quinta-feira, abril 15, 2021

Gripen para o Brasil

Bombardier espera fechar mais “uma ou duas” encomendas neste ano

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Cseries

Informação foi dada pelo presidente-executivo da empresa durante o Paris Air Show

A Bombardier está dentro do cronograma para entregar seus primeiros jatos CSeries em 2013, e anunciou ter assinado um acordo de venda de oito aviões turboélice Q400 em um acordo avaliado em 224 milhões de dólares.

A fabricante canadense, principal rival da brasileira Embraer na produção de aviões regionais, disse que prevê uma demanda nos próximos 20 anos de 6.300 aviões comerciais de entre 100 e 149 passageiros, faixa que busca suprir com o CSeries.

Até agora, a Bombardier já recebeu 50 encomendas firmes e 50 opções de compra pelas aeronaves CSeries da companhia aérea alemã Lufthansa e do Lease Corp International Group.

Durante a feira de aviação Paris Air Show, o presidente-executivo da Bombardier Aerospace, Guy Hachey, afirmou à Reuters Television que a empresa espera conseguir mais “uma ou duas” encomendas neste ano para o avião de apenas um corredor.

O analista Nick Morton, da RBC Capital Markets, disse em relatório aos clientes que a expectativa é que as encomendas do CSeries venham do Oriente Médio e da Ásia.

Ele afirmou que também há relatos de que a International Lease Finance Corp estaria interessada em encomendar a aeronave. Ele acrescentou que, com a fusão das empresas aéreas norte-americanas Northwest Airlines e Delta Air Lines continuam as negociações para a reposição de modelos antigos pelo novo CSeries.

Separadamente, a Bombardier anunciou nesta terça-feira que a MiG Aviation 3, uma subsidiária do Marfin Investment Group Holdings, da Grécia, assinou um pedido firme por oito aviões Q400, incluindo cinco Q400 NextGen. O valor do negócio pode alcançar 468 milhões de dólares se opções de compra forem exercidas, disse a Bombardier.

FONTE: Reuters, via G1 / FOTO: Bombardier

NOTA DO BLOG: Leia também “Bombardier recruta engenheiros da Embraer

- Advertisement -

4 Comments

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Tomcat

Os jatos CSeries da Bombardier são muito parecidos com os série 195 da Embraer!

RJ

A nossa querida concorrente, conhecida pelo singelo apelido de Bomba (abreviação de Bombardier), já perdeu o timming para o lançamento do C-Series algumas vezes. Agora ele terá um mercado saturado, e espera-se que a forçada maturidade do projeto (e os novos diferenciais que foram impostos) façam deste avião um sucesso. Mas nada que faça virar o jogo em que a EMBRAER ainda é vencedora.

Tomcat

Os jatos CSeries da Bombardier são muito parecidos com os série 195 da Embraer!

RJ

A nossa querida concorrente, conhecida pelo singelo apelido de Bomba (abreviação de Bombardier), já perdeu o timming para o lançamento do C-Series algumas vezes. Agora ele terá um mercado saturado, e espera-se que a forçada maturidade do projeto (e os novos diferenciais que foram impostos) façam deste avião um sucesso. Mas nada que faça virar o jogo em que a EMBRAER ainda é vencedora.

Combates Aéreos

VÍDEO: Curvas de alto desempenho em combates aéreos

Este vídeo, o segundo da série, apresenta os aspectos aerodinâmicos para a realização de curvas em combates aéreos. Diferentemente...
- Advertisement -
- Advertisement -