Home Sistemas de Armas Meu nome é Albatross… L-39 Albatross

Meu nome é Albatross… L-39 Albatross

1109
118

Recentemente, circularam informações de que a Bolívia autorizou a compra de seis jatos de combate leve Aero Vodochody L159 ALCA (Advanced Light Combat Aircraft – avião leve de combate avançado) produzidos na República Tcheca, e que são versões bastante modernas de uma família que  remete aos bastante difundidos L-39 (foto abaixo).

l-39-albatross-foto-aero-vodochody

Pode-se dizer que, nas  mãos de pilotos habilidosos, são aeronaves que podem fazer um grande estrago. Afinal, a exibição mostrada na segunda metade do vídeo no alto da matéria, protagonizada pelo irmão mais velho com “licença para matar”, não deixa dúvidas…

Fotos: Aero Vodochody

l-159-alca-foto-aero-vodochody

Nota do Blog: o vídeo é um intervalo “lúdico” nas discussões sérias de todos os dias, mas os comentários podem ser feitos em relação aos possíveis novos jatos da Bolívia, os L159 ALCA (foto acima), que são uma compra muito interessante para se debater prós e contras e, ao mesmo tempo, muito séria para o futuro da outra FAB da América do Sul, nossa vizinha.

Subscribe
Notify of
guest
118 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
RJ
RJ
11 anos atrás

A plataforma, apesar de antiga, ainda é excelente para treinamento. A versão ALCA (L-159) tem eletrônica moderna (mas não estado-da-arte). O avião possui capacidade para operar uma vasta gama de armamentos, o que os “moderníssimos” T-33 com Glass-Cockpit não podem fazer.

Os T-33 podem treinar os pilotos para os Albatroz. Insólito, não? Isto é que é baixo custo.

Fábio Max
11 anos atrás

Eu penso que a Bolívia acertou na aquisição dessas aeronaves.

É um país pobre, sem inimigos externos, sem problemas fronteiriços e com pouco dinheiro, elevou o patamar de sua FA, saindo ds década de 50 para chegar ao século XXI.

E pelo preço que pagaram, eu fico me perguntando se esses aviões não seriam a solução para o treinamento avançado da nossa FAB, com substituição dos Xavantes.

Abrivio
Abrivio
11 anos atrás

O L-159 só é usado pela própria rep tcheca, se for descontinuado, não haverão mais peças de reposição.

6 aeronaves são insuficientes para equipar um esquadrão, apesar de ter lido que outros 6 seriam comprados posteriormente em uma operação triangular na compra de aeronaves de transporte.

A capacidade do L-159 está mais para ataque leve. Tem relação peso potência inferior ao A4 e até ao AMX, que é considerado submotorizado.

Pouca potência, pouca capacidade de carga e velocidade máxima baixa.

Abrivio
Abrivio
11 anos atrás

Dimensões: Motores/ Potência
Comprimento: 12.72 M
Envergadura: 9.54 M
Altura: 4.87 1 x motores Honeywell / ITEC F124-FA-100
Potência total: 2850 Kgf
Peso / Cap. carga Velocidade / Autonomia
Peso vazio: 4350 Kg
Peso máximo/descolagem: 8000 Kg
Numero de suportes p/ armas: 4
Capacidade de carga/armamento: 2340 Kg
Tripulação / passageiros: 1 Velocidade Maxima: 955 Km/h
Máxima(nível do mar): 865 Km/h
De cruzeiro: 850 Km/h
Autonomia standard /carregado : 600 Km
Autonomia máxima / leve 1570 Km.
Altitude máxima: 13200 Metros

Abrivio
Abrivio
11 anos atrás

Dados do A4 (versões mais antigas B/C/E, não é o M ou o KU):

Dimensões: Motores/ Potência
Comprimento: 12.22 M
Envergadura: 8.38 M
Altura: 4.63 1 x motores Wright J52-6
Potência total: 3856 Kgf
Peso / Cap. carga Velocidade / Autonomia
Peso vazio: 3492 Kg
Peso máximo/descolagem: 7711 Kg
Numero de suportes p/ armas: 5
Capacidade de carga/armamento: 2268 Kg
Tripulação / passageiros: 1 Velocidade Maxima: 1087 Km/h
Máxima(nível do mar): Não disponível
De cruzeiro: 950 Km/h
Autonomia standard /carregado : 1480 Km
Autonomia máxima / leve 1814 Km.

