capacidade de combate, apesar de ter melhor carga alar que os F-16 chilenos.
Desempenhou mto bem em Kargil na Índia, mas era como plataforma de interdição, a cobertura era dos Mig-29 Fulcrum.

Mauricio R.
Mauricio R.
11 anos atrás

“Pode até ser, mas no Iraque não deram nem pro cheiro…”

Bronco1,

Pergunta p/ o Irã, o tanto de F-5 e F-4 perdidos p/ essa máquina, agora contra a Coalizão em 90/91, a conversa era outra mto diferente.

MOSilva,

“…S-70 Blackhawk…”
Sobras??? Os do EB usados na cordilheira do Condor, fronteira Perú/Equador, não eram novos???
Ou não foram trocados por células, novas qndo do retorno ao Brasil???

Wolfpack
Wolfpack
11 anos atrás

Não sei se devemos comparar Mirage 2000 e Mirage F1, pois a conceito de ambos e finalidade são totalmente diferentes.
Os F1 são excelentes plataformas de ataque ao solo, e para isso foram concebidos, já os Delta 2000 são interceptadores natos. Estamos comparando coisas distintas. Sua capacidade acima dos F5EM também é discutível.

CADU
CADU
11 anos atrás

Bom dia Amigos,
O Brasil com os R-99, e os F-5EM + Mirage 2000, dão um banho em qualquer um na AL, eles não tem este tipo de estrutura, vão tomar misseis na cara sem saber de onde vieram, agora se tiver que ir para o dogfight, a coisa se complica, mais até lá, muito missel na cara para desviar.
Saudações a todos.

Wolfpack
Wolfpack
11 anos atrás

Se não estou enganado os F1 e Super Frelon foram adquiridos como plataformas de lançamento dos ASM MM38 Exocet, e causaram bastante danos ao inimigo, inclusive a um descuidado navio de combate americano na região.