Home Perfil Sukhoi Su-35, o preferido dos pilotos e entusiastas brasileiros

Sukhoi Su-35, o preferido dos pilotos e entusiastas brasileiros

7817
254

O Su-35, o mais novo caça da família Flanker, é o vencedor da segunda enquete do Poder Aéreo, recebendo quase 50% do total de votos, contra 21% do Rafale. Na fotomontagem vista acima, ele aparece voando sobre a Amazônia.
Segundo algumas fontes, o Su-27/Su-35 foi o preferido dos pilotos de caça da FAB na avaliação do primeiro F-X.

Mas se a concorrência fosse levada adiante pelo governo FHC, provavelmente o vencedor seria o Gripen, por causa do forte lobby da época.

No F-X2, o Su-35 terá que vencer o lobby francês, que já dominou a grande mídia.  Mas ainda há esperanças de que o Su-35 vença a disputa, por causa dos entendimentos do Brasil com a Rússia para o desenvolvimento conjunto do futuro caça de 5a. geração PAK-FA.

O Su-35BM é uma evolução do caça Su-35, que voou pela primeira vez em 19 de fevereiro de 2008, e deve ser o caça oferecido pela Rússia para o FX-2 da FAB. Algumas inovações introduzidas no Su-35BM:

  • Radar Tikhomirov NIIP Irbis-E (N035E);
  • Canards removidos;
  • Radar Osa tipo ESA instalado na cauda;
  • Novas turbinas AL-41F1A com 14,5 toneladas de empuxo
  • Instalação de flaperons de alta sustentação;
  • Sistema de guerra eletrônica de auto-defesa L175M Khibiny-M;
  • Redução da RCS;
  • Novo sistema fly-by-wire;
  • Novo cockpit com grandes LCDs.

O novo Su-35BM foi desenvolvido para preencher o gap entre o Su-27SM, de geração 4+, e futuro PAK-FA, de 5a. geração. Ele é designado como sendo de geração 4++, assim como o novo MiG-35.

As características mais importantes do Su-35BM são: supremo desempenho em vôo (superagilidade), sistemas de rastreamento de longo alcance, datalinks à prova de jamming, 14 pontos duros para armas de alto desempenho de curto, médio e longo alcances, sistemas de EW/ECM/ER, redução da seção reta radar, cockpit com grandes displays multifunção e alta potência computacional para fusão de dados, e sonda para reabastecimento em vôo.

O Su-35BM pesa 20% menos que o Su-35, por causa do emprego de materiais mais leves. O avião também recebeu material que absorve as ondas de radar.
As turbinas planejadas para o Su-35BM são as
Saturn 117S de empuxo vetorial, com capacidade supercruise e quase 15 toneladas de potência cada, dando ao Su-35BM 30 toneladas de potência total!

su-35-1-cockpit-1sO principal sensor do avião é o radar Tikhomirov NIIP Irbis-E (N035E). O Irbis-E é um sistema multifuncional, trabalhando em banda X, com dois eixos hidráulicos, usando o sistema de computação EKVS-E BTsVM Solo35.

O Irbis-E pode rastrear 30 alvos diferentes, enquanto mantém a varredura contínua do espaço aéreo (track-while-scan). O sistema de direção de tiro pode orientar simultaneamente dois mísseis semi-ativos guiados por radar, ou oito mísseis guiados por radar ativo.

O radar é capaz de fazer mapeamento de alvos terrestres e marítimos, com modos Doppler e SAR. Quatro alvos terrestres podem ser monitorados ao mesmo tempo, enquanto dois podem ser atacados.

O Irbis-E tem enorme potência, de até 20KW, podendo detectar um alvo standard (RCS de 3 metros quadrados) a 400 quilômetros de distância. Normalmente, esse alcance é para alvos head-on; em alvos tail-aspect, o alcance cai para 150 km. Alvos Stealth (RCS de 0,01 metros quadrados) podem ser detectados a 90 km de distância.