Abrivio
Abrivio
11 anos atrás

Quanto ao custo, cada um saiu por 9,5 milhões após muita choradeira. As aeronaves estão prontas, a espera de um comprador, há dúvidas se são realmente novas.

A modernização de um F5M saiu por aproximadamente 5,7 milhões cada (acrescentar o valor da célula).

Barato? Eu acho que não.

O Brasil fica do lado, a rep Tcheca nem tem vôo direto para Bolívia, qualquer peça vai demorar um bocado para chegar.

Foi uma compra política, tanto o F5M quanto o super tucano atenderiam a FABov muito melhor, dependendo do que ela quer.

Da Silva
Da Silva
11 anos atrás

Pronto, agora Laz Paz é intocável.

Da Silva.

Ulisses
Ulisses
11 anos atrás

Da Silva

hehehe…La Paz intocável foi boa.É só mandar 10 F5EM com Derby mais R99A e pronto!

Nunão
Nunão
11 anos atrás

Calma gente, por enquanto La Paz está em paz… Vamos esperar os L-159 “de guerra” chegarem primeiro!

Almeida
Almeida
11 anos atrás

Era melhor ter comprado meia duzia de super tucanos. Mas, a ideologia retrograda de esquerda impera em nossos vizinhos…

Baschera
Baschera
11 anos atrás

Da Silva,
Vc acha sinceramente que os “Derby” são grande coisa ??
Os Derby só foram comprados como full gap e por serem baratos e de relativa comunalidade com os aviônicos israelenses e seu software.
Não passam de fusquinhas dos ares, com seu alcance mediocre.
Muitos se deixam estusiasmar com “abates” ufanistas de M-2000, afundamentos mil de NAe por SSKs em exercícios e tal.
Asseguro-lhes que segundo muitos, e entendidos, estas histórias possuem muita gordura…..e pouca realidade.
Sds.

Fábio Max
11 anos atrás

Bem, então se adquirir F5 usados e modernizar custa mais barato, alguém diga isso para o Brigadeiro Sato, e substitua os 25 Xavantes por 25 F-5M de treinamento.

Mirage
Mirage
11 anos atrás

Que índio burro! Em vez de comprar super tucanos do pais que é o seu principal parceiro comercial. KKKKK

Sobre o vídeo: como eles gostam de criar pós-combustão onde não cabe né??

Muita areia.

Abraços

Vassili Zaitsev
Vassili Zaitsev
11 anos atrás

Baschera,

Discordo quanto ao Derby. Realmente não é o melhor do mundo, mas é um excelente MAA. Melhor que ele na AMérica Latina, só o AIM-120 do Chile (que estão estocados nos esteites). O Peru talvez tenha em seu inventário o R-27, mas é somente especulação.

abraços.

Baschera
Baschera
11 anos atrás

Vassili,
Agora na corrida….. teria que procurar o link de um fórum lá do Perú para coroborar…. estou na corrida para casa.
Mas, lembro perfeitamente, que os peruanos já terem os R-27, tanto que o forista, depois corroborado por vários outros, ter dito que por este motivo os AIM-120 C5 do Chile terem sido liberados pelo Pentágono. E mais, ao contrário do que muitos escrevem aqui, os mísseis do Chile não estão armazenados nos armazéns do Pentágono. Estão em solo chileno. Melhor que pensem que não estão, dizia o forista, oficial das FFAAs chilenas….
Sds.

JACUBÃO
11 anos atrás

Vai ver que o PAGÉ da Bolívia irá usar este avião para meter ainda mais mêdo no fracote e covarde Brasil.

