quinta-feira, setembro 23, 2021

Gripen para o Brasil

Executivo da Lockheed diz que F-X2 será postergado

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

‘Caça tampão’ seria escolhido no seu lugar e empresa sinaliza com a possibilidade de oferecer F-35

 

RoncovaisEm entrevista ao site britânico flight global, o presidente da Lockheed Martin para as Americas, Ron Covais, afirmou que a situação econômica mundial forçará uma redefinição do projeto F-X2 pelas autoridades brasileiras. Assim sendo, haveria espaço para a participação do F-35, produto em desenvolvimento da Lockheed, numa etapa posterior.

“Na minha opinião o F-X2 vai voltar para a gaveta” disse o executivo da Lockheed. ” E desta forma retomaremos as discussões com o Brasil durante a LAAD”, completou.

A Lockheed participou da concorrência com o F-16, mas foi eliminada junto com o Eurofighter Typhoon e o Sukhoi Su-35.

Os integrantes da Lockheed que virão para o Brasil para participar da LAAD acreditam que o F-X2 será novamente adiado e que um “caça-tampão” será escolhido neste meio tempo.

A opinião do executivo da Lockheed segue na mesma direção da posição adotada pelos russos. Após a eliminação do Su-35 da concorrência do F-X2, eles já ofereceram participação da Embraer no projeto de um caça de quinta geração, e apresentaram uma nova proposta para ser reexaminada.

Pelo cronograma da FAB, a decisão do vencedor será em setembro deste ano e a disputa está entre o Boeing F/A-18E/F Super Hornet, o Dassault Rafale e o Saab Gripen.

A Lockheed não tem mais o interesse de divulgar o F-16 na América Latina, mas está apostando fortemente na venda de alguns exemplares do C-130J na região.

- Advertisement -

260 Comments

Subscribe
Notify of
guest
260 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vassili Zaitsev

Não é só o executivo da Lockheed que vê o FX-2 dessa ótica. Eu tb imagino o mesmo desfecho. A crise tá braba pra chuchu, o orçamento da pasta da Defesa foi severamente reduzido na semana passada. O corte de quase 3 Bilhões de Reais afetou e/ou afetará diversos programas importantes.

Eu vejo, cada dia mais, a FAB equipada com o Mirage 2000-9.

Abraços.

SMarcos

Só não sofrerão cortes a construção dos submarinos, aviões de transporte e a compra dos helicópteros.
O FX-2 não citado pelo Jobim em sua última declaraçao.

RoLoUcO

os caras ja estao de saco cheio com o Brasil, daki a pouco ninguem mais vai oferecer nada para nos!!!!

Potiguar

Vamos aproveitar os F5B que estão a anos sem utilização na FAB.

Tailhooker

Os cortes foram realmente grandes. Não sei, mas parece que tudo se desenha para isso. Na hora que o cinto aperta, ninguem lembra de END. A eleição de 2010 está chegando e o Lula não daria um tiro no próprio pé.
Na minha opinião fica difícil até para o M2000-9.

BUNEO

Se isto for verdade é um pena Estes americanos jogam muito. Vai que eles se ligaram que o Rafale esta na frente.
Eu imagino que este tipo de negocio e bem planejado tanto que entra no orçamento e o dinheiro já esta no caixa, sem contar com os contingenciamentos anteriores.

Pedro

Olha, concordo com o colega, até pros Mirage 2000-9 tá dificil.
Acredito que a proximidade das eleições, a quebra do orçamento com a crise e a pouca “importancia” dada a questão pelos últimos governos apontam para uma solução ainda mais barata: a extensão da vida util dos F5BR pra mais de 2030.
Ou isso ou vamos aproveitar a desativação dos vetores americanos (o que duvido).

Tailhooker

`Se optarem pela solução “tampão”(para sempre), o Mirage 2000-9 seria uma opção natural, já que estariam “disponíveis” e são uma evolução de um vetor já conhecido pela FAB que representaria uma evolução sem precedentes para a FAB, mesmo sendo usados. Acontece que não são baratos também.
Como não sabemos a “verdade” sobre o que se passa no processo, qualquer notícia, tendenciosa ou não, acaba tendo um grande impacto na opinião de todos. Mas o que o membro da Lockheed afirmou não deixa de fazer bastante sentido. A guerra agora é de informação e contra-informação

Rodrigo Rauta

Então, é engraçado isso..a crise ta braba, mas vamos emprestar dindin pro FMI.Agora vem A Lockheed oferecendo o F-35 e os russos os Pak-Fa.Então resolve de umas vez, compra um caça Tmapão e entra de cabeça com os russos ou o F-35! O q não da é essa indefinição.