O Irbis-E é também capaz de identificar alvos e realizar operações ar-ar e ar-solo simutâneamente.
O Su-35BM também tem sistema de radar para trás, para localizar e acompanhar alvos que estejam na posição 6h da aeronave. O radar traseiro está localizado no cone de causa e provavelmente será o Tikhomirov NII.

su-35-knaapo-brochure-loadouts-2008Como é tradição nos caças russos, o Su-35BM tem um sistema optrônico de busca por infravermelho. O sistema IR OLS-35 pode monitorar assinaturas em quatro diferentes frequências.

O alcance máximo contra alvos tail-aspect é de 90 km, e para alvos head-on, 50 km. Um telêmetro laser pode medir distâncias de até 20km contra alvos aéreos e até 30km, contra alvos terrestres.

O sistema de guerra eletrônica KNIRTI L175M Khibiny-M é capaz de detectar as ameaças precisamente, coordenar o mapeamento e a emissão de sinais de replicação/imitação para o despistamento de ameaças, através de casulos nas pontas das asas. O sistema tem um visor em separado no cockpit do Su-35BM.

O L175M, juntamente com os radares frontal e traseiro e o sistema optrônico, formam o pacote de “fusão sensorial” do Su-35BM.
O Khibiny também podem fornecer orientação para mísseis de guiagem passiva, como o R-27EP.

O Su-35BM tem cerca de 150 antenas em sua célula: além dos RWR (receptor de alerta-radar), existe também um sistema de alerta de emissão laser, um sistema MAWS (de alerta de proximidade de míssil), e os dispensadores de chaff/flare.

Um poderoso sistema computacional controla todos os sensores, fornecendo as informações ao piloto através dos dois grandes LCDs (22.5×30 cm), um HUD IKSh-1M de grande ângulo, um MFD, e também HMD. O sistema de navegação e ataque é o KRNPO-35, acoplado a um giroscópio LINS-2000 a laser.

A aeronave também tem sistema de navegação por satélite, radionavegação, mapas digitais e sistema de comunicação digital multiplex, com rádios UHF/VHF, capacidade para o Link-16 e sistema de criptografia. O Su-35BM tem sistema de fly-by-wire de quádrupla redundância e controle digital dos motores (FADEC).

Subscribe
Notify of
guest
254 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Erich Hartmann
Erich Hartmann
12 anos atrás

É certo que não existem “parceiros” em política de defesa, mas interesses, daí, permeados por constante desconfianças de ambas as partes, mas se se pode ranquiar os “parceiros mais suspeitos” no campo da defesa, a Rússia, para mim, ocuparia o 2º lugar, logo atrás dos EEUU, daí não ansiar muito por um acordo com eles num projeto tão estratégico…

edilson
edilson
12 anos atrás

até o meu pai votou no Su-35 eheheh

FALCON
12 anos atrás

ESSE É O CARA!!!!!!!!!!!!!!!!

geele
geele
12 anos atrás

O Sukhoi Su-35 é um verdadeiro caça de superioridade aérea,impoem respeito. Ele é perfeito para o Brasil(custo e beneficio),mais o único oponente que ele se torna vulnerável e3 que chamais venceria se chama “lobby” .

Igor
Igor
12 anos atrás

Espetacular, será que em termos de armamentos o f-22 é muito superior?

JP
JP
12 anos atrás

sem sombras de duvidas o su-35 eh um tremendo de um avião, torço para q ele seja o vencedor do FX-2.

Erich Hartmann, o problema em se comprar material bélico com o Tio Sam eh q ele não transfere tecnologia + avançada. os russos e franceses prometem acesso total aos codigos-fonte dos jatos, os EUA não.

Erich Hartmann
Erich Hartmann
12 anos atrás

Não JP, creio que não me fiz entender, meu ranking era dos “parceiros suspeitos”, ou seja, aqueles com quem teria desconfianças para associar-me, assim, os EEUU são disparados os mais suspeitos, sim, mas coloquei a Rússia logo atrás…

Hornet
Hornet
12 anos atrás

O SU-35 é o preferido pelos pilotos da FAB (que em caso de necessidade são as pessoas que darão a cara a tapa, ou melhor, a tiro), é o meu preferido e é o preferido dos leitores do Blog. A pergunta que eu faço é: qual o peso dos pilotos da FAB na decisão do governo para comprar o no avião de caça da FAB? Alguém saberia me dizer?