Baschera
Baschera
11 anos atrás

Amigo Vassili, Este troço é viciante…embora não tenha achado o link de que falei, posto abaixo o comentário de outro fórum que lembrei mais rápido…. acerca dos Mig-29 da FAP (F. Aérea Perunana), Sds. “Os Fulcrum da FAP podem levar até seis mísseis ar-ar em seis pontos-duros subalares, carregando mísseis infravermelhos de curto alcance R-60M/MK (AA-8 Aphid) e R-73 (AA-11 Archer), médio e longo alcance com guiagem por radar semi-ativo R-27R1 (AA-10 Alamo A), R-27RE1 (AA-10 Alamo C) e mísseis também de médio e longo alcance mas com guiagem térmica R-27T/T1 (AA-10 Alamo B) e R-27TE/TE1 (AA-10 Alamo D). Os… Read more »

RJ
RJ
11 anos atrás

Pessoal,
pro cenário brasileiro, o Derby é um excelente míssil, da mesma forma que para o cenário Boliviano, o Albatroz é um excelente caça.

Afinal, quem são os inimigos, e quais as missões que esses equipamentos vão desempenhar?

O Brasil não almeja entrar em guerra aberta contra os Incas Venuzianos, e nem os bolivianos almejam entrar numa guerra sem o apoio deles.

Dissuassão, mesmo que limitada! Pero sin perder la ternura, jamás!

Rodrigo
Rodrigo
11 anos atrás

Opá… mas os mísseis do Chavito tb são bons…

Mas o Índio da Montanha não comprou nada do Brasil pois sabe que os EUA iriam vetar com todo o prazer e razão…

Esses aviões vão servir mesmo para meter medo na oposição da Bolívia.

Mas convenhamos a Bolívia estava precisando aquele T-33 são no mínimo peças de museu. Não sei como eles voam ainda, se é que voam.

RL
RL
11 anos atrás

Poh, se a compra foi realmente politica então faltou politica do Brasil para vender Tucanos ou mesmo oferecer pacotes de modernização para possiveis F-5.

Más como disseram aqui, o fator EUA pode ter contribuido para o PAGÉ ter ido atrás de paises como a Republica Tcheca, assim como o fez o Chapolim.

Abrivio
Abrivio
11 anos atrás

Pessoal,

O L-159 usa motor e armamento americano. O problema do Evo não é com os Estados Unidos, é conosco.

JACUBÃO
11 anos atrás

Então que o LULA pare de puxar o saco do PAGÉ que só tem gás e coca para oferecer e mande ele cossar o c… com um serrote para deixar de ser marrento.

claudio
claudio
11 anos atrás

Olá amigos, Em primeiro lugar vamos para de usar pagé (certo seria pajé) ou índio ou índio burro, as atitudes de Evo Morales nada tem haver com sua origem, e fazer esse tipo de referência me parece mais argumento fraco de um mediocre debatedor. Em segundo lugar alguém sabe como vão ser utilizados? qual será o seu emprego e que tipo de armas usará? lembre-se que Evo tem alianças com Chavez e essa aquisição pode ser apenas inicial de maneira a complementar com caças de ataque médiose que tem alguma capacidade de defesa os SU30 da Venezuela. Em último lugar… Read more »

Clausewitz
Clausewitz
11 anos atrás

Derby é bom ou não? F 5 M é bom ou não? O L159 é bom ou não?
Uma força aérea é um coletivo não uma individualidade.
Eu, pessoalmente, prefiro 40 F5 M+ Derby + R-99 + PESSOAL BEM TREINADO+ AVIÃO BEM MANTIDO do que 24 Su 30 do Chaves.

Na Segunda Guerra, após, 1943, quanto os Me 109 alemães levam uma surra das forças russas ( pilotos mal treinados), na Finlandia, tinham numeros expressivos de vitórias contra os mesmos russos.

Coletividade é o que importa!

João-Curitiba
João-Curitiba
11 anos atrás

Será que o governo brasileiro estava sabendo da intenção do Evo Morales em adquirir estas aeronaves? Será que não havia uma condicionante de ser com propulsão a jato?
Afinal, a Embraer e o Itamaraty não são tão descuidados assim. E a Bolívia não tem do que se queixar da gente. Apesar dos pesares, somos o maior cliente deles e não deixamos de investir lá. Recentemente o Lula inaugurou uma obra lá. Era uma rodovia, nao?
Em tempo: O Evo Morales vai passar. Brasil e Bolívia continuarão.

Abrivio
Abrivio
11 anos atrás

João, O Itamaraty está preocupado com o gás, questões militares nunca foram prioridade. O Governo boliviano pinta o Brasil como o império que rouba as riquesas do país. Se faz de amigo e abraça o Lula, mas desapropria bens brasileiros e toma medidas hostis. Ao invés de procurar uma integração com o Brasil, buscou distanciar-se. Nossa sorte é que não tem dinheiro ou competência para nos ameaçar, em poucos anos estes aviões estarão enferrujando em um pátio. Caso tivesse adotado uma solução brasileira, contaria com nossa apoio na logística e manutenção. Quem saiu perdendo foi a própria bolívia, pois foi… Read more »

João-Curitiba
João-Curitiba
11 anos atrás

Caro Abrivio

Pois então, a Bolívia não tem do que se queixar da gente.
E como eu disse, o Evo passará.

VirtualXI
VirtualXI
11 anos atrás

Agora a FAB do molusco fica muito parecida com a FAB do Kiko. Ambas com sucatas voando pelo ar !

E o Chavez que sai rindo no final da história.

Abrivio
Abrivio
11 anos atrás

Sem querer parecer insistente.

A Bolivia é um país dividido, se houver uma guerra civil dificilmente vamos escapar ilesos. Existem muitos brasileiros no departamento de Santa Cruz. Não é difícil imaginar grupos armados rondando nossas fronteiras, querendo ou não, defendendo ou não a fronteira seríamos envolvidos no conflito.

A equipe Chavez/Correa/Morales/Lugo é bem mais perigosa do que parece, pois semeiam o ódio em seus paises contra brasileiros e americanos. O que fazem por lá é problema deles.

Estamos cercados de pseudoditadores populistas e estados fracos. Para alguém tomar em armas não custa nada.

Vassili Zaitsev
Vassili Zaitsev
11 anos atrás

Baschera,

Quando me referi aos R-27 peruanos, falei dessa forma pelo seguinte motivo:

A Revista Força Aérea (edição antiga, + – 2003) informava que o Peru ja os tinha, inclusive figurava uma foto de um Mig-29 com o mesmo. Porém, a mesma matéria informava que os mesmos mísseis “poderiam” estar com o ciclo de vida expirado, sendo que os sensores talvez não mais funcionassem direito. Segundo a revista, os mísseis seriam antigos, e não novos de fábrica. Por isso coloquei que o Peru “talves” tivesse esse tipo de arma.

abraços.

Paulo Renato
Paulo Renato
11 anos atrás

Esses aviões antigos não representam nenhuma ameaça ao Brasil.
Precisamos nos preoculpar e com Chavez esse sim tem olhos gordos, na nossa fronteira.
Mas nosso País ainda é absoluto mesmok com os F5M estamos capazes de enfreta-los, nossos piloto dão banho nos outros pilotos.
Isso já foi comprovado.
Precisamos sim de melhores vetores para mostrar mas respeito e fortalecer nossas fronteiras.

Abs.

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Pra quem acha que os presidentes da Bolivia, Paraguai, Venezuela e Equador estão semeando o ódio contra brasileiros eu faço uma sugestão: visitem La Bombonera em dia de jogo da Libertadores envolvendo times brasileiros…hehehe

abraços a todos

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Vixi…lendo alguns comentários fiquei com a nítida impressão que existe um certo preconceito racial contra os povos indíginas aqui…credo, pessoal! Que coisa feia! Em pleno século XXI nutrindo ainda esses preconceitos culturais/raciais…tsc.tsc.tsc.

Depois ainda falam que são os outros que semeam ódio contra os brasileiros. Então tá certo!!! Faz sentido. Agora entendi a lógica.

abraços aos caras pálidas de plantão…

mas é um abraço meio de longe pois não nutro muitas simpatias por racistas e nem por preconceituosos em geral…

AMX
AMX
11 anos atrás

Tomara que comprem isso e muito mais. tomara que os outros vizinhos também. Só assim nosso governo acordaria.
É até um “pecado” dizer isso, mas, se houvesse uma REAL corrida armamentista no nosso continente (e ATUALMENTE não há), talvez isso levasse nossos políticos a dar um pouco mais de atenção à nossa indústria de defesa e FAs.
Mesmo com algumas melhoras (ao menos no papel), como, por exemplo, a frente parlamentar de defesa; o fato é que ainda, de palpável, não temos nada. Até o FX-2 já tá correndo risco de novo.
Que saco!

Abraços!

Abrivio
Abrivio
11 anos atrás

Caro Hornet,

Leia as mensagens de novo e veja quem disse o quê. Jogar piadinhas e insinuações no ar é coisa de gente covarde. Cite as pessoas ao fazer seus comentários.

Obrigado

Vassili Zaitsev
Vassili Zaitsev
11 anos atrás

Mauro,

IDEM. O HORNET é “sangue-bão”. Caçador de bombas perdidas de 1ª categoria. O problema é que qundo encasquetou que viu um tal de urso polar no meio do deserto, perdeu a coragem e deixou que eu me virasse com um guarda-arabe doidão. Sorte que meu 171 é forte, e consegui sair pela tangente,rs,rs,rs,rs.

abraços.

Vassili Zaitsev
Vassili Zaitsev
11 anos atrás

RESISTANCE, RESISTANCE!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Eitcha!…mas foi só eu viajar por uns dias que tudo começa a ficar confuso por aqui… Abrivio, o amigo Mauro já respondeu o que eu mesmo responderia, portanto fica respondido o que vc perguntou. No mais, reafirmo categoricamente aqui: sou contra o preconceito e a intolerância, seja ela qual for: religiosa, racial, política, cultural ou qualquer outra. Isso é obscurantismo, sinal de ignorância. Não preciso citar nome a nome, até porque, minha questão não é combater os colegas do blog, mas sim defender a idéia de que não precisamos ser irracionais e nem trogloditas para pensarmos na defesa do Brasil.… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

complementando: chamar alguém de indio ou negro, no sentido discriminatório, não atinge apenas os indios e os negros…atinge a toda a sociedade.

era isso.

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Abrivio, e é claro, as idéias que expus acima tem caráter geral, não estava me referindo a vc ou a alguém em específico aqui no blog. Apenas expus o que eu penso a respeito de um blog que discute assuntos ligados à defesa… e que não é um blog ligado a temas de ideologia política ou questões raciais. É perfeitamente possível discutir a defesa, sem entrar em questões raciais, comportamentais, de crenças religiosas ou ideológicas etc. Aliás, penso ser esse o melhor caminho, pois a defesa é uma questão puramente racional, que engloba tanto armas como diplomacia, tanto a democracia… Read more »

Cinquini
Cinquini
11 anos atrás

Cheguei atrasado pra reunião do Anuê? 😉

Abrivio
Abrivio
11 anos atrás

Infelizmente, há uma certa confusão quanto ao que se denomina “democracia”. Evo disse explicitamente que a petrobrás atuava na Bolívia como contrabandistas. Isso ofende todos os profissionais que lá atuam, a imagem da empresa e o governo brasileiro (afinal quem a dirige?). Onde estão as provas? Sem processo, sem julgamento? Só atirando lama. Correa disse que a odebrecht era corruptora, onde estão as provas? Sem processo, sem julgamento? Só atirando lama. Pessoas presas sem ordem judicial? Na canetada do presidente? Onde estão os direitos civis? Isso não é democracia? O que eles fazem no seu país é problema deles. Quando… Read more »

Abrivio
Abrivio
11 anos atrás

Hitler chegou ao governo da Alemanha de acordo com a constituição, obviamente seu governo não foi um exemplo de democracia.

Chavez / Correa / Morales / Lugo chegaram ao governo conforme suas respectivas constituições, apesar do Chavez preferencialmente gostar de um golpe de estado (as pessoas tem memória curta). Isso não significa que seus governos são democráticos. Democracia não é o governo da maioria, é o governo da maioria que respeita os direitos das minorias, por isso, Chavez e Morales são ditadores, pois perseguem seus opositores.

Cinquini
Cinquini
11 anos atrás

“Isso não significa que seus governos são democráticos. Democracia não é o governo da maioria, é o governo da maioria que respeita os direitos das minorias, por isso, Chavez e Morales são ditadores, pois perseguem seus opositores.”

Temos um novo pensador aqui, teremos no Dicionário de Política a definição de democracia segundo Abrivio!!!!

Se houvesse ditadura em um desses países, os outros países das Américas deveriam intervir, pelo o que eu saiba, nem mesmo os EUA deram entrada em processo nenhum denunciando qualquer ditadura nesses países.

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Cumpadre Cinquini, Esse negócio de democracia é um assunto que muito me interessa, e eu vejo a coisa assim (vou dar uma de Norberto Bobbio misturado com Perry Anderson aqui…hehehe): Democracia moderna se faz com participação efetiva da sociedade, por meio da organização da sociedade civil. Um partido político nada mais é (ou deveria ser) que a sociedade civil organizada. Do mesmo modo que um sindicato, um grêmio estudantil ou a Pastoral da Terra da CNBB. A democracia não é forma, ela é participação. Um país é tanto mais democrático quanto mais participação civil e social tiver. Vide as democracias… Read more »

João-Curitiba
João-Curitiba
11 anos atrás

Caro Hornet Excelente comentário. O ruim das tuas intervenções é que a gente não tem nem o que retrucar ou acrescentar. Mas sobre o FSM ele começou em Porto Alegre, iniciativa das administrações municipais petistas, onde despontaram Tarso Genro e Olívio Dutra, entre outros. Por muitos anos foi somente lá, até que ganhou corpo e internacionalizou. Mas o que quero comentar é que tenho um primo que mora lá e a cada edição ele trabalhava como tradutor voluntário. Uma vez ele me resumiu no que consistia o Forum: o pessoal se reunia para discutir as formas como os integrantes do… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

João-Curitiba,

exatamente. Começou em Porto Alegre, por iniciativa do PT local e do empresário Carlos Graieb (não sei se escreve assim); aliás, a idéia orioginal foi desse empresário brasileiro (Graieb), idéia que a prefeitura de Porto Alegre encampou e realizou. Muito bem lembrado.

E hoje, é claro, é um fórum internacional.

abração

João-Curitiba
João-Curitiba
11 anos atrás

Hornet Aprendi mais uma. Não sabia desse empresário. Tem certeza de que ele não era um comuna ateu disfarçado de empresário, para tentar roubar as bolachas de mel? E falam mal dos empresários, que são uns gananciosos, aproveitadores e exploradores. Como microempresário, vou sair em defesa da classe. Temos excelentes empresários, muitos deles inclusive dedicam parte importante do seu precioso tempo para a política. Como exemplos temos José Sarney, Paulo Maluf, Daniel Dantas (ops, este não é político, apenas circula com desenvoltura pelo meio), Fernando Collor (não sei porque ele nunca é o empresário do ano da Exame, pois seu… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

amigo João-Curitiba, kkkk…será que ele estava disfarçado, e na realidade era um baita devorador de bolachas de mel? Será?… mas eu escrevi o nome dele errado (eu escrevi de cabeça e errei tudo, mas agora procurei na internet)…aqui está o nome dele certo e uma pequena biografia: ODED GRAJEW, 64, empresário, é um dos integrantes do Movimento Nossa São Paulo e presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social. É idealizador do Fórum Social Mundial e idealizador e ex-presidente da Fundação Abrinq. Ou seja, não é um devorador de bolachas de mel. É apenas mais um… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

João-Curitiba, e só pra complementar, sobre o que vc falou. Precisamos superar essa maneira maniqueísta de ver o mundo (não eu e vc, estou falando em termos gerais). Do mesmo modo que nem todo empresário é do “mal”, nem tudo é o que aparenta ser e nem tudo o que é colocado pela mídia é do jeito que está sendo apresentado. E por outro lado, não é porque não apareceu no Jornal Nacional que não é importante…enfim… Ou seja, é aquilo que eu sempre falo aqui no blog (e até brinco mesmo, pois muitos colegas ainda estão presos á guerra-fria… Read more »