Abraços!!!

Rogerfer

O executivo da LM só deu uma opinião. O FX-2 não será cancelado. Brincalhão esse cara! A FAB está precisando de um caça multifunção pra já e é isso que vamos adquirir para substituir os Mirage 2000, AMX e F-5. Um caça tapa buraco não resolve. Por acaso o Mirage 2000-9 atende aos requisitos do programa?

Felipe Cps

Perdedores apostando no “quanto pior melhor”… igualzinho os russos…

Mó barato isso… e neguinho aqui, que se proclama brasileiro e patriota, ainda acha bonito, pq a decisão da FAB de excluir tais empresas contrariou seus gostos e vontades…

Amigos, se o FX2 não sair agora esqueçam, vamos de Bicudão e F2000 até 2100…

Tailhooker

Rodrigo,

para “emprestar” pro FMI não vai faltar. Acontece que essa ação é muito mais política do que a gente imagina. Não sei a quantia, mas imagina como o Lula vai usar isso em discursos por aí para eleger o seu sucessor, passando a imagem para o povo de que o Brasil melhorou tanto em seu governo e está tão imune à crise, que está até emprestando dinheiro para quem sempre foi nosso credor. Isso dá voto, comprar caças a FAB, não.

GustavoB

Ora, olhem quem está falando isso. Seria muito conveniente para a Lockheed e para a Sukhoi que o FX-2 fosse cancelado.

Vamos nos ater aos fatos: a FAB deve anunciar o ganhador até o 2º semestre; o governo no final do ano. Os prazos estão sendo cumpridos.

Então, não são notas como essas que vão nos pautar. Cada uma…

Virtualxi

Pra que esperar pra comprar um caça que foi humilhado vergonhosamente pelo SU-35, quando podemos optar por ter este último agora e sem nenhum veto de tecnologia.

Henrique

Sempre tam alguém de fora dando pitako neste processo. Se estivéssemos falando em 200 caças eu até concordaria que o projeto estaria fora devido à crise mas estamos falando em míseros 36 caças para um país continental como o Brasil. Isto equivale à metade de uma força aérea embarcada em um porta aviões nuclear americano. Se o fanfarrão do nosso presidente (marolinha) diz que tem dinheiro pra emprestar ao FMI então deve ter algum “trocado” para empregar na segurança do país comprando alguns míseros aviões! Corta os celulares dos congressistas, algumas mordomias do legislativo além das centenas de “Aspones” que… Read more »

JMRC

As afirmações de Ron Covais, a meu ver, não merecem o mínimo de respaldo.
Devemos dar credibilidade as informações provindas das autoridades brasileiras, e não do presidente de uma companhia que já foi eliminada do processo licitatório e que tem interesse direto na matéria.

André

Não sei onde o F-35 foi humilhado pelo Sukhoi. O americano ainda não está operacional e o russo nem teve seu desenvolvimento concluido.
Aquela simulação dos autralianos foi discaradamente forjada, pois assim como o Japão a Austrália deseja o F-22 em suas forças armadas.

Tailhooker

GustavoB.

Concordo contigo se vc refrasear para: vamos nos ater às previsões.
Não tenho a menor dúvida de que a FAB cumprirá o seu cronograma e divugará o vencedor técnico no segundo semestre. Isso está sob o total controle deles.
Agora, a assinatura do contrato é uma grande incógnita, se é que ela vai ocorrer. Quanto a isso, a FAB não tem nenhum controle. E qualquer opinião nesse sentido seria especular sobre um futuro com alto grau de incerteza.
Quem viver, verá.

Tailhooker

Henrique,

Segundo o Marlos Barcelos, o Lula tem à sua disposição para gastar US$ 200 bilhões em reservas. Tá sobrando muita grana. Segundo ele, dá pra financiar toda a corrupção no país com elevado grau de satisfação e ainda assim dá para o Brasil comprar e operar todos os Rafales que necessita. E ainda sobra.. Pode raspar as reservas.