abraços

Hornet
Hornet
12 anos atrás

em tempo: “para comprar o novo avião de caça da FAB”…

ANDES
ANDES
12 anos atrás

Ai pessoal, se outro caça vencer o fx-2 a não o SU-35bm não será por superioridade, mas sim por lobby.
No meu ponto de vista o brasil precisa de um caça que alem de impor superioridade aérea tem que ter uma boa autonomia para uma torritório como o do nosso país.(ou seja: SU-35 Bm)

sds

JP
JP
12 anos atrás

@Erich Hartmann… ops, a falha foi minha… foi falta de atenção de minha parte rsrs

Hornet
Hornet
12 anos atrás

A foto montagem ficou legal…mas espero nunca ter que ver isso acontecer de verdade: um SU-35 voando baixo na Amazônia, com as cores da Rússia…se isso acontecer um dia, já era!!!…rs. Ou então, mandamos os Tucanos pra fazer a interceptação…rs…Na fotomontagem faltou colocar as cores e os emblemas da FAB no avião pra ficar mais realista no propósito. Mas ficou bom assim mesmo.

Almeida
Almeida
12 anos atrás

Concordo que o Su-35 devera ser uma otima plataforma de combate, soh tenho ressalvas quanto ao marketing feito pelos russos sobre as capacidades do aviao se tornarem realidade. Lembrando que ele ainda eh um prototipo e nao entrou em producao e operacao.

Mas, eh claro, ficaria feliz e tranquilo se ele ganhasse o FX2 e entrasse em producao e operacao aqui no Brasil ate 2012. Ou que a parceria com os franceses continue a dar bons frutos.

geele
geele
12 anos atrás

Hornet! A foto montagem já está prevendo o futuro…
…Um SU-35 com as cores da Rússia voando baixo na Amazônia más não realizando um ataque ao nosso País, más sim realizando um exercício juntamente com a FAB. rsrs

Hornet
Hornet
12 anos atrás

O SU-35, acho que todos concordam, “é cara”, como foi dito acima. Não se tem o que falar desse bichinho com asas. Mas achei um defeito: esse padrão de camuflagem que a Rússia usa não é uma coisa estranhamente esquisita. Muitas cores e tudo “quadrado”. Parece que estão pintando o avião pra desfilar no sambódromo!!! Se a FAB adquirir o SU-35 certamente (espero) irão pintá-lo de cinza médio…aí ele ficaria perfeito!!! Vamos sonhar. Nem compramos o avião ainda (se é que vamos tê-lo um dia) e já estou querendo mudar a pintura…mas se é pra sonhar, vamos sonhar de acordo.… Read more »

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Geele, se for pra realizar um exercício em conjunto com a FAB, então está valendo…caso contrário, estaríamos f… e mal pagos, como se diz…rs.

Mad Dog
Mad Dog
12 anos atrás

O JUmbo-35BM pode ser o preferido dos pilotos mas o “pessoal da graxa” não quer nem saber dele na FAB…
Ainda mais com seus motores BEBERRÕES…
Vão ficar mais parados do que voando…
Fora a logística absurda que vai ser implementada…
E a fama da Rússia em deixar seus clientes em maus lençóis quanto a manutenção…

geele
geele
12 anos atrás

Hornet,analisando a nossa situação atual realmente ficariámos igual ao nosso vizinho depois das Malvinas,mas sejamos otimistas pois, muita coisa já esta mundando, vamos esperar a END(7 de setembro)
Abraços

König
König
12 anos atrás

À clientes mal pagadores fica dificil mesmo você dar logistica afinal de contas nenhum pais ira tirar do Bolso para manter aeronaves de outros paises voando.
Se o motor dele é beberão e mesmo assim tem a maior autonomia diria que vale a pena.
Saudações

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Geele, concordo com vc…também acho que muitas coisas estão mudando, e pra melhor. Mas a tentação de fazer a piadinha do Flanker enfrentando nossos Tucanos na Amazônia foi maior que meu otimismo…rsrs…

Vamos aguardar, sim, o 7 de setembro. Acho que teremos boas novas.

abraços

Manfred Von Richthofen
Manfred Von Richthofen
12 anos atrás

Mad Dog, esses mitos criados pela concorrência contra os russos já são velhos.
Melhor perguntar aos indianos, russos, venezuelanos se eles estão infelizes com o suporte russo.

Manfred Von Richthofen
Manfred Von Richthofen
12 anos atrás

Quanto aos motores beberrões, não se preocupe, teremos bastante combustível vindo do Pré-sal…rs

geele
geele
12 anos atrás

Sobre econônia de combustível, dos participantes do FX2 quase todos se equivalem com execessão do Gripen NG que ainda é um protótipo mais potente comparado a o JAS 39, porém o único com apenas uma turbina dos concorrentes do FX2 .

RL
RL
12 anos atrás

Bom. De uma coisa eu tenho certeza. Se caso essa bichinho vier pra FAB, será o causador de muitos feliz e saltitantes amantes das FA´s brasileiras. E eu certamente serei um deles. Que venham os Su-35UB. Já estamos com uma economia mais solida, a descoberta do Pré-Sal, os grandes avanços da indústria em inumeros segmentos, o pais crescendo, a população tb. Só falta no campo de defesa, nos termos mais essa alegria. Quanto aos custos de manutenção de turbina, ou apoio logistico e de suporte por parte dos Russos, concordo com o Manfred. Ao que parece os Indianos, a Russia… Read more »

geele
geele
12 anos atrás

Hornet, realmente seu otimismo foi pequeno,pois usou um Tucano contra um SU-35. A FAB já possui GDA 12 Mirage 2000C,já seria um otimismo de relativa proporção.rsrs
Valeu
Abraços

Alfredo_Araujo
Alfredo_Araujo
12 anos atrás

Para quem falou q o Su-35Bm é um prototipo… A russia ja fez o pedido de umas 40 unidades do Su-35Bm para servirem como principal vetor aereo russo até a entrada em serviço do resultante do projeto Pak-FA

Mad Dog
Mad Dog
12 anos atrás

Meus caros… A Índia já se pronunciou insatisfeita com o suporte russo a alguns anos atrás… Daqui a alguns anos veremos os Su-30 venezuelanos com problemas assim como os Mig-29 peruanos que ficaram ANOS parados e abandonados e só agora uma modernização emergencial… E todo mundo esquece que a Rússia vive instável e sua assistência não é confiável… Vamos ter que abandonar toda nossa logística de ANOS para adotar a deles…sem falar que vamos ter que mudar toda infra-estrutura das bases… E outra….o Brasil também é um “Mal Pagador”…vide o caso dos mísseis Derby que foram devolvidos e até agora… Read more »

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Geele, é verdade. Eu poderia ter dito F-5 M também…mas achei que o Tucano (não é o Super Tucano, é o Tucano mesmo) ficaria mais interessante. Veja por esse lado: dada a velocidade baixa do Tucano, o Flanker não ia ver nem a cor do nosso interceptador…rs. E caso o Tucano não desse conta do recado, ainda teríamos a nossa arma secreta: o Xavante. Aí eu queria ver esses russos se meterem com a gente!!!

Que situação a nossa! A gente ri pra não chorar. Mas vamos lá, otimismo. As coisas estão melhorando e podem melhorar ainda mais.

abraços

König
König
12 anos atrás

Os peruanos compraram os MIG-29 diretamente a Belarrus mas esqueceram de algo importante assinar o acordo de manutenção onde ai sim entraria os russos mas as demais aeronaves operadas pelo Peru operam normalmente tais como SU-22,Su-25,MI-17,Mi-24 e etc.
A india estava tendo problemas era na fabricação das turbinas localmente e não nas turbinas russas.
Saudações

Pedro Rocha
Pedro Rocha
12 anos atrás

Olá senhores! Não se preocupem não vou mais falar sobre o Su 35 e o PAK FA, todos sabem que são minha preferência. Sou um fã do Sukhoi desde salão de Le Bouget quando realizou a famosa manobra cobra. Quanto à manobrabilidade quero fazer uma exposição particular sobre essas manobras: Se o Su 35 for traqueado em algum radar com essa manobra o seu oponente com certeza o perderá da tela do radar. Valido também para mísseis ar-ar. Senhores convenhamos mesmo mísseis manobrando a 50 g tem feixe estreito, basta sair desse feixe que o míssil passa batido. Os mísseis… Read more »

geele
geele
12 anos atrás

È isso ai Hornet! Concordo plenamente contigo, somos todos brasileiros felizes e descontaídos!
Sou Brasil não desisto nunca!

