quinta-feira, outubro 6, 2022

Gripen para o Brasil

Sukhoi Su-34 Fullback

Destaques

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Nas fotos, pode-se ver o Sukhoi Su-34 Fullback, uma aeronave caça-bombardeiro e de ataque marítimo, considerada por muitos, a mais bonita da família Flanker.

Para ataques marítimos clássicos o Su-32FN pode ser armado com até seis mísseis antinavio supersônicos Kh-31A ou Kh-31R (como os dois cinzas da foto acima na barriga), seis mísseis Kh-35U, três Kh-59M/D stand-off, Kh-41 Moskit (Sunburn) e 3M-54 Alfa supersônicos. Isso tudo, sem perder sua capacidade de combate aéreo!

Sua versão Su-32FN foi projetada para missões de patrulha e ataque marítimo, com capacidade anti-submarino (por incrível que isto possa parecer!). Para ficar mais fácil, é só pensar nele como um S-3 Viking supersônico…

A principal adição ao Su-32FN é a suíte de patrulha marítima ‘Morskaya Zmyeya’ (Sea Snake), que inclui um sistema MAGE e MAD (Detetor Magnético de Anomalias).

Para missões anti-submarino, o Su-32FN pode levar 4 torpedos carregados em pares nas estações 8 e 9, e um pod conformal na barriga pode ser carregado com 72 sonobóias de vários tipos.
Imagine-se um país como o Brasil, tendo um esquadrão desses aviões para proteger seu litoral? Com sua grande autonomia, eles seriam capazes de “fechar” o Atlântico Sul…

A Marinha do México anunciou, em 2006, que estava fechando um contrato com a Rosoboronexport para a compra de 8 caças Sukhoi Su-27 e 2 Su-27UB de treinamento. Os novos caças atuariam na vigilância estratégica da costa mexicana, bem como do campo de óleo da Baía de Campeche. Em fevereiro de 2007 a Secretaria de Marina (SEMAR) abandonou a aquisição dos aviões, por falta de recursos (ou por pressão americana).

A Rússia recebeu dois Su-34 em janeiro de 2007 e mais 6 estavam programados para até o início de 2008. Segundo informações da Força Aérea, 24 aviões deverão ser recebidos até 2010 e 58 até 2015. Os planos incluem substituir os mais de 300 Su-24, por apenas 58 Su-34, por estes serem muito superiores em performance.

- Advertisement -

140 Comments

Subscribe
Notify of
guest

140 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
André de POA

Rapaz, este blog esta se superado na obtenção de belas fotos. E que belo equipamento!

welington

É mais uma ótima opção da Sukhoi para o Brasil ele poderia defender as nossas águas junto com os sub nucleares seria perfeito uma ótima parceria para com a nossa defesa marítima e na defesa aérea o PAK FAT-50 seria perfeito PAK FA T-50 E SU-34 as duas melhores opções para o Brasil sem contar que o T-50 pode operar em porta aviões essas duas aeronaves são perfeitas para o nosso país.

RL

Galera.

Alguem ai poderia me dizer se este caça possui alguma caracteristica Stealth?

Pelas linhas na aerodinamica, parece que tem alguma capacidade furtiva.

Valeu.

Francisco M. Xavier

Para os céticos, anti-russos, darem uma olhada, sentirem… será que este bicho dae, deste tamanho, com esta capacidade de manobras não merece o respeito que vcs se negam a admitir? será que ele não funciona tão bem como dizem? será que só o F-22 faz o que promete? pensem nisso! e para que fique claro sou “americanista” em muitos pontos, não confio em nenhum país no que diz respeito a interesses comerciais e estratégicos, incluido Russia e França! Porém não sou cego, e acompanho aviação militar acerca de 20 anos! era muleke com 14 quando da guerra das malvinas :… Read more »

Pedro

SU 32 FN, esse é o avião que precisamos.
Não é protótipo, tem autonomia suficiente e poder de fogo excelente.
Com uns 30/40 desses em terra, só no aguardo, pra que aviação embarcada de asa fixa?
Mais barato manter um esquadrão desses de prontidão do que manter o opalão como deve ser e aviação embarcada condizente…

Francisco M. Xavier

RL, os russos sempre defenderam a capacidade furtiva dos seus SU-30/33/34/35 e 37, com materiais compostos, tintas e contra-medidas… podem não ser um F-22 mas devem, com certeza, reduzir sua assinatura, que fisicamente é gigantesca, para padrões de aeronaves muito menores, inclusive, se vc observar o desenho (shape) dos novos flankers, verá uma melhora nas arestas e pontos de reflexão…
Abraço
Francisco