Walderson

Pessoal, 1º) creio que devemos dar um voto de confiança para a FAB, pois não houve atrasos ainda no programa FX-2. Até o apito final, o jogo está rolando. Sinceramente, eu não acredito na notícia. Penso que é só para tumultuar. 2º)Orçamento não é dinheiro no bolso. É um planejamento de gastos para o ano. No caso do FX-2, não houve, por enquanto, dinheito alocado para isso. A compra será feita mediante financiamento. Não houve definição de preço, condições de financiamento, definição do financiador etc. Ou seja, o camarada da LM está especulando tanto quanto os amigos que acham que… Read more »

Marlos Barcelos

Bla´, blá, blá, a só porque a boeing sabe que vai perder o Fx-2 porque não nos deram garantias de acesso ao software da aeronave, eles ficam fazendo joguinho conosco para não comprarmos nada. Se os EUA não querem vender os f-35 para Israel vão querer vender para nós? nem os f-15 silent foram oferecidos. Lembro que a boeing é dona da lockheed, e eles não querem que nós brasileiros tenhamos um caça de alta tecnologia e acesso a essa nova tecnologia, segundo eles para evitar corrida armamentista na América Látina. Enquanto o nosso presidente não disser que o fx-2… Read more »

E.Bueno

Como faz para participar deste bolg, tem que pagar uma taxa? Nunca consegui vê meus comentários. Apesar de ser um mero entusiasta da aviação gostaria de participar.

Marlos Barcelos

Engraçado que quando o Brasil ao iniciar o fx-2 quis comprar o f-35 eles nos mandaram os f-16 e agora querem nos vender os f-35? Vão enganar outro trouxa.

marco antonio

para o blog defesa aerea . pequena reportagem da revista epoca desta semana,o sr obama corta compra de avioes f22 causa , custo muito alto paro o orçamento deste ano,valor de cada avião,u$144milhoes, este avião sera substituido pelo f35,que é 70% mais barato.

JMRC

Ninguém falou que eles querem nos oferecer o F 35. Acho que o editor so site se precipitou. está escrito que “E desta forma retomaremos as discussões com o Brasil durante a LAAD”.
O que houve foi uma interpretação extensiva. Colocaram palavras na boca do Ron Covais.

JMRC

O Ron Covais não falou nada de F 35.

Francisco AMX

Marlos a Boeing é dona da LH? desde quando?

Tailhooker

A Lockheed Martim comprou a Boeing quando ? Esse negócio foi secreto e vc agora está revelando em primeira mão ??

marco antonio

outra do site defesa br.revesta aircraft monthly de abril de 2009,fab tem intenção de adiquirir aviões pesados de carga sendos estes o c17 eo il96.

Erich Hartmann

As declarações do digníssimo responsável da LM para as américas ao meu ver são típicas de quem interessaria que o FX2 fosse postergado.

Até agora se a arrecadação não cair ainda mais e a economia der sinais nítidos de melhora creio que a posição política do atual governo talvez não interfira no cronograma da FAB que tem sido respeitado…

(…e cruzemos os dedos,façamos figa,promessas etc,pois não é facil não conseguir efetivar o FX2 sob cenário de fortíssima desaceleração da ecnonômica,fim de governo,falta de interesse apoio público,mídia…)

Almeida

Caça tampão do caça tampão? Este empresário é um piadista! Como dizemos aqui no Rio de Janeiro, “perdeu playboy”! Tentou empurrar o F-16 em final de carreira e ficou de fora da concorrência, agora aguenta!

Duvido _MUITO_ que a FAB ou o MD decidam cancelar o FX-2 por outro caça tampão. Podem diminuir a quantidade encomendada até o suficiente para substituir apenas os F-2000, 12 unidades, mas cancelar eu duvido muito. A necessidade é real e premente e dinheiro/orçamento/financiamento para isso nós temos. Fora os interesses da França e dos EUA para que essa compra seja efetuada.

edilson

Eu gosto é de botar fogo na fogueira….

eheheh

não fui eu quem disse, agora é a Lockheed

atentem para o fato de que se a lokheed está propondo o F-35 é porque os russos ñão estavam mentindo a respeito do PAK

mas como o próprio texto diz tudo pode ser expectativa apenas do fabricante, até onde sabemos o FX está no cronograma e não terá atrazos

Tailhooker

Pois é Erich.
Concordo que o momento político e o atual cenário econômico não são os mais favoráveis. Mas nunca se sabe, vamos torcer para que dê certo.

JMRC

A Boenng, em 1994, comprou por US$ 11.000.000.000,00 Mcdonnell Douglas (que estava quase falida) que era dona da Lockheed Martin. A Lockheed Martin era a divisão da Mcdonnell Douglas para aviação militar e aeroespacial. Hoje, o Boeng controla tudo.
Na época eu morava em Seattle, onde era a sede da Boeng e acompanhei o processo de perto.

Rodrigo Marques

Me parece que o cara está confundindo torcida para que o FX2 seja cancelado com a real possibilidade disto acontecer face a crise internacional. O que me preocupa um pouco é que este Sr. não deve ter atingido o posto que ocupa a toa, então a opinião dele pode ter algum crédito.