FD
FD
12 anos atrás

Se tudo for verdade mesmo…
Eita avião da boba da pexte!

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Geele, é isso aí. Como se diz na minha região: bola pra frente que atrás vem gente. Mas eu acho sinceramente que as coisas vão melhorar em breve. Não acho que tudo será resolvido no dia 7 de setembro, mas creio que o caminho será apontado…e isso já será muita coisa. Saber pra onde ir já é meio caminho andado.

Mas que nesse caminho podia ter um SU-35, ah! isso podia, né? Eu não ia achar ruim, não!!! Aliás, um só não, uma penca deles…

abraços

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Pedro Rocha, eu imaginei que o padrão de camuflagem usado no SU-35 das fotos da reportagem fossem adequadas para o cenário europeu, sem dúvida. Só achei meio feinha, desengonçada. Já vi fotos de Flankers (não do SU-35, mas do Su-30) se utilizando de camuflagens em azul cinzento, em tons baixos e variados, e ficaram da hora. Com o azul cinzento o avião ficou mais com cara de “não se meta comigo”. Mas como eu sou fã desse avião, adoraria vê-lo na FAB, mesmo usando uma pintura roxa com bolinha amarela…não tinha problema, não…rs.

abraços

Douglas
Douglas
12 anos atrás

Bom se o SU for escolhido creio que dá pra superar o tal risco logístico, mas tenho medo da instabilidade política na Russia. Não sei se vão cumprir o contrato. Ai, prefiro o Rafale. Sobre histórico operacional, nenhum dos dois entrou em combate, apesar de existir um lobby frances forte, inclusive nas revistas; a Força Aérea disse que o Rafale é “robusto” e completo, mas não diz que a versão multifuncional F 3 foi homologada só agora e ainda está integrando sistemas de armas. E manda pau no Sukoi dizendo que por ser grande, vai levar um BVR na “fuça”… Read more »

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Mauro, é verdade…rs.

um abraço

RLobo
RLobo
12 anos atrás

Esta adoração pelo SU-35 lembra-me muito o caso do MIG-25. Este caça Russo era considerado por muitos “o cara”, tal o endeusamento ao mesmo. O que aconteceu quando um piloto russo desertou levando um exemplar se não me engano para uma base no Japão? Viram que não era estes balaios todos.
Será que o mesmo não se aplica a este caça que nem mesmo foi adotado pela Russia?

Pedro Rocha
Pedro Rocha
12 anos atrás

Hum! Seria lindo uma boca de tubarão cinza escuro sobre os tons de cinza de superioridade aerea. Se o Mi 35 fica a sugestão: Uma caveira tambem em cinza de baixa visibilidade, igual aos P-40 que voaram nas Aleutas… Seria bem intimidador. O Caverão voador

Roberto Del Nero
Roberto Del Nero
12 anos atrás

Boa Tarde Acho que alguem aqui lembrou bem….temos que pensar no futuro…nos proximos 10…20…ou 30 anos….a coisa esta ficando feia….Russia mostrando seus dentes e EUA não vai ficar sem mostrar os seus….guerra fria na area amigos….risco de mudanças dentro da Russia…e vai que eles repentinamente mudem de politica de fornecimento de armas e segredos militares…..são no minimo US$ 2,2 bilhões em jogo…..o Brasil não pode correr o risco de parar o programa FX-2 no meio do caminho……a França é um pais estavel….relativamente neutro….sempre tivemos boas relações com aquele povo….o Rafale é o caça numero 1 de lá…e ainda tem possibilidades… Read more »

geele
geele
12 anos atrás

Bom levando em conta o que NJ anda falando por aí TEMOS QUE PENSAR GRAAAANDE ! O SU-35BM preenche totalmente as nossas necessidades e ambiçôes.

Fernando-Canoas
Fernando-Canoas
12 anos atrás

É a jamanta voadora mais linda que já vi…….

geele
geele
12 anos atrás

Visitei o site da Sukhoi e as fotos do SU-35 sobre a Amazônia está lá na galeria, isto dá uma amostra o quanto os Russos estão empenhados em vencer o FX2

konner
konner
12 anos atrás

Realmente amigo Mauro, quero também elogiar aos amigos do Blog Poder Aéreo, pelo detalhamento do aparelho com grande qualidade, novamente parabéns. [“(…) a India que também seria parceira do PAK escolheria outro caça numa concorrencia de mais de 160 aviões e não investiria mais e aguardaria um pouco pelo PAK? Se eles vão comprar mais de 160 caças e nós ao menos 36, qual o sentido dos indianos não aguardarem mais uns anos pelo novo prijeto? Fiquei intrigado com isso… (…) — Mauro em 04 set, 2008 às 16:33 “] Boa pergunta Mauro, Mas, tenho uma opinião, é só da… Read more »

FERNANDO
FERNANDO
12 anos atrás

Q venha o SU 35, se o governo brasileiro apertar os Russos eles transferem toda a produção para a Embraer.
Ainda mais agora que eles estão precisando de aliados!
Os russos são mais flexiveis do que os franceses e na minha opinião tem muito mais a oferecer ao Brasil.

König
König
12 anos atrás

Mauro Os Indianos precisam de um caça “leve” o que automaticamente desclasifica os Su Pak-Fa,F-15 mas acho estranho o Rafale continuar na lista mas na minha opinião ta pendendo pro Gripen e pro MIG-29 o MIg-29 por ja ser operado pela india. E quanto ao MIG-25 não podia se esperar muito de um caça que começou ser desenvolvido no final dos anos 50 quando isso ocoreu anos 70 se não me falha a memoria ja existia muita coisa melhor. Quanto a politica a neutralidade da frança não é confiavel so ver o apoio que os argentinos receberam dela quando mais… Read more »

Tiago Jeronimo
Tiago Jeronimo
12 anos atrás

Vamos por partes: “O Irbis-E tem enorme potência, de até 20KW, podendo detectar um alvo standard (RCS de 3 metros quadrados) a 400 quilômetros de distância. Normalmente, esse alcance é para alvos head-on; em alvos tail-aspect, o alcance cai para 150 km. Alvos Stealth (RCS de 0,01 metros quadrados) podem ser detectados a 90 km de distância.” Detectar um avião stealth a 90km de distancia? Duvido ele detectar o F-22 ou o B-2 a essa distância, isso que é propaganda enganosa. Manfred Von Richthofen, os indianos estão sim instatisfeitos com o suporte Russo. E se o SU-30MKI e o SU-25BM… Read more »

Raimundo
Raimundo
12 anos atrás

Trecho de uma conversa entre um Líder de Esquadrilha Instrutor da Academia da Força Aérea (AFA) e um Aspirante novato: Aspirante: – Sr., qual o caça que o Sr. acha melhor: o RAFALE ou o FLANKER ? Instrutor: – Rapaz, RAFALEi para você não tocar mais nesse assunto! FLANKAmente, você acha que isso é pergunta que se faça ? Seja FLANKo(ER) comigo: você ainda tem alguma dúvida ? ==================================================== NOTÍCIA DE ÚLTIMA HORA: ———————— Foi relatado recentemente que o principal assunto de conversas entre militares que trabalham no 4° Batalhão de Aviação do Exército sediado em Manaus é justamente sobre… Read more »

König
König
12 anos atrás

Era so ter lido o que postei acima…

konner
konner
12 anos atrás

‘Acho uma graça esses fãs de coisas [americanas], tudo [americono] é melhor, mais [caro] e avançado do que os produtos militares [russos], é realmente hilariante…’

König
König
12 anos atrás

Konner se me permite usar suas palavras.
“konner em 04 set, 2008 às 21:29

‘Acho uma graça esses fãs de coisas [americanas], tudo [americono] é melhor, mais [caro] e avançado do que os produtos militares [russos], é realmente hilariante…’”[2]