Francisco M. Xavier

Bom pensamento Pedro! estes aviões são altamente respeitados pelos USA, são monitorados o tempo todo, e dizem, são praticamente interceptáveis pela atual frota americana (F-18 – nosso concorrente), e seus sistemas de contra-medidas-defensivas suplantam qualquer SAM americano na atualidade. Se eles atacarem uma flotilha dos USA ou de qualquer marinha no mundo, pouco se salva…

edilson

Independente do escolhido no FX estaremos bem servidos (claro se o programa não virar poeira)
agora
Sou sou flankeiro de carterinha e acho que uma força composta por SU-35 e Su-34 este último para ataque naval (armados com o brhamos) apartir das bases ao longo do litoral seriam a melhor escolha.
mas…

WAR

Ainda que mal pergunte, um avião enorme como este, não seria facilmente detectado e eliminado por bons radares? A não ser que sua suite de guerra eletrônica seja superior (e muito) aos eventuais oponentes, ou tenha componentes de invisibilidade secretos, em ambiente BVR ele deve presa fácil. Se estiver errado, me corrijam os especialistas.
Obs. Ele é muito bonito mesmo!

Vovódka

Scafurska!!! Tá na ora de botar os Sukhoi pra cima desses americanos!! A cabine de ladinho um do outro pra pular direto do Universal T25 pros SU34!!!!

Corsario-DF

Pra que P-3, Traker Turbo, Viking e até mesmo o Nae, umas 12 células dessa belezura já era o sufiente pra afundar toda esquadra sul-americana junta sem exceção. Que linda máquina de guerra. Só não acho ele o mais bonito da família, o Su-35 original com canards e o Berkut na minha opnião são mais bonitos que ele. É acho que não preciso dizer mais nada, só admirar essas lindas imagens.

konner

… esse é ” O CARA “, pro Atlântico Sul !!!

Mais detalhes:

http://www.ausairpower.net/APA-Fullback.html

Corsario-DF

Lembrando que “apenas” 58 deles vão substituir 300 do Su-24, pois o mesmo é muito, mas muito superior ao antecessor… Isso deve ser levado em conta.

Camarada - SP

Se a Marinha tivesse pelo menos uns 10 caças desses,pintado nas cores do Brasil, defendendo nosso Atlântico Sul,já ficaria satisfeito.É uma bela aeronave esse Sukhoi SU-34,além de ser um dos mais modernos e temidos caças da atualidade.Com esses caças armados com o míssil Bhramos, dava prá afundar uma frota inteira.

Vovódka

Meninos nao entendi que míssel é o debaixo das entradas de ar na foto de cabeça para baixo e o sozinho no meio das duas? Scafurska!!!!!

Joao

Deveriamos ter pelo menos 30 Sukhoi SU-34 na MB,armadaos com mísseis antinavio supersonicos Kh-31A ou Kh-31R. Embarcar-los do Sao Paulo seria estrategicamente impossivel,os deixando concentrados em um Nae defasado e mal protegido,sendo assim pessima decisao estrategica para a frota. Poderiam estar baseados no litoral,com 3 bases, no Nordeste, no Rio e no Sul do Brasil,cada base com 10 aparelhos. A cadeia logistica seria facilmente adquirida,comprando junto com os aparelhos pecas e motores sobresalentes suficientes,e abrindo uma consultoria tecnica da Sukhoi em Sao Jose Dos Campos,assim como um programa de capacitacao de tecnicos brasileiros treinados na Russia. Esse cenario revolucionaria a… Read more »

Brigadeiro... de chocolate

Q belo avião.

Ele aqui no Brasil??? Sim, também acredito em gnomos.

Manfred Von Richthofen

O avião é ótimo, talvez o melhor do mundo na sua classe.
Mas como perguntou um amigo meu: “quem na FAB hoje fala russo?”

welington

A língua é o menor dos problemas falta é vontade desses políticos que tenho certeza se venderão, em melhorar a defesa do nosso país!