Aluisio

Engraçado a L&M oferecer o F-35 agora que tá lascada pela crise mundial,com os custos do caça subindo a cada dia,parceiros interessados em cair fora do programa e governo nao interessado em vender para nenhum outro país… Pq eles mudaram de idéia rápida e trocaram o F-16 pelo F-35? Acho que o cara é burro ou simplesmente nao leu nada sobre o programa,pq se os americanos nao querem nem vender o caça pros britânicos que ajudaram a pagar o programa,alguem acha que vai mesmo rolar transferencia de tecnologia para nós?!

COMANDANTE MELK

Senhores,

“o FX2 sai este ano mesmo´´, para se ter uma ideia, sendo declarado o vencedor da concorrência este ano, o contrato sera assinado logo em seguida e a primeira parcela do financiamento só seria paga no ano de 2010, ou seja em outro ano-fiscal(outro orçamento)…entenderam?

Carlinga Carenada

Pois é… mais uma Cassandra a avisar… a FAB vai AMARGar um the END para esse FX-2 que será um eterno FX-n… Lula: conversa com o Obama e faz uma xepa nos estoques da USAF e que tais… vamos ao AMARG com urgência… Alguém neste país tem que ter responsabilidade pela defesa aérea… F-16 e F-15 “no estado” são boas opções. Viva Lula I, Viva Obama !, Viva o Brasil !

GustavoB

A FAB pretende receber os primeiros caças em 2014. Alguém aqui acha que naquele dia o governo assinará um cheque de US$ 2,5 bi? Falam deste processo como se fosse comprar pão na esquina.

Me lembro de pensar como alguns aqui – mas quando eu tinha 12 anos.

Marcos T.

O Fx vai terminar em Pizza.
Só acredito quando o primeiro caça for entregue, até lá não sei de nada, não confio em nada.

Tailhooker

JMRC,

Que eu saiba, a sede da Boeing é em Chicago,IL. Em Seattle, fica uma planta, Everett field.
Que a Boeing adquiriu a McDonnel Douglas, antiga Douglas, eu também sabia. Mas que a Lockheed Martin é controlada pela Boeing isso para mim é novidade. Onde eu poderia consultar para comprovar isso ?

Tailhooker

GustavoB

O Marlos sempre se supera. É o Mundo Maravilhoso de Marlos Barcelos

Excel

Vamos ser otimistas, se tudo der certo os nosso visnetos poderão comemorar a aquisição de rafales, F-18, Gripen e outros caças de “ponta” pela FAB.
Pois é … só falando M.. para se consolar desta desgraça ….. Vamos torcer para que não seja nada além de boatos infundados.

SMarcos

Eu ainda continuo acreditando no programa FX.
O Brasil almeja demais a cadeira na ONU.
Esse empréstimo pro FMI tem valor político fundamental para esse ingresso.
Atualização das forças armadas tbm é pré-requisito.

Ulisses

É muito bom ver que há mais pessoas acreditando no FX-2,mas falta algo:

36 CAÇAS É SÓ A PRIMEIRA ENCOMENDA,120 SERÃO O TOTAL!

JMRC

me refiro a sede administrativa, não a fabrica.

Sandro

Caros amigos, to achando que vai vir uma chuva de F-18 retrofit pra cá, os americanos estão precisando desentulhar o quintal de quebra vem F-15 tambem o problema e saber se essa sucatama vai servir para cumprir nossas funçoes de defesa…

Francisco AMX

A Lockheed sempre foi concorrente da Boeing, e a MacDonnel foi comprada pela Boeing, que foi quem projetou e comercializou a maioria dos F-15s, A LM comprou a General Dynamics, que projetou e comercializou, no mínimo, a metade dos F-16s…
O Prof.Marlos deve estar confuso com estes negócios… o Prof. Marlos deve estar confuso com um monte de coisas 🙂 rsrsrsrs

JMRC

Tailhooke;

Me refiro a sede administrativa, não a fabrica.

Pesquise na inertnet. O negocio se deu no final de 94.

Nunão

“JMRC em 13 abr, 2009 às 14:04
Ninguém falou que eles querem nos oferecer o F 35. Acho que o editor so site se precipitou. está escrito que “E desta forma retomaremos as discussões com o Brasil durante a LAAD”.
O que houve foi uma interpretação extensiva. Colocaram palavras na boca do Ron Covais.”

Só para esclarecer, este é um trecho da notícia original:

‘ Covais still acknowledges that “to try to calculate where the F-35 would fit is difficult at this point”, but “we see it as great potential”. ‘

Últimas Notícias

IMAGENS: T-27M Tucano da FAB com nova pintura

A Força Aérea Brasileira divulgou imagens do T-27M Tucano modernizado com sua nova pintura. A escolha da identidade visual contou...
- Advertisement -
- Advertisement -