Giovani

Temos forças armadas com orçamentos pobres até para os padrões da América Latina. Caças bimotores por si só já são proibitivos para nós. Precisamos de algo monomotor, simples e de fácil manutenção, com radar AESA e capacidade de datalink para comunicação com aeronaves de vigilância marítima. Devemos investir o pouco que temos em armas e munições no estado da arte para equipar tais vetores, e de preferência fabricando aqui no Brasil. O Fullback é lindo e mortal. Se Chavez comprar algun adios Esquadra. É uma aeronave para poucos. Afina, quem pode pode e aproveita, quem não pode é porque o… Read more »

kaleu

Srs. realmente é uma bela aeronave, centamente com grande capacidade de fogo ! Só não concordo com os exageros. Amigo Francisco, não sou anti-Russos, porém, o que eu leio nesse blog poderia ser chamado de “russolatría” (idolatria aos russos), vc menciona “DIZEM” que são interceptáveis, acho que vc quis dizer “não interceptáveis” porque se são interceptáveis é pq podem ser interceptados… pergunto quem “dizem” (os Russos no You-Tube?), amigo, uma nave deste tamanho se compararmos com carros seriam equivalentes a Galaxi´s ou Landau´s, não precisa nem de radas pra detectar, além disso essa aclamada autonomia é lenda (veja os comentários… Read more »

Vassily Zaitsev

Um esquadrão para defender todo esse litoral??????? mesmo esse caça sendo ótimo, seria muito pouco.

substituir + de 300 por apenas 58????????????? considero isso como uma nova mentelidade por parte dos russos. Acho que a paranóia da época da Guerra Fria passou um pouco, e eles se tocaram que não precisam de tantas aeronaves.

welington

Os motores Russos são famossos por comsumir pouco combustivel.

Vovódka

O Pavelzinho se inspirou neu aqui quando desenhou o SU27 antes de bater a butina quando eu ainda era novinha e lindona! Agora os garotos lá se inpiraram neu véia pra fazer esse SU34 – dois peitões cumpridos e cacunda nas costa por causa do lumbago e da espinhela caida!!! Com dois fogo no rabo e enxugando tudo e soltando o fumacê!!!!Mais fica longe da véia aqui que se eu tô bronqueada sai de perto!!!! Fora FX2! Viva o FX3 Scafurskaa!!!!

welington

kkkkkkkk,ilario!

Vassily Zaitsev

Essa Vovódka tá parecendo o Cel. Tutchenko que faz o comercial da NET.

Alfredo_Araujo

Concordo com o Kaleu!!
Ja li varios relatos, inclusive uma “possivel” avaliação feita pela FAB, onde cita o Su-35 como uma baleia voadora em termos de assinatura radar…

Welington, a fama dos motores russos é de consumir pouco para o tamanho deles!! Q sao enormes!! Porem isso nao quer dizer q sejam motores economicos…
Os flankers tem boa autonomia devido a enorme capacidade interna de combustivel, nao ao bom consumo dos motores!!

Storm

Esse avião é melhor arma da Russia atualmente, (tirando os misseis balisticos é claro) Porque cumpre com folga todas as missôes pra que foi projetado, Tem autonomia e radar de sobra, carrega diverços tipos de armamentos, inclusive misseis ar-ar, portanto dispensando em muitos casos escolta.

Esse é um avião que a marinha do Brasil precisava ter e esqueçam o “Opalão”. 20 ou 30 desses aparelhos baseados em terra mesmo, dariam conta de patrulhar o nosso litoral e não só patrulhar mas impor respeito.

Mas pode esquecer nunca a MB vai operar essas máquinas

Vovódka

Foi a viuva do Sukhoi aqui que ensinei scafurska pro coronel Totinchendo mais ele fala tudo errado!!! Fora capitalistas da NET danone!!!!!!! Fora FX2!!!! O Sukhoi bebe mais que eu mais vai mais longe q esses caças greenpadinhos!!!! Se frances fosse serio nao falava com biquinho!!! Fora imperialismo ianque do Super home e do Super Horne!!! Viva o Super Flanker!!!!

welington

Francês biquinho hahahahhahahahaha, hilário!
O SU-35 BM é superior a qualquer aeronave atual salvo o F-22 que é de geração diferente e custa 5 vezes mais.

Ozawa

Tudo bem, ainda que nos tenham “sobrado” o Rafale e o Gripen, sustento que os recursos dispendidos na aviação de asa fixa da MB convertam-se na aquisição de mais aeronaves no projeto FX2. Incubindo a FAB na defesa marítima, a partir do ar, se necessário com esqudrões de caça, já guarnecidos pelas novas aeronaves, especializados na missão.

Walderson

Galera, sobre o consumo dos aviões russos, há pouco tempo tivemos um post sobre a opinião de um piloto alemão sobre os Migs 29, se não estou enganado, que a Alemanha recebeu da extinta Alemanha Oriental qdo da união das duas. Ele dizia que só para o deslocamento até a pista, ou seja, o deslocamento no pátio, o avião gastava muito. Pessoalmente, acho a família formada por excelentes aviões, penso que seriam bons para a FAB, mas o suporte logístico russo me preocupa. Tb tem o fato da assinatura dos aviões no radar. Penso que deve ser enorme, mas não… Read more »

João-Curitiba

O pessoal aqui, quando o blog mostra um equipamento novo, parece criança em loja de doces ou de brinquedos. O problema é que a carteira do papai está vazia e temos de ficar só na vontade. Além disso, a MB não pode operar a partir de bases terrestres. Porisso a importância do A12 SP, mesmo que capenga. Se este avião viesse, seria para a FAB.

Bosco

Senhores,
a revista “Asas” veio muito boa.
Traz interessantes matérias e um belo poster do A400M.
Como sou o maior fã de aeronaves anfíbias (e de dirigíveis) e não tenho a mínima idéia do por que as mesmas foram abandonadas (principalmente para a função de busca e resgate no mar (SAR) e para apagar incêndios), achei excelente a matéria sobr o A-42 que é um legítimo produto russo sem similar no ocidente e que se dependesse de mim o Brasil teria às pencas.

AJS

Só para que relembremos. Com a chegada do A-11, a FAB vislumbrando a possibilidade de ses desfeito o Ministério da Aeronáutica, por um possivel renascimento da aviação naval e aviação militar, ameaçou afundar o navio se as aeronaves fossem pilotadas por pessoal da MB, o impasse pedurou até a solução Castello Branco, a FAB operaria os aviões e a MB os helicópteros, como de fato ocorreu. Quando foi decidido recriar a aviação naval, já com o MAer consolidado, recentemente, a aviação naval teve restituida a possibilidade de operar os vetores de asas fixas “EMBARCADOS”. Operação de aeronaves de asas fixas… Read more »

AJS

João Curitiba
Após enviar meu comentário vi o seu.
Pela opinião de alguns colegas do blog, teriamos
F-16, F-18, SU- (todos os mais recentes), Mig -29, Rafael, Typhon, F-4, F- 15, Grippen, e outros.
MB com navios de todas as classes e procedências.
EB também com materiais de diversas capacidades e procedências.
Seriamos um Shopping Center de material bélico.

Galante

AJS, nada impede que a legislação seja mudada, assim como foi quando a MB quis ter de volta o direto de operar aviões.

Bosco

Embora devo confessar que tenho um pé atrás em relação ao equipamento russo gosto muito desses KH-31 (Krypton), que são leves (e não aquelas tranqueiras costumeiras) e supersônicos.
Imaginem alguns F-35 Stealth , com dois destes em seu compartimento de carga (não sei se cabe), se aproximando furtivamente de uma força tarefa e mandando ver a queima roupa.
Somado a isso, alguns F-18 lançando SLAM-ERs de maiores distâncias em ataques coordenados e teríamos um verdadeiro balé deestruição..rsrs…
Um abraço a todos.

AJS

Caro Galante.
Sei disso, porém, uma iniciativa dessas, teria que ser amadurecida, pois a MB não aceitaria de bom grado.
A sonhada defesa aérea da frota, seria sepultada.
Afinal, são mais de 40 anos “sonhando com isso”.
Saudações.

Bosco

Qual terá sido a grande sacada dos nossos legisladores (e dos seus respectivos lóbis militares) que foge à compreensão do comum dos mortais, quando fizeram essas leis em relação à Marinha não poder operar aviões de asa fixa a partir de bases em terra.
Nos USA, que sempre usamos como exemplo, os 5 ramos das FA podem, e não existe nenhum problema a respeito.

Luiz Marcelo

Nem tanto ao céu e nem tanto a terra. O Su34 Fullback lembra o F111, sem as asas com geometria variável. Nunca se deve subestimar ou superestimar a capacidade de inovação russa. A Marinha Americana já deu mostras de batida de pino algumas variadas vezes, assim como a Marinha Russa. Em uma remota e hipotética possibilidade de conflito entre as duas potências, uma aeronave destas não teria o menor sentido, devido as várias possibilidades nucleares disponíveis, mas em se tratando de um conflito convencional, quem falhasse mais na prontidão sofreria suas perdas.

Bosco

Sem falar que a distinção entre aeronaves de asa fixa e giratória fica cada vez mais complexa.
Daqui uns 30 anos, quando formos adquirir os V-22 usados do USMC, só a FAB vai poder operá-los? Ou não?

AJS

Quentinha. Projeto F-X2 Ministério da Defesa Comando da Aeronáutica CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA AERONÁUTICA AERONÁUTICA CUMPRE MAIS UMA ETAPA DO PROJETO F-X2 Em continuidade ao processo de seleção dos novos caças multi-emprego para a Força Aérea Brasileira (FAB) e cumprindo o cronograma pré-estabelecido, o Comando da Aeronáutica informa que, por meio da Gerência do Projeto F-X2 (GPF-X2), nesta quinta-feira, 30 de outubro, procedeu à entrega do Pedido de Oferta às empresas participantes selecionadas na short list, listadas aqui em ordem alfabética: 1 – BOEING (F-18 E/F SUPER HORNET), 2 – DASSAULT (RAFALE) e 3 – SAAB (GRIPEN NG). A… Read more »

Baschera

Galante,
Nada realmente impede que se mude a legislação, no entanto o assunto é tabu nas FFAAs. A FAB jamais abrirá mão, tanto é que são seus os P-3 de esclarecimento marítimo e patrulha anti-sub.
Sds.

konner

Baschera,

Sinceramente, pra min, “não importa a cor do gato, desde que ele pegue o rato.”

airacobra

é isso ai konner,
desde que pegue o rato …
ja se passou essa historia de richinha entre as FA, a cada exercicio conjunto, se prova o melhor entrosamento entre as FA, e pra mim pouco importa se um pode operar tal vetor e outro não, acho que isso ja é passado, principalmente hj que estamos entrando na doutrina de guerra centrada em rede, de uns tempos pra ca todos nós (FA) estamos começando a falar a mesma lingua, resumindo um esta complementando melhor o outro.

Joao

Bosco,voce tem razao. E uma confusao total no Brasil. O F-18 foi projetado como caca de defesa da frota,mas pode acabar sendo operado pela FAB. Os helis de ataque MI-35,que obviamente deveriam ser operados pelo Exercito,vao para a FAB tambem,para carregar a Policia Federal.Ate os P-3 Orion,uma plataforma ASW,vao para a FAB. E em 2050,quando o Brasil fizer uma de suas famosas compras de avioes obsoletos caindo aos pedacos e adquirir o V-22,um transporte de tropas,tambem provavelmente sera operado pela FAB. Enquanto o Brasil for o pais aonde a bagunca reina,ninguem vai nos tomar a serio militarmente.

João-Curitiba

Vamos analisar pelo ponto de vista da FAB. Se cada Arma tivesse seus próprios meios de transporte de carga e tropas, seus próprios meios de vigilância, seus próprios meios de ataque, o que sobraria para a FA? Alguns Hercules (não todos), alguns jatinhos executivos e os 12 F2000. A sim, e a Fumaça.

Octavio Lima

Senhores, recomendo lembrar que a FAB usando F-5 modernizado e com cobertura radar feita pelos R-99 conseguiu abater Mirage2000, F-16 e F-15. Preocuparmo-nos com a possível compra desses aviões por algum país próximo não me parece então razoável. De novo a compra de material bélico russo é problemática por dois motivos: falta de familiaridade dos nosso técnicos e o problema do comportamento errático russo. Quer queiram quer não nossos interesses são mais alinhados com a Europa e os EUA, que por sua vez não estão muito felizes com as diretrizes indicadas pelo atual governo russo. Como vamos garantir o suprimento?… Read more »

Baschera

Caros,

Konner e Airacobra,
Não pensem que não concordo com vocês. Concordo. Mas vá dizer isto para os porta-medalhas das 3 forças !!!
Talvez, com o advento e implantação da tal agência que coordenará as compras das forças, isto venha à mudar. No entanto, acho que só pulso firme e mudança completa da doutrina vigente do MD é que o atual estado de coisas poderia melhorar.
Sds.

Últimas Notícias

Caças F-35A da Coreia do Sul operacionalmente despreparados 234 vezes em um período de 18 meses

SEUL, 4 de outubro (Yonhap) — Os caças furtivos F-35A da Coreia do Sul foram classificados como operacionalmente despreparados...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -